Posts com Tag ‘igreja’

oq-eh-matrix

Sofri anos nessa igreja. Não vou dizer que no começo tudo não foi lindo e perfeito. Fiz muitas coisas por eles, mas quando realmente precisei, fui deixado de lado e com a mente lavada sofri e cai nas drogas depois que sai de lá, demorei anos pra me levantar porque na minha cabeça só existia uma igreja certa, essa porcaria que me deixou na época como um robô que não podia nem ter amigos fora da igreja, nem minha família eu via mais,familiares e tal… Uma pena , realmente agora entendo o significado da palavra ” e conhecereis a verdade e ela vos libertará “. O verdadeiro amor nunca julga e sim sofre junto até te levantar,não vira as costas pra VC e nem te condena perante hipócritas …

Anúncios

A SAFADEZA É NO BRASIL TODO….

Os peixes pequenos aprenderam com os peixes grandes do presbitério.

Vejam ai busca e apreensão de veiculo de um filho de pastor da ICM.

O nome do filho do pastor é Lucas Cista Paulino e seu pai se chama Pedro Costa é pastoreia as igrejas de Mazagão e Macapá.. Este pastor costuma exaltar de pulpito este seu filho que é diácono, será que este diácono caloteiro filho do pastor irá para o banco?? TUDO VAGABUNDO CALOTEIRO……

Crime organizado mesmo…..

crime organixado

fonte: https://cavaleiradaverdade.wordpress.com/2015/05/10/a-safadeza-e-no-brasil-todo/

Revista Fui!.page08

150 pessoas serão demitidas

Tem  uma  lista de 150 pessoas que serão demitidas do PES.

Todos os imoveis alugados estão sendo vendidos  superfaturados na declaração e escritura, e detalhe :

O DINHEIRO MAIOR ESTA SENDO PAGO EM ESPECIE E POR FORA!

ALO MINISTÉRIO PUBLICO!  OS CARAS ESTÃO SUPERFATURANDO E AINDA LEVANDO EM ESPECIE!

Muitos desses imoveis vendidos já estão sendo passados para laranjas  com simulação de vendas!

Comissões altíssimas estão sendo pagas aos corretores do Gedelti ( papa da obra)  e diluídos com advogados da obra.

MINISTÉRIO PUBLICO TEM QUE INVESTIGAR ISSO COM MUITA URGÊNCIA!

Agora esta explicado quando dizem que o PES acabou! Mentira estão  dando golpes de novo.

fonte: https://cavaleiradaverdade.wordpress.com/2015/05/02/150-pessoas-serao-demitidas/

oq-eh-matrix

Enviado inbox:

Reflexões de um ex-Maranático: A responsabilidade de ensinar as Escrituras

No meu começo como obreiro da ICM, no que eles chamam de “primeiro amor”, que eu prefiro chamar de “empolgação de novato” tinha o desejo quase doentio de estar sempre no “santo” púlpito pregando.

Hoje, passados 12 anos desta fase, com um mais amplo entendimento das Escrituras, vejo minha irresponsabilidade diante da importância desse ato. Não que o púlpito seja um lugar santo, na verdade o púlpito tem origem no paganismo e não passa de uma peça de madeira, mas o ato de ensinar as Escrituras é de grande responsabilidade para o pregador.

Eu repetia como um papagaio as interpretações alegóricas das escrituras ensinadas pelo PES, totalmente descontextualizadas e carregadas de heresias. Significado de cores, objetos, tipologias, sempre encaixando alguma coisa como o tipo da obra/ICM.

O ensino de heresias é uma grave falta. O pregador precisa ter o completo domínio do assunto para ministrar a palavra. Ler alguns versículos, fazer as tipologias (isso é o tipo disso) e depois terminar exaltando a instituição é não cumprir o importante dever de ministrar a palavra.

Na verdade fazer isso é um desserviço ao evangelho e ao Reino de Deus.

A liderança da Maranata mostra descompromisso com o evangelho colocando pessoas totalmente despreparadas para pregar. Pessoas que não conhecem a palavra, neófitos, que na melhor das hipóteses tem uma boa oratória e passam a falsa sensação de conhecerem as Escrituras, ao repetirem de forma elegante os jargões e alegorias ensinadas nos maanains.

Hoje vejo que em partes eu era movido pelo desejo de fazer a obra/trabalhar para Deus; e em partes era movido pela vaidade, vontade de aparecer e/ou de ser reconhecido nesta instituição religiosa.

Já pedi perdão a Deus pelas heresias que preguei, pelos dons inventei e pelas interpretações de dons falsos que passei para as pessoas.

Tudo foi uma grande mentira, engodo, que eu entrei e levei muitas pessoas comigo.

Que Deus tenha misericórdia de mim e dos demais que fazem o mesmo que fiz na ignorância.

https://www.facebook.com/despertacrenteJo629/photos/a.464938910235313.115008.464934880235716/835844743144726/?type=1

STJ confirma legalidade de provas na investigação contra membros da Igreja Maranata
Ministros negaram recurso de acusado que pedia a nulidade de escutas telefônicas que flagraram desvios de dízimo

Nerter Samora

10/11/2014 17:52 – Atualizado em 13/11/2014 17:43
O Superior Tribunal de Justiça (STJ) confirmou a legalidade das escutas telefônicas autorizadas na investigação contra membros da Igreja Cristã Maranata. No julgamento, a Sexta Turma da corte negou recurso dos investigados que pediam a decretação da nulidade das provas obtidas no processo. Para o relator do caso, ministro Nefi Cordeiro, a quebra de sigilo telefônico pelo juízo da Vara de Central de Inquéritos de Vitória foi “uma medida lícita e até recomendável por tornar mais fortes as garantias de imparcialidade do processo acusatório”.

De acordo com informações do STJ, a defesa de um dos membros da igreja alegou que a interceptação telefônica seria ilegal por ter sido decretada por um juízo diferente da futura ação penal. No entanto, a tese foi rechaçada pelo relator que observou o Código de Organização Judiciária do Espírito Santo, que estabelecia como competência das varas de inquéritos a realização de providências anteriores ao oferecimento da denúncia.

Em seu voto, Nefi Cordeiro ressaltou que a jurisprudência não vem reconhecendo nulidades no deferimento de escuta por juiz de mesma jurisdição, mas diverso daquele competente para julgar a ação penal. Segundo o entendimento das instâncias superiores, somente o juiz que dirige a ação é competente para decidir sobre interceptações telefônicas, porém, a competência deve ser entendida e aplicada com ponderação, levando-se em conta a finalidade da norma.

No caso das investigações contra membros da Maranata, o relator do caso justificou que a ação penal não estava em curso, na época da autorização do grampo. Durante o julgamento, realizado na última terça-feira (4) , somente o ministro Rogério Schietti Cruz votou favoravelmente ao recurso (RHC 49380) interposto pelo fundador da Igreja Maranata, o pastor Gedelti Victalino Teixeira Gueiros.

Nos autos da ação penal (0016347-86.2013.8.08.0024), o Ministério Público Estadual (MPES) denunciou 19 membros da Igreja Cristã Maranata pela suposta prática dos crimes de estelionato, formação de quadrilha e falsidade ideológica. Alguns deles chegaram a ser presos em duas operações policiais. O grupo teria praticado o desvio de dízimo da igreja, envolvendo uma movimentação financeira de R$ 24,8 milhões, conforme as apurações do órgão ministerial. O processo tramita na 5ª Vara Criminal de Vitória sob segredo de Justiça.

Segundo o tribunal, o procedimento investigatório do MPES aponta que os membros ligados à cúpula da entidade “aproveitaram-se da imunidade tributária aos templos de qualquer culto para ludibriarem fiéis e devotos mediante variadas fraudes visando desviar numerários oferecidos para finalidades ligadas à Igreja em proveito próprio e de terceiros, pessoas físicas e jurídicas vinculadas à quadrilha”.

De acordo com os autos, os relatos apontam que as doações, dízimo e contribuições financeiras oferecidas à ICM eram utilizados por alguns dos denunciados para investimento em bens e vantagens particulares. Os réus também vão responder pelos crimes de descaminho, tráfico de influência, enriquecimento ilícito, lavagem de dinheiro, contra a fé pública e ordem tributária.

A fundação ligada à igreja (Fundação Manoel dos Passos Barros), que faz projetos de saúde, também aparece em uma ação de improbidade também movida pelo Ministério Público sobre suposta fraude na utilização de recursos públicos, oriundos de emendas parlamentares.

http://seculodiario.com.br/exibir.php?id=19767

o pior cego é aquele que não quer enxergar

o pior cego é aquele que não quer enxergar

É DEUS LIBERTANDO………

Deus pela sua infinita misericórdia tem nos usado para mostrarmos verdades que aniquilam o engano e ajudam a outros a enxergarem a verdade, os que querem é claro!

Vejam este depoimento que recebi in box de um irmão que esteve no seminário em Domingos Martins nos dias 8 e 9/11 no 2º período.

“Meu amado, que primícias de mensagem aquela sobre o “não julgar” hein? Que benção de Deus despertar pela manhã com um alimento tão nobre e maravilhoso.
No antepenúltimo final de semana eu e minha esposa estivemos no Maanaim, como uma despedida, pós uma mobilização feita em nossa cidade para que todos fossem.

Foram quase 400 pessoas.

Infelizmente o seminário foi, em quase todas as aulas (exceto aula de anjos e Biblia palavra viva) uma maldição, um verdadeiro cativeiro de almas, como os descritos à luz da palavra de Deus, inclusive em alguns textos citados na mensagem.

O pior foi que na primeira aula chamada MOVEIS DE TOBIAS, além de eles falarem que a obra Maranata não pode ser encontrada em outro lugar, que são melhores etc eles foram além…

Tiveram a audácia de dizer que NOS SOMOS MAIS CULPADOS DO QUE OS PASTORES QUE ERRARAM.

Porque nós não oramos e não vigiamos

Então a culpa maior é nossa porque Deus fala que devemos orar e se não oramos foi por nossa culpa que eles roubaram.

Culpa maior do que a de quem roubou.”

(PAUSA PARA UMA EXPLANAÇÃO – Então a culpa é da igreja que não orou? Então eles reconhecem que os pastores roubaram e mesmo assim mantem estes pastores nos púlpitos? E ainda aparecem defensores….)

CONTINUANDO….

“Essa foi a primeira aula, e minha vontade depois de 10 minutos de aula era a de fugir, sumir dali. Felizmente o Maanaim serviu para decretar nossa saída da igreja, pelo que estamos em oração contínua para que Deus nos mostre o lugar onde ele nos quer.

Temos visitados outras igrejas, embora ainda não tenhamos saído totalmente da Maranata por conta de algumas responsabilidades que nos impedem.

Não tem sido nada fácil, mas Deus tem cuidado com tanto carinho e amor de nós que hoje, finalmente, sentimo-nos alimentados.

E hoje, meu alimento do dia foi aquela palavra maravilhosa que você postou.

Estou respondendo para que você saiba que seu trabalho não é vão, pois enquanto algumas dezenas se põem a criticar seus postos, milhares de pessoas são alimentadas com a verdade e postas em uma condição de reflexão.

Que Deus siga abençoando vc meu irmão.

Graça e Paz.”

PELO AMOR DE DEUS, ACORDA IGREJA!!!!!!

BlueRedPill

Adorei esse comentário:

“Faça um teste, coloque a mão na sua nuca…
Achou, sentiu?
A tomada, o conector, o plugue da Matrix?
Se não, sabe o que isso significa?
Que você não foi feito para receber comandos vindos de fora!
Nós fomos criados para sermos comandados por dentro, evangelho não se resume a coisas externas, mas uma contínua mudança de cabeça, de pensamento, de mentalidade (metanóia) Rm 12:1-2.
Quem envia comandos é quem governa e quem deveria nos governar é o Espírito Santo de Deus!
Pense nisso na próxima vez que algum “ungido” tentar entuchar qualquer doutrina na tua cabeça!
Qualquer pessoa que queira fazer isso, estará usurpando a autoridade que somente deveria ser de Cristo.
Só Jesus tem a “pílula vermelha” capaz de te mostrar a verdade, experimente.
Saia da Matrix religiosa!”

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/03/liberdade-de-expressao/#comment-14458

oq-eh-matrix

Hospital Metropolitano, as cotas foram compradas com seu dinheiro

10592054_560372704067228_331255380_n
Fico olhando a cara de pau dessa gente não ajudar os membros que necessitam, sendo que parte das cotas dos Hospital Metropolitano foi comprado com o dinheiro dos dizimos e ofertas, portanto, a quem pertencem?
Aos Gueiros  e seus chegados? Não!
Pertence aos irmãos que pagaram seus dizimos e deram suas ofertas.
Na época em que adquiriram essas cotas, ficavam arrotando aos quatro ventos que era para ajudar os membros necessitados, e o que fizeram?
Montaram CDI para a jabutireminha exercer a profissão. Tinha que arrumar uma colocação para ela dentro da área de sáude.
O os irmãos que dependem ficaram sem ajuda, e as vaquinhas continuaram nas igrejas,senpre que alguem necessitava.
Foi a mentira mais bem arquitetada que inventaram.
Na época das compras dessas cotas, o papa obral GG estava com a filha recem formada em Medicina e logo arrumou uma estratégia para inseri-la no mercado de trabalho, mas especificamente em radiologia.
Para voces terem uma idéia, pergunte a quem participou disso, teve irmas que até particparam de mutirões para limpeza e de graça,no hospital Metropolitano achando que estavam ajudando, pois ali receberia os irmãos que não tinham planos de saúde, mas com seu dinheirinho suado dos dizimos, ajudou a comprar um hospital que mais tarde seria util aos membros sem planos de saúde.
E o que vemos hoje? O descaso com os membros doentes, que necessitam muitas vezes até de exames, que os próprios usurpadores fazem, mas não se prontificam em ajudar.
Os candidatos é que se deram bem isso sim, viram a oportunidade e se aproveitaram da parceria.
Todos  sabem da história, Manato, Giovani, que ja era membro da ICM e amigo pessoal do Médico N.Faria que inclusive foi eleito vereador em Vila Velha.
Ai veio a Fundação, que ja outra história longa, mas que também se beneficiou do trabalho escravos dos membros,pois muitos trabalharam ali de graça mesmo.
Ao que parece a vida dessa cupula foi fazer irmãos de escravos,mesmo dentro do que é deles por direito.
E ainda alguns aqui dizem:
Deixa que Deus vai julgar, vai fazer justiça.
Levante-se e vai correr atras dos direitos do membros.
Talvez voce não precisa, voce tem seu plano de saúde, mas saia da sua zona de conforto e veja o lado dos menos favorecidos que dependem de um sistema e que não foi de graça, foi pago e muito bem pago.

A “solidariedade” da obra com seus amigos políticos e a “solidariedade” dos políticos com a obra é uma cumplicidade eterna! Essa solidariedade é a semente da corrupção, crimes de desvios de dinheiro público e recursos públicos!

Você como membro icemita aponte um só benificio que chegou aos membros que venderam seu voto para os amigos solidários!!

Dinheiro público que foi parar na fundação Passos Barros! Com mesmo dinheiro foram comprado cotas de hospitais como o Metropolitano na Serra e equipamentos como CDI! Mas você como membro tem acesso a esses recursos simplesmente pelo fato em ser membro da icm? Alias a bandeira da solidariedade no caso da aquisição das cotas do hospital Metropolitano na Serra, ES até serviu para “trabalho voluntário” dos escravos no grande projeto da família gueiros, donos da obra e donos do Metropolitano! E o amigo solidário que recebeu os votos? O manato foi deputado federal e tem outros deputados estaduais que ajudaram neste projeto com dinheiro público!

Não somos partidários from A Marques on Vimeo.

Acompanhem a Igreja Missionária Maranata aqui na Band, sem esquecer de mencionar que não temos nada a ver com essa vergonha de “igreja cristã maranata”

E antes que eu esqueça:

Essa seita “igreja cristã maranata” tem sorte que até ao presente dia não fizemos questão do uso de NOSSO nome registrado, qual o dono da seita igreja cristã maranata também conhecida como ICM, gedelti gueiros, fundador e dono da icm, preso por duas vezes em prisões do estado do ES, alega ser exclusiva  de uso da seita e até chegou à loucura em intimar a multinacional Google de usar o nome maranata, que ela “supostamente” tem direito.