Posts com Tag ‘novidades maranata’

MPC recomenda Fundação ligada à Maranata a devolver R$762 mil

POR RODOLPHO PAIXÃO/ RPAIXAO@LEIASE.COM.BR

O Ministério Público de Contas emitiu parecer em que recomenda à Fundação Manoel Passos Barros, ao ex-secretário estadual de Saúde, Anselmo Tozi, bem como a outros seis envolvidos nos casos de irregularidades envolvendo a entidade, a devolução de aproximadamente R$ 762 mil aos cofres públicos.

A Fundação foi acusada por uso irregular de emendas parlamentares destinadas inicialmente à aquisição de equipamentos de saúde, mas que tiveram aplicações voltadas a compras consideradas irregulares pelo Ministério Público, como a de projetores, notebooks, cadeiras para auditório e equipamentos de informática. Além disso, a Fundação teria adquirido uma ambulância no valor de R$90 mil, subutilizada pela instituição e cedida ao poder público posteriormente.

A irregularidade no uso dos recursos repassados pelo Estado foi constatada a partir de auditoria realizada após representação de 2012, do Ministério Público. Com a emissão do parecer, o processo segue agora para elaboração do voto do relator e, em seguida, para apreciação do Plenário do Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo (TCE-ES).

Ao todo, o parecer constata que as irregularidades ocorreram em desvio na aplicação de recursos repassados pelo Estado através de ausência de cotação de preços para a aquisição de medicamento; ausência de análise e aprovação do plano de trabalho e de demonstração da viabilidade econômica do convênio; além de ausência de parecer técnico nas prestações de contas dos convênios.

O parecer emitido pela Procuradoria de Contas sugere ainda a responsabilidade da Fundação Passos Barros, conveniada com o Público de 2004 a 2008, pelo mau uso de R$ 578.317,63, que deverão ser ressarcidos juntamente ao ex-secretário Anselmo Tozi. Em complemento, a sub-secretária estadual da Saúde Maria de Lourdes Soares deverá ressarcir o erário em R$183.549,82. Julgando ainda como irregulares as contas relacionadas aos convênios entre Secretaria e Fundação.

O MPC também pede que a Fundação seja declarada inabilitada para receber transferências voluntárias de órgãos e entidades sujeitas à jurisdição do Tribunal de Contas e fique proibida de contratar com o Poder Público, estadual e municipal, pelo prazo de cinco anos.

– See more at: http://leiase.com.br/mpc-recomenda-fundacao-ligada-a-maranata-a-devolver-r762-mil/#sthash.BCOALFdQ.dpuf

fonte: http://leiase.com.br/mpc-recomenda-fundacao-ligada-a-maranata-a-devolver-r762-mil/

Anúncios

loterica-usando-deus

Consulte

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/05/snapshot-news/

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/06/snapshot-news-ii/

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/08/snapshot-news-iii/

Enviem e-mails aos amigos aconselhando as instruções emhttp://cavaleiroveloz.com.br/index.php/a-quem-possa-interessar/

Este artigo do Blog continua com notícias instantâneas que chegam de diferentes fontes, especialmente do exterior.

Estejam certos: o Blog nunca revela fontes. Todos estão convidados a denunciar FATOS e enviar notícias para o Blog.

Ficantes ou Retirantes! DENUNCIEM!!!

No Distrito Federal e nos demais Estados da Federação a Defensoria Pública e o Ministério Público estão disponíveis, basta digitar o endereço desses órgãos no GOOGLE, por exemplo.

Notícias em Snapshot News merecem subir ao CNJ.http://www.cnj.jus.br/ouvidoria-page/registre-sua-manifestacao

snapshot 127. A conduta Júlio Cézar Costa, oficial da PM-ES, correndo atrás de interesses ilegítimos junto ao TJ-ES foi alvo da DENÚNCIA do Ministério Público Federal que descreve o EVENTO pr. Júlio (pgs. 135-143). Em 04.02.2010. AOperação Naufrágio mostrou os esgotos na cúpula do Judiciário Capixaba.

A GAZETA nos remete ao episódio lamentável ocorrido na corporação da Polícia Militar deste Estado envolvendo esse mesmo oficial da PM-ES.  Em 30.09.2010. Ficou registrado. Gedelti Gueiros comenta este episódio:

“Por determinação, não devemos falar sobre o assunto até para não prejudicar os familiares”, assinalou Gedelti. Mas destacou que, “do ponto de vista pessoal, se fosse envolvido em algum tipo de conflito não teria dúvidas, se afastaria do ministério em respeito à comunidade.”

E foi isso que aconteceu?! Nada! Ele não se afastou e fez o pior: excitou iniquidades, equipou o desfile final, indicou o amigo como interventor da Maranata, o Judiciário Estadual determinou sua prisão – duas vezes – e outras denúncias estão em curso…

Quanta hipocrisia, hein Gedelti!?!

snapshot 128.“O blog do CV hoje se tornou Ministério! Não porque ele pertence ou é administrado pelo CV – como muitos atacam este Ministério e respeitando o trabalho do CV que por anos lutou praticamente sozinho com poucos para denunciar este falso evangelho e suas profetadas – o BLOG do CV se tornou Ministério porque ele hoje traz MILHARES de mensagens de irmãos, experiências, sentimentos, ensinos bíblicos, derrotas, vitórias, sofrimentos, momentos alegres de milhares de irmãos e irmãs que conseguiram se salvar das garras deste anticristo criado pela família Gueiros de Vila Velha no Estado do Espírito Santo que somente visava e visa o lucro da mesma!”

snapshot 129. A profecia de Gedelti afirma que a igreja fiel (leia-se: Maranata) é a única a ser arrebatada na iminência da quarta trombeta. Lembrada no conjunto de heresias do desastroso desfile na Pç. do Papa na tarde de 10.03.2013 em Vitória – ES, o mestre-profeta insiste em que três das sete trombetas do Apocalipse já tocaram e a quarta trombeta vai trocar num abrir e fechar de olhos para o arrebatamento da igreja fiel.

Esse conjunto de heresias incluiu a mensagem do medo:

a) clamor pelo sangue de Jesus (impondo as gravatas vermelhas como parte do vestuário dos homens, querendo dizer que o “fio de escarlata”que Raabe (dona de um bordel) colocou na janela de sua casa é o clamor pelo sangue de Jesus que livra os maranatas das investidas do Inimigo;

b) cópias, repetecos e requentadas de mensagens apocalípticas estereotipadas (julgamentos preconcebidos) sobre o fim do mundo, insistindo que devemos esperar o cumprimento de sinais para o arrebatamento;

c) o ressoar de quatro trompetes antes de cada emissário do palácio da rainha desfigurada aparecer no púlpito com as arengas melancólicas depastores pseudocarismáticos.

Na ideologia Obra como forma de vida que desde o início lastrou na membresia como fogo em palha seca, a identidade da igreja fiel – a Igreja Cristã Maranata – é alicerçada em doutrina ensinada por anjos, dons e mistérios, revelação profética que veio da eternidade. Deu no que deu…

snapshot 130. A Maranata é uma empresa e o dono dela é Gedelti. Bradava o coronel PM reformado Julio César, de cima do trio elétrico na frente da sede da ICM-PES, logo após sua exoneração do cargo de interventor. Discurso inflamado de empáfia e ódio religioso (dias atrás ele fora intimado da pesada sentença pela Justiça Federal). Disfarces, exibição e hipocrisia.

Em cada unidade local da ICM-PES existe a miniatura do VPC (leia-se:vértice da pirâmide do crime, assim o Ministério Público descreve a conduta de Gedelti Gueiros em denúncia de 08.05.2013): todo aquele que diz: estou pastor na Maranata não passa de prisioneiro do sistema. Cada coordenador, cada diácono, ungido (sic) ou obreiro obediente ao gedeltismo reproduz, na íntegra, o comportamento do VPC.

Do palácio da rainha desfigurada Gedelti Gueiros conseguiu impor o deus dele: abandonou as Escrituras Sagradas, amealhou fortunas, controlou os negócios nebulosos, dissimulou com meias verdades, ensinou heresias, forçou a barra com demandas judiciais, instigou o ódio religioso, manipulou com o voto de cabresto, negou transparência, passeou no desfile final e em sombras e vitupérios submergiu (quem lê entenda). Maquiar a imagem da Maranata é absolutamente impossível.

   snapshot 131. A elite da Igreja Cristã Maranata está envolvida em ilícitos penais reclamando a espada da Lei. De relance, a Operação Duty Free, 2011, resultou em sentença condenatória para alguns membros da Maranata; a Operação Naufrágio apontando a conduta daquele que correu atrás de interesses ilegítimos junto ao TJ-ES (ainda continua como interventor da Maranata); a Operação Entre Irmãos, 2012, que apura desvios de doações da Igreja Maranata, entrou nos escaninhos do palácio da rainha desfigurada, apreendeu computadores, dossiês e outras provas que serviram para a primeira DENÚNCIA oferecida pelo MP – ES contra 19 pessoas envolvidas em crimes de apropriação indébita, duplicada simulada, estelionato e formação de quadrilha.

  snapshot 132.  As maranacutaias palacianas continuam. Crente bom é icemista [ic(e)m+ista – designando membros da ICM-PES] cego, formatado, iludido, mudo, obediente e surdo. Facilmente instigado às constantes convocações nos encontros nos Maanain’s e pagando seguro. Ignorante quanto à finalidade deste estipêndio e sem nunca ser instruindo quanto à apólice e seguradora.Em artigos e insistentes postagens registramos protestos sobre esse assunto. Nada de respostas. Os negócios nebulosos correm soltos.

Pouca-vergonha!!!

   snapshot 133. A Maranata entrou em um beco sem saída, graças às manobras e maranacutaias palacianas doVPC da SOC. Além do ex-secretário Anselmo Tozi e a pessoa jurídica da Fundação Manoel dos Passos Barros, foram denunciados ex-conselheiros da entidade (Marildo Pagotto Cozer, Gilberto Ribeiro dos Santos, Marco Antônio Lopes Olsen, Luiz Eugênio do Rosário Santos, Marcos Motta Ferreira, Antonio Tarcísio Corrêa de Mello e Renato Duguay Siqueira) e a ex-subsecretária de Saúde, Maria de Lourdes Soares – esta que teria sido responsável pela aprovação de uma das contas prestadas pela fundação. Mais denúncias envolvendo pastores da Maranata.

snapshot 134. A dinheirama das ofertas voluntárias do mês de outubro de 1986 foi parar em contas bancárias de: Altair Cabral, Antônio Carlos Peixoto, Élcio Conrado Ramos, Gerson Beluci Miguel, José Robson de Santana Baeta, Mauro Teixeira Nunes e Otávio Oliveira de Souza; mas o coletado na Grande Vitória foi entregue – em mãos – na sede do Presbitério. CAIXA DOIS!!! A Maranata e a arte da avareza dos fariseus. Coisas da banda podre.

“Fico observando e lendo as reportagens e vejo que o MP-ES e a Polícia Federal deveria sim fazer uma investigação mais detalhada em todas as sedes estaduais porque creio eu que se houve todo isso na Matriz que dirá nas filiais ou seja o MP-Federal deveria entrar nisso a nível federal e trazer a tona toda a sujeira escondida atrás do nome da igreja e com tudo isso Deus os trará a juízo todos os envolvidos por terem sacrificado a vida de muitas ovelhas em seus banquetes, de terem manchado o evangelho, e matando a fé e a salvação de muitos.”

 snapshot 134. A ação estupefaciente e falaz manipulou os beatos e bobos da corte com o falso profetismo e cada formatado adquiriu a mentalidade de Obra sem que jamais conseguissem ver a realidade A OBRA mas agem como servos da Obra  e assim gostam de ser considerados. Conduta inconsciente.Freud explica.

A ardilosa linguagem do não-pensamento  (LNP)  influiu de forma a introjetar a ideologia Obra como forma de vida. Aquele que começa a despertar do estupor do gedeltismo logo percebe que a noite já chegou para os icemistas.

Depois de tudo que já foi denunciado e provado eles ainda acham que o Espírito Santo é propriedade da ICM-PES e continua habitando em meio a essa podridão. Nessa fábrica de meia-solas saem ungidos com a capacidade de impor obediência ao gedeltismo e oferecer resistência ao Espírito de Cristo Jesus .

Irmãos que estiveram presentes no 5º período no Maanaim de Queluz contam que o Pr. Maurílio disse aos presentes: – não conversem com os que saíram da igreja, pois, o Espírito Santo não habita mais em seus corações. Meia-solas que se prezam carregam a mesma carga de ódio e preconceito religioso que o pai deles. O fanático instigado pelo ódio religioso é muito perigoso.

  snapshot 135. Assustadora a imagem deste polvo; mas é este o sentimento que traduzimos ao ver esse gedeltismo maligno e sorrateiro, invadindo cada unidade local e, por conseguinte, cada família e cada indivíduo em particular.

Erro em cima de erro. Frutos podres e OPRESSÃO!!!

O gedeltismo é loucura e insanidade nebulosa que não suporta a mais mínima transparência. Basta fazer uma pergunta e a autodefesa aparece com a rajada de tinta na cara de gente honesta.

O gedeltismo esmaga e expropria e ofende e suga com os tentáculos. E vive mas nunca aprende o que é VIVER EM VÃO.

Os maus pastores que tomam assento na mesa de escarnecedores
dominam o rebanho mas cada um deles será trazido a JUÍZO.

Que Obra Maravilhosa, hein Gedelti?!

Se V. pensa que é muito o que foi denunciado pelo MP-ES, V. nem imagina o curso das investigações… e as DENÚNCIAS que se armam contra V. e a banda podre.

TSUNAMIS!!!

VERGONHA!!!

 snapshot 136.  Golpe de pirâmide financeira aplicado em diversas cidades do RS, tais como Portão, São Leopoldo, Canoas, Gravataí, Porto Alegre. Membros da Maranata denunciam a enganação e o envolvimento dos pastores Luís Cláudio Prates e Wallace Rozetti. Este golpe da pirâmide financeira atingiu dezenas de crentes que acreditam nesses pastores da Maranata.

É só puxar o fio da meada. Isto precisa de denúncia, ainda que anônima, à autoridade policial ou ao Ministério Público do Estado para as providências cabíveis.

Wallace Rozetti figura entre diversos pastores da Maranata  presos após DENÚNCIA do MP-ES por crimes de  estelionato, formação de quadrilha e duplicata simulada.

  snapshot 137. Em 05.02.2013 Júlio Cezar Costa, coronel PM reformado, ofereceu queixa-crime contra Jureth Moraes Cunha, Auditora da Receita Federal, pelo cometimento do delito descrito no art. 139 do Código Penal Brasileiro… considerando os termos de depoimento prestado em 14 de fevereiro de 2912 ao Ministério Público do Estado do Espírito Santo. Ele arrolou testemunhas: Nilson Pinho Ladeira, Idelson Rodrigues, Lacione Dias, Valdívio Almeida Junior. A petição é assinada por ele e por Tatiana Costa Jardin, advogada.

Basta ler o Termo de Declaração de Jureth Moraes Cunha no GETPOT (fls. 17-23) para perceber que ela apenas elucida fatos sem o desejo/intenção de ofender o querelante. Este procedimento era sigiloso mas tornou-se público em 27/11/12.

Deste Termo o Querelante extraiu o que entendeu difamação:

“que Júlio persuadiu e convenceu a todos de que, na sua gestão na Polícia, se deparou e desvendou irregularidades, passando a ser perseguido por sua integridade e conhecimento dos fatos; que toda ICM acreditou na versão de Júlio e hipotecou solidariedade ao mesmo; que ao assumir a defesa de Julio e passar a conhecer a realidade dos fatos e real postura do mesmo o caso, Mário passou a se desentender com o mesmo, sendo que a declarante presenciou uma discussão entre os dois na casa de Mário, presentes o pastor Nilson Ladeira e outro pastor de cujo nome não se recorda, sendo este o estopim para o racha definitivo entre os dois; que a declarante repreendeu o pastor Júlio e acredita que sua postura e conduta não condizem com a de um pastor e líder de uma igreja como a Maranata; que foi uma decepção muito grande para seu irmão Mario Moraes; que o pastor Julio passou a perseguir Mario Moraes e hoje vive a buscar qualquer coisa para incriminá-lo; que pastor Júlio não pagou um centavo sequer dos serviços advocatícios prestados por Mario”.

Em judicioso Parecer o Órgão do MP-ES, atuando no Juizado na qualidade de custus legis, pugnou pela rejeição da queixa-crime, ante a atipicidade da conduta da querelada Jureth Moraes Cunha.

Inexistindo animus diffamandi, em r. Sentença de 26.07.13 o juiz reconheceu a atipicidade da suposta difamação e rejeitou a queixa-crime.

snapshot 138. A formatação é algo que escapa à compreensão média dos icemistas maranáticos porque não gostam de pensar. Certamente a formatação é ação dalinguagem do não pensamento – LNP – ao levar a membresia a confiar na crença do pai da Obra, na verdade um pai mentiroso que os empurrou para um beco sem saída onde estão os presos das mentiras palacianas.

Incrível! Jargões ecoam na mente do formatado maranático, de maneira que “ficar na Obra” é salvação eterna e “sair da Obra” é perdição eterna. Mas em muitos artigos essa “Obra” foi denunciada como fruto podre de falsos profetas e maus pastores comandados pelo VPC da SOC. No entanto, a membresia intoxicada não consegue ler enquanto embriagada pelas doses de ENGANAÇÃO. Por isto deixei o desenho da Obra.

snapshot 139 Apropriação indébita, caixa dois, banda podre, corrupção, duplicatas simuladas, estelionatos, evasão de divisas, falso profetismo, fisiologismo político, formação de quadrilha, fraudes e lavagem de dinheiro. Em sã consciência e honestidade quem consegue tolerar?

O DESMONTE começou. O entulho de profetadas e revelagens é como a Geena que não se apaga. O fogo está ardendo e o melhor é denunciar os erros e fugir dos portadores da falsa unção e profetiticas de plantão.

O gedeltismo contaminou esta geração de icemistas, construiucaminhos de destruição e morte e lhes mostrou a face do“anticristo”.

snapshot 140. Como entender o escândalo das pirâmides logo depois daquela imaginária Grande Evangelização orquestrada pelo chefe religioso em 21.04.2006 em Belo Horizonte – MG? Este escândalo mostrou como a empulhação, na base de bibliomancia, mantras, profetadas e revelagens, conseguiu iludir centenas de famílias de icemistas nos cultos proféticos – dentro das unidades locais da ICM-PES (argumento para ação de danos); e isto resultou em cerca de mil demandas em curso no Judiciário Mineiro, Comarcas de Betim, Capital e Contagem, especialmente.

E pensar que nesta Grande Evangelização exibiram a OBRA comoprojeto de prosperidade e de salvação no contexto do grito: a quarta trombeta soará! (Loucura pensar que o arrebatamento depende de sinais mas isto é assunto de outro artigo.)  O Presbitério conteve o mal e o proibiu? O Presbitério se omitiu, não foi? Os espertos encheram os crentes de profetadas e os bolsos em cerca de R$ 50.000.000,00. Porém, o gedeltismo fomentou algo muito pior: o estelionato-religioso.

Formatação é isto: os filhos do gedeltismo monárquico pseudocarismático e quadragenário ausentam-se da família, de parentes, dos estudos e se esforçam enormemente para mais um período de seminário nos Maanain’s (com custos pessoais e pagamento de seguros – um dos negócios nebulosos de donos de bancas de negócios) para aprender a andar no centro do erro.

Que maldade do lobo com pele de pastor escudando os chefes dosbalcões de negócios com falso profetismo! Rastros de cinzas depois das mentiras que se alastram como fogo em palha seca. Sol a pino!

=

snapshot 141. A banda podre do sistema. A membresia longe estava de imaginar a corrupção envolvendo este sistema. Leiam estaDENÚNCIA em 24.05.2010 no artigo A quarta trombeta soará!

Por absurdo que nos pareça, agora a doutrina revelada é proclamada por satélite. Pasmem! Quando foi que um anjo lhes apareceu com“outro evangelho” e lhes ordenou desprezar o que Deus disse, do jeito que Ele disse no Novo Testamento?

Que espírito estimulou os diáconos, mestres e pastores da ICM-OBRA – a igreja do jeito que Gedelti quer – para serem “cúmplices nas obras infrutíferas das trevas?

Vale dizer: agora, atingindo as alturas do eclesiasticismo idólatra, orgulhoso e salomônico, o gedeltismo quer ser ouvido desde os altos céus e ao redor da terra. Mas este satélite servirá para queda do sistema.

      snapshot 142. Ao longo de quatro décadas o gedeltismo apenas exibiu autodefesa, avareza desmedida e dissimulação do pai da Obra com propaganda de Obra Maravilhosapara acumular fortunas, mitos, profetadas e revelagens. Não adiantam cortinas de fumaça e maquiagens nesta administração eclesiástica de araque que mais parece um  samba do crioulo doido.

O gedeltismo construiu mentiras, mentiu e continua mentindo para não esquecer que mentiu com FRAUDES e com HERESIAS.

O incrível é que o coronel reformado Julio Cézar Costa, então interventor (por intervenção do leão abatido, quem lê entenda), declarou precisar de orientações espirituais para exercer o munus publico que lhe fora conferido por Ordem Judicial; e que somente poderia obtê-las reunindo-se com os demais. E então, iludindo o Juízo como costuma fazer, a exemplo de correr atrás de interesses ilegítimos junto ao TJ-ES conforme a DENÚNCIA do Ministério Público Federalque descreve o EVENTO pr. Júlio (pgs. 135-143), ele obteve autorização judicial para receber essas orientações. De quem, afinal? Do detentor do DIPLOMA VPC – “vértice da pirâmide do crime” em umaSOC – “sofisticada organização criminosa”.

Porém, advindo a r. Sentença da Justiça Federal, esse coronel pastor interventor (CPI) foi EXONERADO e pior: o arranca-toco entre “cães gulosos” o afastou do comando do Maanain e agora ele amarga os dias no Depósito de Jaburuna.

snapshot 143. A ideologia Obra como forma de vida intoxicou esta geração icemistas. A membresia começa a se espantar com o desmonte do gedeltismo ocultista.  A maldade existe até dentro de igrejas e a Maranata não foi exceção: o gedeltismo é fruto de um líder religioso avarento, dissimulador, manipulador, repressor e tortuoso; e de uma elite eclesiástica que finge não saber quem é o pai da Obra como forma de vidaCorrupção desenfreada e espanto.

Bando de hipócritas! CÚMPLICES! Falar de líderes religiosos repressores não adianta porque são tortuosos; mas agora estamos no fim dessa jornada e começamos a compreender no que deu: o gedeltismo é a face nebulosa do anticristo e capaz de maldade extrema.  Alguns dos membros da cabeça daIRMANDADE MARANATAforam recolhidos à Cadeia Pública, Gedelti Gueiros – o VPC da SOC, inclusive. Depois lhe foi autorizada a prisão domiciliar devido à idade. Ele responde a outros processos e os piores ainda não vieram: aqueles de nível federal. O que fazer em uma denominação eclesiástica dominada pela banda podre e os maus pastores não largam o osso?

E agora, Josés?
 snapshot 144. O poder corrompe, especialmente o poder religioso. O resultado ai está: a iniquidade transborda. Os fatos mostram que o monarca pseudo-carismático, quadragenário e religioso imita o bispo de Roma.

Pastor usou ‘visão’ para justificar desvio
Envolvido em compras foi preso pela federal
R$ 1,8 milhão doados por deputados à igreja
Igreja contratou sobrinho de presidente
Maranata: “uma igreja que surgiu da luta pelo poder”
Maranata pagou R$ 941 mil em materiais nunca entregues
Milhões arrecadados e livres de fiscalização
Maranata: líder da igreja é investigado

Suspeita de crimes federais serão investigados

Por fim, o desespero de muitos é que o ninho está sujo… muito sujo. Porém, o amor de Deus vai além, muito além do grande mal que meias-solas mercenários fazem contra eles mesmos e contra o rebanho do SENHOR.

Simplesmente espero na compaixão de Deus para curar as feridas dos milhares de amados crentes em Jesus ainda de presos neste sistema.

snapshot 145. Este Blog denunciava a fraude milionária e a mídia publicou: Maranata: da fé à fraude. Não adianta Gedelti Gueiros fugir à responsabilidade, dizendo: eu cuidava das revelações e do espiritual. Não mesmo!!! O desmonte começou. O mal é incurável!O relatório da Igreja Maranata sobre os desvios declara: “Um montante muito elevado, chegando a cerca de R$ 500 mil mensais nos últimos 30 meses e R$ 6 milhões em 2010…”

clamor é notório e público. O gedeltismo, como forma de governo eclesiástico na base de ossorrevelô, encurralou a Maranata em um beco sem saída.

O que interessa aos membros desse conselho e assessores cúmplices com o sistema é cada um deles continuar escondendo caixas dois, desvios de dinheiro em depósitos D1, D2, D3 em contas de coordenadores, enquanto as gordas tetas da quarentona aguentarem o sustento dos meia-solas-mercenários; e fazer arranjos com o fim de levantar dinheiro para honorários de advogados na defesa de membros da BPM – BANDA PODRE DA MARANATA.

snapshot 146.Maranata de Plano 100 (Vila Velha) em estado de revolta total. Os poucos gatos pingados não aceitam Antônio Carlos Peixoto, aquele empresário de negócios nebulosos: seguros, apesar de já aparecer e pregar. Logo que chegou Peixoto afastou o Mauricio “malatacheia” do púlpito, dizendo-se ainda ser o titular da igreja porque ossorrevelô. E deixou claro: – quem não estiver satisfeito que saia da igreja. Declarou-se inocente das acusações e que nunca fez nada de errado.

Estado de tensão. No Conselho há quem esteja aborrecido querendo a cabeça de Peixotão; mas como ele é parceiro e protegido do denunciado VPC da SOC nesses negócios, por enquanto, ninguém apareceu com coragem de nele tocar.

Na Maranata em Campo Grande (Cariacica) é outra a situação envolvendo  Antonio Carlos Rodrigues de Oliveira, empresário e engenheiro: um grupinho quer que ele reassuma as funções de pastor e volte a pregar; mas diante de um grupo maior incluindo diáconos ele reluta, porque que lhe deram aviso: fique afastado daqui até que definir sua situação na Justiça Federal e na Justiça Estadual;  se V. insistir em subir ao púlpito vamos tira-lo de lá.

Por oportuno, ambos figuram entre os denunciados por estelionato e formação de quadrilha e duplicata simulada.

    snapshot 147. Alvo da fábrica de demandas judiciais contra desafetos: Welison Xavier de Jesus. Em 21.01.2013 a Igreja Cristã Maranata –Presbitério Espírito Santense conduzida pelo então presidente Elson Pedro dos Reis, a mando de Gedelti Gueiros, presidente afastado por ordem judicial, outorgou procuração à advogada Bárbara Valentim Goulart para “propor queixa-crime em face de Welison Xavier de Jesus”, demanda distribuída no Juizado Especial Criminal de Vitória. Qual a acusação? Depois do blá-blá-blá costumeiro, alega a Maranata, então querelante, que em seu depoimento perante o Ministério Público Estadual o querelado Welison

“não duvida da capacidade da ICM de promover o que lhe interessa; que seus membros estão espalhados e ocupam os mais variados postos em instituições públicas e privada; que a ICM controla a vida de seus membros, inclusive o voto dos fiéis; (…) que aqueles que estão afastados ou se desligam são severamente perseguidos no âmbito da ICM e difamados através de comunicados internos, sistemas de vídeo conferências ou por conversas no âmbito das unidades da ICM;”

Diversos detalhes das maranacutaias palacianas aparecem no depoimento de Welison Xavier de Jesus (24.04.2012, fls. 153-160). Não encontrei difamação. Nem o Ministério Público atuando no Juizado Especial. O Magistrado rejeitou a queixa-crime.

Maldade do lobo com pele de pastor escudando os chefes dos balcões de negócios com falso profetismo e mentiras, como o fogo que se alastra em palha seca. No sol a pino. O gedeltismo nos traiu!

Labaredas de ódio religioso ardem nessa liderança eclesiástica onde os amigos do chefe continuam no banquete de ladrões e os honestos são tidos como adúlteros, caídos, cachaceiros, caluniadores, difamadores, filhos do Diabo e inimigos da Obra. Não se espantem: é com essas e outras expressões que somos tratados pelos filhos do gedeltismo.

snapshot 148. Gilson Pereira de Sousa, Diniz Cypreste, Renato Duguay Siqueira, Luiz Eugênio do Rosário Santos, José de Anchieta Fraga Carvalho, Adaíso Fernandes Almeida, Alexandre Melo Brasil e Marcelo Ferreira do Nascimento – Membros do Conselho Presbiteral – declararam formalmente: “Quanto à pessoa do Pastor leigo e não remunerado, Gedelti Victalino Teixeira Gueiros, os membros deste Conselho reafirmam espontâneamente a ampla confiança na integridade, na honestidade, na inocência e sobretudo na Fé de um homem pacífico e honrado, que se entregou a uma causa sem querer nada em troca, senão a benção do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.”  Acredite se quiser.

snapshots 149.O Site avisou e insistiu no aviso: depois do desfile finalde 10 de março de 2013, na Pç. do Papa em Vitória – ES, o monarca mergulhará em sombras e vitupério  (observem as datas desses dois artigos). Nessa tarde de desespero dissimulado nada de Evangelho de Deus, ou seja:  cópias, repetecos e requentadas foi o que se ouviu.

Que data, hein Gedelti?! V. apareceu emproado, exibindo proteção de seguranças, demonstrando – para toda a membresia – não crer no fio de escarlate e logo depois foi preso; e novamente preso responde como VPC da SOC em denúncia de estelionato, formação de quadrilha e duplicata simulada e outros virão…

snapshots 150. Como acontece no divisor de águas, estamos diante de dois processos nitidamente irreversíveis.

1. aimplosão do gedeltismo com apurações judiciais de consequências graves; e

2. a evasão dos retirantes, apesar das calúnias, feridas, maldições e perseguições, enquanto o chefe icemista e os algozes maranáticosinstigam o ódio religioso.

Gedelti proclama zombeteiramente: TÁ TUDO CERTO!!!.

Havíamos avisado: a iniquidade transborda e o Juízo vem! Sofremos!Não houve arrependimento e a resposta ai está: a Sociedade quer aapuração. O maranatismo pseudocarismático prometeu valentes e pariu bobos da corte, donos de bancas de negócios, Judas, meias-solasemercenários. O palácio da rainha desfigurada ESTÁ IMPLODIDO e as paredes continuam manchadas com os vômitos dos Judas nosbanquetes de ladrões.

Se alguém quis servir – mesmo – ao Senhor, foi impedido. Discriminado!

Sei de algo que IMPLODIU o palácio da rainha desfigurada: se os que dominam este rebanho perderam a vergonha, aqueles que os obedecem, por si mesmos, perderam o respeito.
More news later…

Sei de algo que está roubando o sono até de meia-sola remendado que se droga para dormir durante a viagem de fuga para o exterior: está na hora de alguns começarem a pensar que é melhor falar a verdadedo que continuar como boi de piranha do PRD – palácio da rainha desfigurada.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/09/snapshot-news-iv/

Essa quadrilha “homens de deus” é muito podre!

Por anos enganar milhares de SERVOS de DEUS

Mas DEUS está agindo e abrindo os olhos de seus SERVOS VERDADEIROS!

A quadrilha por décadas abusou com

“o sinhô revelou”

“o sinhô orientou”

e circular besta de mafiosos”

A hora da VERDADE chegou a quadrilha do dízimo que se enriqueceu com dízimo e trabalho de escravo dos SERVOS do SENHOR está sendo enquadrada pela justiça como:

Quadrilha ou bando (art. 288 do CPB)

Estelionato (art. 171 do CPB)

Apropriação indébita (art. 168 do CPB)

Duplicada simulada (art. 172 do CPB)

Segue o inicio da denuncia do Ministério Público do Estado do Espírito Santo contra a máfia da seita maranata:

MPES-0010001

MPES-0020001

MPES-0030001

MPES-0040001

 

Pastor da Maranata afirma: “Assinei papéis e fui usado”

Arlínio Rocha, ex-secretário de Presbitério, divulgou vídeo

VINÍCIUS VALFRÉ | vpereira@redegazeta.com.br
Foto: Edson Chagas

Edson Chagas

“Ele dizia que não assinava nada. Queria me colocar como grande culpado”, disse Arlínio Rocha sobre Gedelti

O pastor Arlínio de Oliveira Rocha, 75 anos, ex-secretário do Presbitério da Igreja Cristã Maranata (ICM) e um dos denunciados pelo Ministério Público Estadual (MPES) nas investigações de fraudes na cúpula da entidade, confirmou que crimes eram praticados por pastores da instituição. Agora, ele avalia ter sido “inescrupulosamente usado” pelo presidente afastado e líder máximo da Maranata, pastor Gedelti Gueiros. Este, segundo Arlínio, pretendia se isentar de futuras responsabilidades criminais.

O ex-secretário do Presbitério – que é a sede do comando da igreja – assinava documentos importantes na administração. No entanto, alega que as irregularidades estavam nos papéis entregues pessoalmente por Gedelti, que, segundo ele, não lhe permitia a análise dos documentos. Arlínio Rocha é acusado de formação de quadrilha, apropriação indébita e estelionato. Além dele, outros 18 membros da Maranata foram denunciados pelo MPES em maio. Eles teriam desviado R$ 24 milhões.

Nesta semana, o ex-secretário divulgou um vídeo no site YouTube. Na gravação, aparece lendo o que chama de “carta de esclarecimento”. Em dois dias, o conteúdo foi visto por quase 8 mil pessoas.

Os documentos que o senhor assinou foram usados em crimes?
Sim, eu assinei documentos sem ter conhecimento total sobre o teor deles. Eles tiveram a finalidade de permitir certas irregularidades.

Quais?
Uma em especial foi relativa à procuração para nomear advogados para processar promotores e testemunhas a fim de que essas pessoas mudassem a forma como conduziam os assuntos no processo.

Então, por que o senhor dava as assinaturas?
Quando se tratava de documento que Gedelti determinava, não tinha como questionar, perguntar se estava tudo certo. Ele não abria espaço para questionamento, para averiguação do conteúdo. Só mandava que assinasse.

O senhor nunca desconfiou de nada?
Eu não desconfiava por causa da grande confiança que tinha nele. Assinava achando que estava tudo certo. Não desconfiava da idoneidade e da integridade dele. Fui inescrupulosamente usado.

Quando chegou a essa conclusão?
Passei a desconfiar quando surgiram as primeiras investigações das autoridades, divulgadas pela imprensa.

O senhor considera-se vítima de Gedelti?
Eu e minha família somos. Ele dizia publicamente que não assinava nada e mandava procurar quem fazia. Era como se dissesse: “Procurem Arlínio, porque era ele quem assinava”. Queria me colocar como grande culpado; e ele, como inocente.

Foi ameaçado por pastores quando estava internado num hospital?
Não. Há sete meses não recebia visita ou telefone de Gedelti nem de ninguém da cúpula, o que comprova que eles só me usavam. Foi uma falta de respeito.

Por que gravou o vídeo divulgado na internet?
Pelo fato de ser da comissão investigada, naturalmente fui jogado com os outros, dizendo que faço parte de uma quadrilha. Sou pastor há mais de 40 anos, fui coordenador do Maanaim. Os irmãos mereciam essa explicação.

O que aconteceu depois do vídeo?
Três horas depois que ele foi ao ar, um pastor membro da cúpula me ligou dizendo que sonhou com a morte da minha filha. Ele não falava comigo havia sete meses e só ligou depois do vídeo.

Como o senhor interpretou isso?
Foi uma ameaça velada de morte. Ainda mais por causa do momento que vivo, em que mostro minha cara e faço esclarecimento. Foi para eu parar de fazer isso. Foi uma ameaça, já denunciada à Polícia Federal. Depois disso, não consegui dormir.

Assista ao vídeo gravado pelo pastor Arlínio Rocha:

Outro lado

“Estratégia infantil”

Para Gustavo Varella, um dos advogados da Igreja Maranata, as declarações do pastor Arlínio Rocha são uma estratégia infantil para transferir a Gedelti Gueiros o foco da ação penal. “É inacreditável que uma pessoa que tenha participado durante tanto tempo de uma administração só agora, depois de denunciada pelo MPES como participante de uma quadrilha, venha dizer que não leu o que assinou. É muito esquisito. É estranho que alguém, a essa altura, venha dizer que assinava documento a pedido de outro”, opinou.

Sobre o sonho interpretado por Arlínio como ameaça de morte, o advogado acredita em ficção. “Quem pode garantir que esse cidadão ligou ou não? O que temos visto é muita historinha, com factoides, historinhas de ameaças, quando não tem acontecido absolutamente nada nesse sentido. Está parecendo ficção, uma novela com o enredo muito malfeito”, disse.
 

Fonte: Da Redação Multimídia

http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2013/06/noticias/cidades/1448700-pastor-da-maranata-afirma–assinei-papeis-e-fui-usado.html

video em: https://obramaranatarevelada.wordpress.com/2013/06/04/igreja-maranata-carta-de-esclarecimento-do-pastor-arlinio-de-oliveira-rocha-sobre-os-recentes-fatos-que-foram-divulgados-pela-imprensa-relativos-a-igreja-crista-maranata/

 snapshop 36. Denunciei a implosão da ICM-PES e apontei o autor do desmonte. Denunciei os maus pastores como cúmplices do monarca religioso na prática de ilícitos penalmente puníveis. Escutas telefônicas autorizadas pela Justiça e investigações da Polícia Federal e do Ministério Público realçaram os fatos e mais fatos anteriormente denunciados neste Blog; mas os bobos da corte palaciana não deram ouvidos e os fatos foram para a mídia e resultaram em DENÚNCIA do Ministério Público. Esta é a primeira de uma série…

Então o berro do dono do rebanho ecoava: QUEM ME DERA SE O BRASIL ACEITASSE A OBRA!

Espasmos e estertores mortais. Finalmente! O maranatismo-monárquico-pseudocarismático entrou em um beco sem saída. O poder corrompe, especialmente o poder religioso. O monarca quadragenário imita o bispo de Roma. O ódio religioso ainda é inflamado pelos dominadores de rebanhos com o mesmo princípio: espada em nome de Deus e morte aos infiéis! Se esta ICM-PES fosse igreja da Idade Média, os inquisidores palacianos teriam queimado muita gente nas fogueiras da Inquisição Satânica. Por decreto papal.

 

 

pastores soltos da maranata não se podem comunicar

pastores soltos da maranata não se podem comunicar

 

More news later…

Sei de algo que está roubando o sono até de meia-sola remendado que se droga para dormir durante a viagem de fuga para o exterior: está na hora de alguns começarem a pensar que é melhor falar a verdade do que continuar como boi de piranha do PRD – palácio da rainha desfigurada.


Relembre o caso Maranata

 

> Bens de pastores da Maranata crescem 6 vezes
> Pastor briga para retomar a liderança da igreja Maranata
> Operação apreende documentos em sedes da Igreja Maranata
> Fraude derruba toda a cúpula da Igreja Maranata
> Igreja Maranata: dízimo desviado em fraude milionária
> Pastor usou ‘visão’ para justificar desvio
> Envolvido em compras foi preso pela federal
> R$ 1,8 milhão doados à igreja
> Igreja contratou sobrinho de presidente
> Maranata: “uma igreja que surgiu da luta pelo poder”
> Maranata pagou R$ 941 mil em materiais nunca entregues
> Maranata: líder da igreja é investigado
> Crimes federais investigados

NOTA

Aos nove Promotores de Justiça integrantes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) que assinaram pedido de abertura de AÇÃO PENAL PÚBLICA, pelo brilhante, meticuloso, paciente e sério trabalho, mesmo diante de todo tráfico de influencia desses astutos dirigentes. PARABÉNS!!!

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/05/snapshot-news/

cavalheiro lento disse:
30 de maio de 2013 às 23:19

Rapaz, quem anda muito lento, mas muito lento é você, viu?

Já percorremos grande parte do caminho das investigações e você ainda não entendeu o que realmente é a ICM-PES.

Se existe uma corja sendo investigada, o que você ainda faz aí obedecendo a esta corja? Ou você ainda pensa que esta dita igreja pertence ao Espírito Santo?

Quem misturou o nome da igreja com esta corja que está sendo investigada foi a própria corja, criada pelo GG para satisfazer seu EGO de ser chefe de uma organização, comandar pessoas e colocá-las sob regime de terror.

Tudo o que você faz dentro da “obra” foi passado primeiro pelo aval do chefe religioso, ou seja, tudinho mesmo, qualquer circular que chegue para você fazer alguma coisa, foi ele quem determinou e não o Espírito Santo.

Este lugar que você diz ser igreja abriga a SOC – sofisticada organização criminosa” e não será de diferente, sabe por que?

GG apostou todas as suas fichas nela e agora não irá largar tão facilmente sua obra de arte, pois faz parte da vida dele, é a cara dele.

Você diz ter experiência com o clamor. Menina, clamor é heresia e este sonho seu não passa de desejo do seu coração.

Entenda: clamor pelo sangue de Jesus é heresia e ofensa às Escrituras; o poder do sangue de Jesus é FATO e nos purifica de todo o pecado. Foi por isso que Jesus morreu na cruz, derramando seu sangue, para perdão dos nossos pecados.

Dizer que o clamor pelo sangue de Jesus é arma espiritual poderosa para ser usada a qualquer momento, é concordar que nenhum Maranata morre atropelado, nunca são assaltados, não ficam doentes, não passam necessidades… e sabemos que não é verdade. Quatro pastores da Maranata foram presos, tá lembrado? E cadê clamor? Exigiram clamor e oração ininterrupta por eles e não deu outra: 19 deles foram DENUNCIADOS pela prática de crimes diversos…

Vejo que está sofrendo com a situação, dá pra perceber em suas palavras sua indignação, mas preciso dizer-lhe, não há remédio que cure este mal denominado ICM-PES, então resta-lhe dizer, SAI DELA AGORA! Busque a Deus e Ele fortalecerá o seu coração, assim como tem feito com milhares que romperam com o sistema.

Revista Fui!.page09

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/05/maranata-19-denunciados-por-estelionato-formacao-de-quadrilha-e-duplicata-simulada/#comment-53583

Prezado irmão Augusto
Compartilhamos da mesma opinião. Também penso assim. Pena que por detrás dos bastidores corre muito dinheiro e politicagem.

SOC (sofisticada organização criminosa) controlada pelo VPC (vértice da pirâmide criminosa) goza de certas regalias de alguns do Judiciário políticos e quem possa interessar em defendê-la, por ser um grande curral eleitoral e ter em seu rol de membros juízes, políticos e pessoas ligadas à imprensa.

Existe uma barreira impedindo que as notícias sejam divulgados à nível nacional. Enquanto isso, nós podemos divulgar, não é?
Enviando cópias dos artigos do blog a todos que queremos ver livres, que acha?
Paz

maranata - contra fatos nao ha argumentos

maranata – contra fatos nao ha argumentos

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/05/maranata-19-denunciados-por-estelionato-formacao-de-quadrilha-e-duplicata-simulada/#comment-53555

Novo rótulo e nova embalagem, e agora com o nova formula a base de Gabuti. (Atenção!!! O conteúdo é o mesmo…)

Ahhh que OBRA Maravilhosa, filho único, “uma organização de fé” ( leia-se má fé )

seita maranata - destruindo famílias

seita maranata – destruindo famílias

É pelo jeito essa “OUBRA MARAVILHOSA” é igualzinho a todas as outras “oubras” que vieram antes dela, ou melhor dizendo, ela é uma “OUBRA” mesmo com tudo maiúsculo, “Singular”, digo filho único, coisa de profissional… Valeu Juvenal é o Brasil na Frente mais uma Vez… Brasil, sil sil…..

Olha tenho que tirar o chapel, (Kd o raul GIL?) essa “OBRA” estava mais difícil do que descobrir a formula da coca-cola, as falcatruas, desvios, crimes (em tese) dos meias-solas e do monarca muito religioso, começaram a ser reveladas, o pessoal da gazeta está começando a enfrentar uns problemas, congestionamento nos servidores, linhas ocupadas, tiragem esgotadas, todo Brasil e exterior tá literalmente plugado no site 24horas por dia, os fornecedores já mandaram avisar vão revisar os preços, estão precisando ampliar a infra e repor os estoques de bobinas de papeis urgentemente; vai começar a enxurrada de lama do esgoto do “PRD”, (hunnn, aff e quem é que aguenta esse cheiro??)…

Antes gostaria de agradecer MPES, GAECO, PF (e aproveitar a audiência do canal e mandar um Bjo. pro meu pai minha mãe e pra vc.) Depois de 45 (40=provações e 5=ministérios) anos conseguiram pegar o velhinho , digamos com as “calças nas mãos” mas mesmo assim ele conseguiu “escurregar” entre as algemas, e com a moda das “mulheres frutas” o pessoal já especula em apelida-lo de “Velhinho Kiabo”; “Ali babão e os 40 ladrão…” Também ele teve bons professores… (…)

O FIM do mundo em 2013 – “profecia Maia-nata” A bola da vez:

http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2012/11/noticias/especiais/1376743-igreja-maranata-dizimo-desviado-em-fraude-milionaria.html
http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2012/11/noticias/cidades/1376884-fraude-derruba-toda-a-cupula-da-igreja-maranata.html
http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2012/03/noticias/a_gazeta/dia_a_dia/1146308-crimes-federais-investigados.html
http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2012/11/noticias/cidades/1376784-operacao-apreende-documentos-em-sedes-da-igreja-maranata.html
http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2012/02/noticias/a_gazeta/dia_a_dia/1111561-r-1-8-milhao-doados-a-igreja.html
http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2012/02/noticias/a_gazeta/dia_a_dia/1117080-maranata-pagou-r-941-mil-em-materiais-nunca-entregues.html
http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2012/02/noticias/a_gazeta/dia_a_dia/1107549-pastor-usou-visao-para-justificar-desvio.html
http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2012/02/noticias/a_gazeta/dia_a_dia/1115768-igreja-contratou-sobrinho-de-presidente.html
http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2012/02/noticias/a_gazeta/dia_a_dia/1108194-envolvido-em-compras-foi-preso-pela-federal.html
http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2012/03/noticias/a_gazeta/dia_a_dia/1144923-maranata-lider-da-igreja-e-investigado.html
http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2013/03/noticias/cidades/1417671-lideres-da-maranata-sao-presos-por-ameacar-20-pessoas.html
http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2013/05/noticias/cidades/1439787-maranata-19-denunciados-por-estelionato-formacao-de-quadrilha-e-duplicata-simulada.html
http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2013/05/noticias/cidades/1440293-pastores-da-maranata-faziam-negocios-com-a-propria-igreja.html
http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2013/04/noticias/cidades/1432801-maranata-perde-tres-acoes-que-movia-na-justica-contra-testemunhas.html
http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2013/05/noticias/cidades/1442027-o-maanaim-se-transformou-num-balcao-de-negocios–diz-ex-pastor.html

Aí aí cancei… E agora Juvenal,???
É pelo jeito vai precisar de usar de tudo um pouco meios de graça, oração, Jejum, sal grosso, ferradura, pé de coelho,
trevo de 4 folhas, figuinha, fitinha, trabalho, despacho, passe, reza, passe, banho de picão etc….

JUVENAL ???? A casa caiu…

Hino da independência

Já podeis, da Pátria filhos,
Ver contente a mãe gentil;
Já raiou a liberdade
No horizonte do Brasil.

Brava gente brasileira!
Longe vá… temor servil:
Ou ficar a pátria livre
Ou morrer pelo Brasil.

Os grilhões que nos forjava
Da perfídia astuto ardil…
Houve mão mais poderosa:
Zombou deles o Brasil.

Não temais ímpias falanges,
Que apresentam face hostil;
Vossos peitos, vossos braços
São muralhas do Brasil

Avante Cavaleiros (as) …

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/05/maranata-19-denunciados-por-estelionato-formacao-de-quadrilha-e-duplicata-simulada/#comment-53211

“O Maanaim se transformou num balcão de negócios”, diz ex-pastor

Ex-pastor da Maranata que rompeu com a igreja foi denunciado pelo Ministério Público e diz que é inocente

CLÁUDIA FELIZ | cfeliz@redegazeta.com.br
Foto: Carlos alberto Silva

Carlos alberto Silva

O Ministério Público denunciou 19 pessoas por suposto desvio de dízimo da igreja

Ainda menino, Mário Luiz de Moraes tornou-se membro da Igreja Cristã Maranata, e ali permaneceu por 39 anos. Nesse período, virou pastor e membro da diretoria do primeiro Maanaim – acampamento – da instituição, no Estado. Até que, em dezembro de 2011, oficializou seu rompimento com a igreja. 

A causa: Mário Moraes, que é advogado, diz que embora tenha denunciado irregularidades no uso de dinheiro, e assistido à transformação do Maanaim num “balcão de negócios”, não era ouvido pela cúpula da instituição, sendo apontado como “traidor” e “caído”.

Mas sua postura não impediu que o Ministério Público Estadual o inserisse na lista de 19 pessoas denunciadas à Justiça por suposto desvio de dízimo da igreja. Ele foi denunciado por estelionato e formação de quadrilha, fato que diz ter recebido com surpresa. “Nunca recebi um centavo da igreja, a título de nada”, garante, embora na relação de membros cujas empresas receberam valores do Presbitério apareça o recebimento de R$ 316.893,43 pelo escritório Moraes e Barcellos.

O advogado assegura que apenas seu sócio – Moraes desligou-se da sociedade em junho de 2012 – atuou em processos da Maranata, e que o valor pago pela igreja ficou apenas com esse sócio. No Maanaim, diz que “nunca assinou um cheque”, porque a unidade era subordinada ao Presbitério, que comprova, contratava e pagava.

“Mundo negocial”

Moraes lembra que em abril de 2003 enviou a membros da comissão executiva da igreja – cujo vice-presidente era o hoje presidente do Conselho Presbiteral Gedelti Gueiros – pedido de esclarecimentos.

 

No documento, afirmava que o refeitório do Maanaim havia se transformado em “um balcão de negócios sempre voltados para as áreas médica e política, onde figuravam várias personagens ímpias”. 

A Maranata teria entrado no “mundo negocial” ao comprar 10% das ações de um hospital na Serra, e criar um centro oncológico no mesmo hospital. Também por desativar um ambulatório odontológico no Maanaim – “para irmãos carentes” – e criar uma empresa privada, em Cariacica.

A “apropriação de recursos de dízimos e ofertas para empréstimos pessoais, via cooperativa, para aquisição de cotas de um hospital em Vila Velha” também foi apontada, citando ainda a exposição na mídia de pastores em festas.

Nota simulada

Em 2010, um prestador de serviços o procurou, segundo ele, dizendo que Antônio Angelo dos Santos, então vice-presidente da igreja, pedia nota fiscal simulada para “comprar dólares para ajudar irmãos no estrangeiro”.
Moraes diz que relatou o fato a Gedelti Gueiros, e o fez de novo quando descobriu que “o contador Leonardo Alvarenga também passou a emitir notas para retirar dinheiro da igreja”.

Um procedimento administrativo foi aberto e, segundo Moraes, constatou desvio superior a R$ 20 milhões. Mas, na Justiça, a igreja só cobrou ressarcimento de R$ 2,1 milhões.

“Nunca compactuei com os desvios na igreja. Não sei por que fui denunciado, mas provarei minha inocência”.

 

Fonte: A Gazeta

fonte: http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2013/05/noticias/cidades/1442027-o-maanaim-se-transformou-num-balcao-de-negocios–diz-ex-pastor.html

Contrataram 3 testemunhas falsas para denegrir a imagem de MM – a conta como sempre é paga com dízimo dos escravos da obra gedeltiana!

O objetivo: Enfraquecer o denunciante

maranata - contra fatos nao ha argumentos

maranata – contra fatos nao ha argumentos

Isso é Brasil – Corrupção

depois de esfriar a cabeça um pouco em virtude das fortes emoções
Me questionei da seguinte questão: Como pode o denunciante que sequer foi cogitado delação premiada, tendo em vista de não ter havido apurado ilícitos sobre o mesmo que justificasse tal situação, aparecer como indiciado?

na realidade o que o GG sempre quis era atacar a moral de MM por pura inveja
pois devido aos desvios do dizimo a debanda foi geral e buscaram apoio em igrejas de retirantes da obra gedeltiana.

MM foi uma figura importante nesse apoio aos retirantes!

O gedelpapa como fundador da igreja de gedelti como estava perdendo os membros e principalmente o faturamento em dízimo porque MM o entregou ao MP armou para ele (MM) ser denunciado também e inclusive arrumou testemunhas falsas com intuito de incriminá-lo ! Assim como o Presidente da OAB Homero Mafra não saiu do circuito nada! foi só uma jogado do tio patinhas, ele continua nos bastidores acompanhando tudo, e continua sendo pago também com o dízimo da igreja!!

A maneira que o Vértice da pirâmide arrumou para se defender é armando para o MM e com isso desviar o foco da investigação que é ele ele, mas como é um articulador e manipulador e conta com ajuda de chegados está achando que o povo é bobo e vai cair novamente no canto da sereia!

Até quando teremos que aguentar esse velho avarento manipulando as pessoas em? ATÉ QUANDO esse velho manipulador que promove a corrupção no estado do Espírito Santo sem respeito algum à população Brasileira e muito menos ao povo de Deus pode agir sem punição alguma? ATÉ QUANDO MP?