Posts com Tag ‘testemunho’

a obra da eternidade

a obra da eternidade

Fiquei 11 anos nessa seita, vivia deprimido sem explicação para um monte de coisas, pregam muitas mentiras, são arrogantes ao ponto de dizerem que esta instituição é a igreja fiel, a instituição está acima das vidas, vi num seminário no maanaim um pastor dizer que para eles a palavra está totalmente descortinada onde eu nunca vi sequer um estudo do apocalipse, são inimigos das outras demolições, se sentem os donos da verdade, sendo que a bíblia diz que, a soberba precede a queda, ninguém pode ter uma vida social lá fora, tudo é pecado, tudo contamina mas vivem uma falsa modéstia o estilo de vida que pregam não está nos evangelhos, são sectaristas. Mentem ao ponto que diáconos e pastores são levantados por revelação onde não existe em lugar nenhum no novo testamento esse ensinamento, a mulher que não usa saia não é definida na obra e quem não estiver cumprindo todos os hábitos da instituição não está definido na obra, saiu para congregar em outra denominação está caído, é sutilmente colocado nas pessoas medo e isso não vem de Deus.

Anúncios

Mesmo depois do pai, que o fez crescer nessa obra do anti-cristo, receber ameaças de morte do pastor amadeu do alto clero icemita contra a própria irmã dele, o Esdras, filho de Arlinio, voltou para a obra que destrói as famílias, segue o depoimento de Esdras:

depoimento-de-esdras-001depo-esras-2-001

depoimento-de-es-3-001

Com as palavras da nossa amiga Cavaleira da Verdade:

Depois de ler todo esse depoimenti prestado fica visível que, uma igreja que se diz filha única, obra revelada, é uma destruidora de lares.

Eles tem prazer em Jogar os próprios familiares uns contra os outros.
Também esperar o que!
Um líder que diz que a pior desgraça na vida dele são os familiares, vai ensinar as ovelhas  o quê? Não podemos esperar nada de bom mesmo.
Este depoimento mostra claramente a  ameaça a esposa do Pastor Arlinio “dependendo do que ela falaria, a igreja a processaria”.Olha o alerta ai bem claro! Coação das brabas mesmo.
Que bando de pilantras metidos a crentes. São uma vergonha para o evangelho.
Destruidores de lares, de sonhos. Não se contentam só em roubar os membros, querem destruir a vida das pessoas, e semear a discórdia, desavenças, enfim são pessoas más, desprovidas de amor, de compaixão.
E pior ainda, mentem, coagem, e ainda como covarde que são tentam voltar atrás no que dizem.
Puro e simples Terror psicológico, é assim que agem.Mas só funciona com gente fraca, que se deixa enganar por esse bando de mercenárias, comedores de feijão.
Enfim, se merecem!
O cara é um traidor mesmo!
Traiu o que é de mais precioso, a sua família.
Entregou seu pai de bandeja nas mãos da cúpula, e tudo isso por pura ganancia, por poder, por amor ao dinheiro, e por ser um frouxo mesmo, manipulado pela mulher Priscila ( a dalila) e por meia solas.
Na minha opinião o cara é um tremendo dissimulado, no trecho que ele diz que é amigo da jabutiraminha e de seu marido, e que quando chega e vê os membros escravos uniformizados trabalhando na construção na empresa do papa, acha ser normal?
Inclusive viajou as custas do dinheiro da cinquentona e bancada pelo seu dindim, isso ele mesmo declara, acha ser normal?
E ainda declara que deram pernadas nos membros quando compraram passagens por um valor e mostraram outro, que coisa linda em seus lalaus de ternos!
E também pelo que eu entendi, Esdras não era gostou de ter suas mensagens substituídas pelo xatélite, e agora? Mudou de ideia? uai que mistério é esse!
Que mistérios são esses que levaram a esse cara a voltar para o ninho sujo, onde ele mesmo sabe de todas as falcatruas, inclusive declaradas e assinadas por ele mesmo.
Há algo obscuro e sinistro nessa volta.
Seria por causa da Dalila que não gosta de ser pobre? Apesar de ter sido nascida e criada num lar humilde, ela gosta de vida boa, roupas caras, shopping, quer seguir o padrão de vida da jureminha e demais filhas de meias solas da cúpula.
Voltou mesmo sabendo de tudo. Por isso não me canso de falar, não existem inocentes, existem sim cumplices, coniventes, puxa sacos, mau carater.
Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos.

 

 

A seita Secreta: Grupo da maranata conta segredos

 

São esses depoimentos que nos fazem continuar denunciando essa falsa igreja que se diz cristã. Mas de cristã, não tem nada. Depoimento enviado inbox:

Olá! A Paz do Sr.Jesus!

Como todos tbm tenho uma história triste pra contar…

Meus pais se separaram no ano de 1996…pq? Pq em 1992 conhecemos a ” obra’

Minha mãe,meus irmãos e eu

Meu pai foi o unico que não foi e com isso consequentemente ele já não iria mais caber em nossas vidas.

Passou a ficar muito sozinho…já não íamos com ele pra praia aos domingos (na ocasião morávamos no RJ)…já não saímos pra comer fora com ele

Afinal precisávamos viver “obra como forma de vida”…acabaram todos os passeios em família…pq tínhamos que cumprir com os compromissos da igreja.

Meu pai era muito família…muito agarrado com a minha mãe e de repente se viu sozinho…descia as vezes e ficava em algum restaurante por perto do nosso apartamento…e ligava pra casa o tempo todo…nos pedindo pra descer e ficar com ele ,mas não íamos…

Sozinho assim…ele acabou arrumando outra mulher…e foi embora…

Minha mãe sentiu…mas se fez de forte afinal a “obra” era mais importante que tudo e não valeria a pena lutar pelo casamento…

O importante era realizar a “obra”…

Mudamos pra Minas…na cidade que moramos ….nessa época tinha um trabalhinho pequeno…sem estrutura nenhuma…cultos de 15 em 15 dias…

Uma luta…

Sentia falta de cultos …louvores…as vezes batia o desejo de visitar outra igreja,mas me lembrava que não podia…

Afinal…tudo fora da icm era mescla, movimento, religião…

Com isso …sem a igreja pra irmos todos os dias como estávamos acostumados…meus irmãos e eu nos desviamos…só minha mãe permaneceu…

Passados 7 anos ,depois de não aguentar a pressão do mundo, retornei pra icm…mas já com as consequências do desvio…pq retornei com um filho de um relacionamento mundano que não deu em nada… Não seria melhor eu ter procurado outra igreja ? Não seria melhor? Mas ir pro mundo ainda era melhor do que envolver com religião…

Pois bem…vcs já podem imaginar o que passei retornando com um filho nos braços né?

Até que um dia me casei com um obreiro, que não importou com nada e me assumiu com filho e tudo…e que por consequência tbm não passou de obreiro…ficou meio que colocado de lado…

Com dois anos de casados tivemos nosso filho…que hj tem 7 anos …e passamos um sofrimento muito grande…pois ele estava sendo molestado…isso mesmo…molestado…por um instrumentista de 17 anos…

E pensa que o pr.tentou encobrir tudo…meu filho com o emocional destruído…regrediu em muitas coisas…

Mas com isso ninguém preocupou…

O negócio era encobrir tudo…manter a imagem da igreja perfeita…

À qualquer custo

Éramos formatados demais

Idólatras demais…

Meu marido e eu…

Precisamos viver essa luta enorme para descobrir que havia vida sim fora da maranata…que existe um povo sério, compromissado com a palavra…com a oração…

Hj estamos muito felizes…longe da icm…

Deus tem nos abençoado ricamenteeee

E tirado as sequelas…

Bendito seja Deus

Foi muito difícil passar por isso dentro da igreja que tantoooo defendia…

Mas o Senhor transforma a morte em vida…a luta em bênção…

Hj estamos livres e somos livres!

Sou mt grata a Deus por ele ter nos tirado de lá.

Foto: São esses depoimentos que nos fazem continuar denunciando essa falsa igreja que se diz cristã. Mas de cristã, não tem nada. Depoimento enviado inbox: Olá! A Paz do Sr.Jesus! Como todos tbm tenho uma história triste pra contar... Meus pais se separaram no ano de 1996...pq? Pq em 1992 conhecemos a " obra' Minha mãe,meus irmãos e eu Meu pai foi o unico que não foi e com isso consequentemente ele já não iria mais caber em nossas vidas. Passou a ficar muito sozinho...já não íamos com ele pra praia aos domingos (na ocasião morávamos no RJ)...já não saímos pra comer fora com ele Afinal precisávamos viver "obra como forma de vida"...acabaram todos os passeios em família...pq tínhamos que cumprir com os compromissos da igreja. Meu pai era muito família...muito agarrado com a minha mãe e de repente se viu sozinho...descia as vezes e ficava em algum restaurante por perto do nosso apartamento...e ligava pra casa o tempo todo...nos pedindo pra descer e ficar com ele ,mas não íamos... Sozinho assim...ele acabou arrumando outra mulher...e foi embora... Minha mãe sentiu...mas se fez de forte afinal a "obra" era mais importante que tudo e não valeria a pena lutar pelo casamento... O importante era realizar a "obra"... Mudamos pra Minas...na cidade que moramos ....nessa época tinha um trabalhinho pequeno...sem estrutura nenhuma...cultos de 15 em 15 dias... Uma luta... Sentia falta de cultos ...louvores...as vezes batia o desejo de visitar outra igreja,mas me lembrava que não podia... Afinal...tudo fora da icm era mescla, movimento, religião... Com isso ...sem a igreja pra irmos todos os dias como estávamos acostumados...meus irmãos e eu nos desviamos...só minha mãe permaneceu... Passados 7 anos ,depois de não aguentar a pressão do mundo, retornei pra icm...mas já com as consequências do desvio...pq retornei com um filho de um relacionamento mundano que não deu em nada... Não seria melhor eu ter procurado outra igreja ? Não seria melhor? Mas ir pro mundo ainda era melhor do que envolver com religião... Pois bem...vcs já podem imaginar o que passei retornando com um filho nos braços né? Até que um dia me casei com um obreiro, que não importou com nada e me assumiu com filho e tudo...e que por consequência tbm não passou de obreiro...ficou meio que colocado de lado... Com dois anos de casados tivemos nosso filho...que hj tem 7 anos ...e passamos um sofrimento muito grande...pois ele estava sendo molestado...isso mesmo...molestado...por um instrumentista de 17 anos... E pensa que o pr.tentou encobrir tudo...meu filho com o emocional destruído...regrediu em muitas coisas... Mas com isso ninguém preocupou... O negócio era encobrir tudo...manter a imagem da igreja perfeita... À qualquer custo Éramos formatados demais Idólatras demais... Meu marido e eu... Precisamos viver essa luta enorme para descobrir que havia vida sim fora da maranata...que existe um povo sério, compromissado com a palavra...com a oração... Hj estamos muito felizes...longe da icm... Deus tem nos abençoado ricamenteeee E tirado as sequelas... Bendito seja Deus Foi muito difícil passar por isso dentro da igreja que tantoooo defendia... Mas o Senhor transforma a morte em vida...a luta em bênção... Hj estamos livres e somos livres! Sou mt grata a Deus por ele ter nos tirado de lá.

 

//

Então voltei aqui e lendo os artigos e comentarios, cheguei a conclusão q não era coisa da minha cabeça…Era Deus falando comigo

1505088_660279390701263_2117646990_n

Publicado: 25 de junho de 2012 em Discriminação e preconceitos na maranataTestemunhos de obreiros, servos, pastores, diaconos
Tags:,,,

Boa noite a todos os irmãos. Quero deixar registrado aqui o meu relato do tempo que passei nessa denominação q se diz cristã.

Sou evangelica desde os 14 anos e amo a Palavra de Deus. Sempre lia e estudava inclusive outros livros q falvam sobre seitas e heresias, mas nunca havia me deparado com uma igreja pseudocristã. Estamos acostumados a pensar em TJs, Maçonaria, Mormons, Adventistas do Setimo dia como seitas hereticas e nem imaginamos que existem piores q essas. Enfim…

Aos 27 anos comecei a namorar um rapaz da ICM e fui no culto com ele. Achei o lugar simples, as pessoas me receberam muito bem e o culto muito bem organizado, louvores bem cantados…. acabei me deixando ficar, pois minha denominação era muito grande e na ICM tinha tanta atenção… Envolvi-me depressa e nem parei para questionar biblicamente as doutrinas… como era novidade pra mim, fiquei mesmo obsolvendo o q me passavam e rapidamente cresci. Em tres anos já estava no GL, já tocava violão e já tinha a maioria dos seminarios. Todo mes estava no maanaim reciclando e era mnuito conhecida por lá.

Mas aqui estamos falando de discriminação e preconceito e então vamos a minha experiencia.

Depois de quase dois anos na ICM meu namoro acabou. Apesar disso os jovens estavam senore comigo e as vezes saiamos pra lanchar. Na epoca eu trabalhava e ganhava um alto salario e não poucas vezes eu pagava o lanche de alguem ou até mesmo seminarios. Lembro-me de uma rixa entre os jovens q tinham funções q sempre saiam juntos e os jovens sem função sempre ficavam de fora, até o diacono reunir os jovens e proibir qualquer saida sem q todos fossem convidados. Como tinha muitos grupinhos, acabou q raramente passamos a sair juntos.

Qd fui mandada embora, depois de um tempo comecei a trabalhar num escritorio onde ganhava menos, mas tinha tempo de estar na igreja todos os dias e nos finais de semana. Gradativamente fui me afastando dos amigos q não eram da ICM e tb da familia. Ao mesmo tempo eu percebi q os jovens tinham mudado comigo e por dois motivos: finaceiro, pq não ficava mais pagando nada pra ninguem e afetivo: eu tinha mais de 30 e não pensava em casamento, como não penso até hj.

seita maranata - destruindo famílias

seita maranata – destruindo famílias

Fui muito discriminada por querer ser solteira e servir ao Senhor e tinha uma jovem q sempre q podia, me humilhava por isso. Um dos erros maiores dessa igreja é proibir os jovens de se relacionar com jovens de outras denominações. Se vc o faz, é pressionado a trazer a pessoa pra ICM ou a terminar. Eu presenciei muito isso. Por essa razão q tem tanta jovem solteira, mesmo pq os varões só querem garotas tipo modelo e quem vai querer namorar uma gordinha como eu? Principalmente uma gordinha q começou a questionar as coisas? E uma gordinha questionadora e pobre? Pra ICM tudo isso é deficiencia e correm disso.

Um dia o pastor me chamou, junto com a jovem q gostava de me humilhar e disse q o Senhor tinha revelado nós duas para sermos responsaveis por inscrição de seminario. No momento em q nos ajoelhamos pra orar, ela fala no meu ouvido: Tinha q ser com vc? E depois, longe dos pastores disse q não queria nenhum tipo de amizade comigo pq não tinha nada a acrescentar a ela. E mesmo levando isso ao pastor, fui tratada como problematica. Deixei na mão do Senhor e apesar de mal nos falarmos, desempenhei bem a função.

Lendo as postagens da Euripia, devo concordar com ela quanto ao trabalho de Libras. Eu tb fiz a oficina e apesar de ter aprendido com facilidade e me emprenhar para estar interprete, depois da prova, pessoas q mal sabiam fazer uma frase em libras tinham sido “levantadas” interpretes e eu apenas como auxiliar. Botei a boca no trombone, falei com todas as professoras, indignada com aquilo. Eu tinha me esforçado pra nada? Duas semanas depois o pastor me chama e diz q agora eu poderia interpretar em qualquer igreja e pra eu dar essa noticia a todos os q riram de mim….ele sabia mais do q eu. E mesmo conseguido isso, não tinha mais vontade de interpretar. E durante o ultimo ano q estive na ICM, não interpretei nenhuma vez. Pq entendi naquele momento q não era pq Deus mostrou, mas pq homens mudaram de opinião.

Qd resolvi morar sozinha, consegui uma kitinet pertinho da igreja, na intenção de me dedicar mais, alem de ficar livre do problema do alcoolismo do meu pai. Apesar dos 6 anos q tive na ICM, esse quadro do meu pai não tinha mudado e não dava mais pra continuar vivendo com ele. Com apoio da minha mãe e meus irmãos, me mudei pra kitinet q uma senhora da igreja alugou pra mim. Sem o problema do meu pai q me fazia ficar mais tempo na igreja, passei a analisar melhor as coisas e a questionar.

Pesquisando, voltei a esse blog q eu tinha visitado a tres anos atras, mas achava q estava pecando contra a “obra” por estar aqui. Só q eu voltei a ler a Biblia como antes e com o escandalo, minha mente, q já estava clareando, se libertou de vez. Então voltei aqui e lendo os artigos e comentarios, cheguei a conclusão q não era coisa da minha cabeça…Era Deus falando comigo. No inicio fiquei zangada, me acando a maior das burras por não ter visto as heresias pregadas e ter aceitando sem confrontar na Palavra, mas depois as coisas foram voltando aos seus lugares e experimentei a liberdade em Cristo.

A mudança foi logo sentidda: de frequentadora assidua e participante de tudo, comecei a aparecer exporadicamente na igreja, sempre acompanhando as noticias e sempre q falava com algum amigo ou irmão da ICM, na maioria das vezes era agredida, ignorada e alguns me excluiram do facebook.

A ultima foi uma “palavra profetica” armada num culto de sabado, sem a presença do pastor onde o obreiro interpretou o diacono dizendo o absurdo q não vou esquecer: “Minha jovem (era mes de março e na igreja raramente tem palavra profetica direcionada a jovens, sem ser no mes tematico dos jovens), eis q te digo q seus pensamentos e sentimentos em relação a minha obra não me agradam. O homem é falho, mas minha obra é perfeita. E te dou poder para vencer esses pensamentos”. Todo mundo percebeu q era pra mim, a igreja estava praticamente vazia, e só tinha membro, sem visitante. Depois dessa, e no dia seguinte o pastor dizer q teve um dom, mas sem contar e falar q tinha q receber imposição de mãos por uma semana, eu decidi q realmente ali não era meu lugar.

Tem duas semanas q saí do ninho q não tem amor, coisa q cobrava demais dos irmãos e q ninguem me ouvia (chegaram a dizer q os membros me evitavam pq eu gostava de unir todo mundo e não tinha preconceito de ninguem. De fato, só os “excluidos” me procuravam) apenas diziam q eu devia fazer a obra q Deus cuidava do resto. E minha saida provocou algumas reações contrarias, fui taxada de caída e ainda não sei se a senhora vai permitir ficar na kitinet alugada, pois ela já percebeu q eu saí. Mas teve irmãos q não se chatearam, apenas disseram pra eu não sair da presença do Senhor.

Hj, depois de voltar para minha antiga denominação, acompanho de longe o desmoronar do palacio da rainha desfigurada. De vez em quando algum irmão de lá me procura e me dá razão. E entendem o pq de tantos posts falando da verdadeira e sã doutrina q está na Biblia, do jeito q está escrito.

Agradeço a todos pela paciencia de ler minhas muitas palavras.

CV, sempre q posso, divulgo o blog. É um oasis no deserto.

A todos, A paz do Senhor Jesus.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/06/discriminacao-e-preconceitos/#comment-13543

icm doutrinas e heresias da igreja maranata

icm doutrinas e heresias da igreja maranata

CV, vou te contar uma história…

Fui membro da Maranata por apenas 4 anos e ultimamente ainda estou frequentando em apoio à minha esposa, que enfraqueceu muito depois do que eu fiz na igreja. Ela e a sua família são Maranatas.

Como eu vim da Assembléia de Deus, onde nasci e fui criado, não aceito qualquer ensino sem um boa base bíblica para me convencer. Portanto, passei todo esse tempo tentando achar uma forma de servir a Deus na Maranata sem praticar as heresias que ela pregava. Mas cheguei à conclusão que era impossível. Não tem como exercer qualquer atividade interna sem bibliomancia e falsos dons.

Eu era membro da igreja de Vista Alegre, do pastor Sérgio Novo. No início tive um bom relacionamento com o Pr. Sérgio. Acho que isso foi providencial, pois pude ver e ouvir dele mesmo aquilo que foi formando a minha opinião. Assim, não tenho porquê me basear em coisas ditas por outras pessoas. Eu vi na prática! Este pastor chegou a me relatar que tinha problemas com grande parte de sua família, mas ele os abandonara por completo “pois agora a sua família era a Maranata”. E ainda me falou isto se fazendo de exemplo para mim, para o caso de eu passar o mesmo. Também ouvi coisas como “se Paulo viesse à terra hoje, ele seria Maranata”. Era cada absurdo!

Não tenho nada contra as pessoas. Apesar de ter ouvido algumas histórias absurdas sobre a vida profissional do Pr. Sérgio, as quais eram contadas em tom de orgulho por alguns irmãos, acredito que ele não é uma pessoa má e não tenho nada contra a sua pessoa. Não é meu intuito difamar ninguém. Mas tenho muito contra esta seita chamada Maranata.

Continuando, acabei por não suportar tanta heresia e surpreendi a todos ao explanar meus argumentos em uma escola dominical (na verdade não é escola dominical, é xatélite). Não satisfeito, ainda enviei um e-mail enorme (quase um tratado) refutando todas as heresias da igreja e fiz questão de enviar para os membros mais ativos da igreja e para o ungido (Ernesto). Já sabe o que aconteceu: virei “persona non grata”. Acredito que fui muito odiado, mas também fui temido. Só pode ser medo o que eu causei naquele povo, pois inclusive o Pr. Sérgio me evitava até o olhar. E eu ansioso por ter uma conversa com ele, saber o que ele achava dos meus argumentos! Quão inocente fui!

Abro aqui um parênteses em favor do Ernesto, o ungido. Ele foi a pessoa mais simpática e amável que conheci naquela igreja. E quando conversei com ele senti o quanto ele estava triste pelo meu ato. Ele inclusive chorou. Foi a única coisa da qual me arrependi amargamente. Eu não sabia que ia magoá-lo tanto. Devemos sempre lembrar que as pessoas criam vínculos com as entidades. Chega a ser engraçado uma igreja que diz combater a religiosidade, mas seus membros são religiosos xiitas. Mas de qualquer maneira é preciso ter muito cuidado quando atacamos um ensino ou doutrina para não ferir as pessoas.

Espero em breve poder levar minha família de volta à Palavra pura e simples, longe de tantas heresias. Mas é um processo muito lento e delicado. ACONSELHO a todos que podem, que se desliguem o mais rápido possível dessa seita. NÃO TENTEM MUDAR NADA, pois não vai mudar! Vocês só vão se ferir e ferir outras pessoas. Os Manaains já fizeram toda a lavagem cerebral necessária para bloquear qualquer questionamento. Deixe que o Espírito Santo os convença. Ninguém é inocente. Todos tem o dever de procurar a verdade. Uma hora eles vão ter que sair do conforto e refletir sobre o que está acontecendo.

A Paz do Senhor à todos.

PS: gostaria de saber se já tem alguma igreja no RJ, fundada por ex-membros da Maranata. Gostaria de conhecer outros retirantes e também contribuir para o crescimento do verdadeiro evangelho. Se alguém souber, por favor me avise.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/11/muita-coisa-esta-errada-dentro-desta-igreja/#comment-49232

me desesperei…. quero fugir do ninho e não sei como

A face do Mal! Como acordar de madrugada com a arma de fogo encostada na cabeça. Desmaio da alma e tremer da voz.

Angústias e espantos. Máquina de pânico de dia e à noite sonhos de terror: assim é o poder camaleônico.  O olhar atento nos mostra o PADRÃO: a enganação formata icemitas e destes formatados nascem os obreiros nos moldes da ideologia de OBRA; pouco mais de menos e alguns formatados no rol dos ungidos à espreita de serem levantados à nobre posição de emissários do palácio da rainha desfigurada. (Dia desses foram centenas no carrocel chegou nossa vez.)

Na cega obediência ao eclesiasticismo monárquico pseudocarismático (gedeltismo) mergulham-se homens movidos a meias verdades eparanóias policromáticas. Mulheres e crianças chorando a distância dos maridos presos em reuniões de formatação e angústia dançante de OBRA! OBRA! OBRA!

Não existe amor pelas almas. Não existe piedade nem transparência. Nessa esteira de dores e tormentos centenas, melhor dizendo, milhares de profetadas e revelagens encurralam as ovelhas no beco sem saída. Nos rostos das crianças a ausência dos pais.

O povo está massacrado.

Os mais dolorosos apelos nos chegam.

Os rostos coram de vergonha enquanto Vitória nos comove (hoje, às 09:20):

“preciso desabafar. escrevo este meu relato debaixo de uma angustia q ta me matando. estou morta por dentro. sabado tivemos ceia, o culto muito bem maquiado, eu estava tocando instrumento em total agonia, agonia por nao sentir a presença do senhor agonia, por achar tudo aquilo uma grande mentira, tantas palavras vazias, tantos atos desnecessarios, hinos muito bem cantados, mas so isso, para aparecer p o homem.
entao resolvi olhar para tras e o que vi…. no banco das crianças meus filhos de 9 e 7 anos. atras de mim, minha filha de 14 anos uma adolecente dedicada, pura sem maldade nenhuma, e deitada do meu lado minha filhinha de 6 meses de vida, e no meio do circo, meu marido que e obreiro.
me desesperei, o que faço? como sair deste ninho? eu estou tao cansada de ter brigas interminaveis, por causa da “obra” de ser apedrejada dentro da minha casa; de dormir no quarto das crianças por estar com muito odio do meu marido por ele nao me entender. estou cansada de sentir este vazio no coraçao.
ja ouvi a palavra divorcio por nao entender a “obra” olha mulher se vc cair e se tornar uma “caida” vc vai levar os meninos junto. e deus vai pedir para vc conta da alma das crianças….. ouço isso milhares de vezes.
to perdendo minha fe, estou a beira do ateismo, estou numa sociedade que todos sao icm roxos eestou morta por dentro, a magoa, a solidao a raiva, ja passaram das proporçoes de ser. quero sair mas nao tenho para onde ir sem se perseguida ou perder minha familia de vez.
olha irmaos isto tem sido feito com centenas de familias, quantos lares divididos, vivendo de aparencia como o meu, na igreja tudo lindo, mas em casa um inferno e no meio, os filhos. imagine o que sera de muitos filhos que no futuro odiarao o evangelho por verem seus pais num ringue de luta por causa do mesmo evangelho, diga-se de passagem da icm bem falido e vazio. ja imaginaram quantos jovens no futuro odiarao a biblia pelos mesmos motivos que meus filhos. por causa de lares divididos pela “obra” maravilhosa. espero que deus tenha misericordia da minha casa.”

Vitória

Acabei de ler o seu relato. Centenas de lares estão destruídos nesta ICM-Obra de enganação. Dói no fundo do coração. Os meia-solas cooperam com maldições, profetadas e revelagens.

Amada irmã, ai dentro de seu coração de crente em Jesus ecoou uma palavra de esperança: VITÓRIA!!! E assim V. se apresentou aqui. Determine a destruição desses poderes que querem dividir sua casa. Fale isso BEM ALTO.

Em nome de Jesus digo: NENHUMA MALDIÇÃO ALCANÇARÁ SUA FAMÍLIA.

Esses pequeninos que estão sob seus cuidados, antes de tudo, já estão sob os cuidados do Pai Celestial e o Espírito de Cristo Jesus os apacentará, como o bom pastor que dá a vida pelas ovelhas.

Haja paz em sua casa. Perdoe o seu marido. Ele não consegue entender que um espírito de obstinação tomou conta da liderança de ICM e aqueles que obedecem às ordens do chefe religioso estão cegos e empanzinados de pão bolorento.

O meu olhar para a “igreja de Deus…corpo de Cristo” deixei escrito em artigo. 

O olhar caolho do construtor de heresias engana e instiga o mal.

Portanto, esta é a ATITUDE neste caso: DETERMINE O LIVRAMENTO! Sim! Exatamente isto. O livramento vem!

CV.

Percebendo que a angústia de Vitória promoveria o acelerar de orações e respostas, resolvi reunir este material em um artigo, na seqüência das postagens que foram chegando.

Sei que o PROTESTO de Vitória não foi em vão e não ficará esquecido entre as mais de 4.000 postagens no acerto deste SITE.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/05/me-desesperei-quero-fugir-do-ninho-e-nao-sei-como/

CORPO PRESENTE, ESPÍRITO AUSENTE, ALMA DOENTE!
Espero em Deus que os irmãos com discernimento saiam para viver uma vida plena, sem a opressão humana, na presença de Jesus. Cada dia que passa os absurdos aumentam e vejo os irmãos como zumbis, perdidos, verdadeiros mortos-vivos de uma seita que engana as pessoas e continua enriquecendo a sua cúpula.
As organizações maranata possuem 8 contas bancárias abarrotadas de milhões de reais. É tanto dinheiro que nem eles sabem o total. Trata-se de uma fonte inesgotável, uma verdadeira galinha dos ovos de ouro.
Enquanto isso, o povo sofre calado, sem pedir prestação de contas, com medo de ser excomungado e amaldiçoado pela cúpula. Isso é próprio de quem não tem o Espírito Santo, o qual transmite paz, alegria, bondade, amor, perdão e misericórdia.
Lá tem sido pregado o deus carrasco, sanguessuga, exigente, ditador, que requer madrugada, culto ao meio-dia, vigílias, reuniões intermináveis para que as pessoas não pensem e vivam aflitas com medo de ir para o inferno.
É hora, irmãos, de pensar no que você está fazendo com sua vida. Pare um pouco e analise a situação:
-Por que tantas pessoas estão tristes?
-Por que tantas pessoas firmes, valentes e honestas saíram?
-Por que não fazem uma prestação das contas, onde é investida a fortuna arrecadada?
-Por que cobrar dinheiro de seminário, flores, vaquinhas intermináveis, se existe o dízimo para isso?
– Por que tanta arrecadação de dinheiro se tudo vai ficar aqui?
– Com que dinheiro foi pago o advogado criminalista contratado? Dos dízimos?
– Por que a igreja tem tantos processos judiciais?
– Se existe liberdade religiosa no Brasil, qual o motivo de tantos inimigos da chamada “obra”, posto ser crime a discriminação religiosa?
– Quem são estes inimigos? As igrejas atacadas pela icm durante 40 anos? Será?
Na realidade os “inimigos” (o Ministério Público, a Justiça, a Polícia e a Receita Federal) não podem ser chamados de inimigos. São eles que mantem a ordem no país. E não são “inimigos” da igreja e sim de uma quadrilha que usou e abusou do evangelho para se enriquecer e hoje estão sendo justamente processados.
Pensem nisso, irmãos e tomem uma decisão: é muito melhor a abstinência da droga (que um dia passa) do que o uso continuado que leva à morte.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/03/fabrica-de-meia-solas/

O povo brasileiro vai suportar até quando, corrupção e injustiça o POVO pede socorro. Não bastava os politicos, aparece os que se dizem servos de Deus metem a mão no meu e no de muitos e fica por isso mesmo… Tenho uma vida dedicada a essa igreja, vivi todo tipo de experiência converção, batismo, instrumentalidade,casamento,nascimento dos meus dois filhos, separação e divorcio e me mantenho firme e convicto na minha fé. Casei novamente e foi mais uma grande experiência com Deus.

Sempre me dediquei e sempre tive uma interrogação e duvidas a respeito de muitas coisas, nunca fui formatado. Lembro do dia, era obreiro desempregado
por causa do vencimento do dizmo fui para banco. (éra um pastor bem arrogante hoje nem mais na igreja esta, Deus tem cuidado dele.)

E de tudo eu vi com esses olhos que a terra a de comer e continuo vendo, um povo formatado tipo de muito dos brasileiros que não busca seus direitos. Operação da mentira deslavada que lava a cabeça de muitos. Porém a justiça de Deus tarda mas não falha!

Parabéns C.V e agradeço pela oportunidade

Paz

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/03/estelionato-religioso/

serrano-es, estou numa situação parecida com a sua. Talvez pior. Pastores da minha área cometem assédio moral. Soube a poucas semanas de um caso de um diácono que veio de Vila Velha para “assistir” as nossas igrejas e mandou e-mail para várias irmãs com cantadas e assédio moral. Por ser um cara muito ligado a GG abafaram o caso e quem estava com as provas na mão foi ameaçado com banco. Conselho: não se precipite. Leia João 9 e você vai entender. Medite procundamente em Mateus 11:25 e entenderás o que está acontecendo. Meu irmão, existem no meio evangélico falsos mestres e falsos seguidores de Cristo Pesssoas que querem servir a pastores, estão na igreja não pelo reino mas por amizade, amam mais a glória dos homens do que a glória de Deus(João 12:43). Cuidado ao falar. Por que você não conhece (como Jesus) o coração e a intenção das pessoas, seus reais objetivos. Ore por elas, conte o que você sabe, mas jamais a pressione. Sair é uma decisão pessoal. Tem cego que quer continuar cego (“que queres que eu te faça ?”). Para algumas pessoas não basta informação, é necessário uma libertação dessa seita. Ore, zele pela sua família. Espere no Senhor(Sl. 40:1), não se espante com perseguições (Mateus 5:10). Importa que haja heresias (I cor.11:19). Meu irmão, o sincero vai sair. É dura, sofrida, traumática a saída. Permanecer, no meu caso, será ainda pior. Ore pelos que ainda resistem. Cada um tem um tempo para assimilar as coisas, lembre-se sempre: “o homem natural não compreende as coisas do espírito de Deus…” Amado, não podemos deixar a ansiedade nos abater (Pv. 12:25) mas nos alegrarmos por termos o conhecimento e o entendimento aberto pela palavra de Deus. Minha preocupação hoje não é com o que os outros vão dizer, mas com minha esposa, se ela vai se adaptar num outro local após 32 anos de oooooobra, com minha filha menor. Oremos, jejuemos, não deixando jamais de anunciar o evangelho verdadeiro (luc. 20:1,Atos 16:10), afinal, para isso fomos chamados. Venceremos!!!!

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/03/estelionato-religioso/