Posts com Tag ‘processo maranata’

Tribunal de Justiça mantém denúncia contra membros da cúpula da Maranata

E esses homens que se apresentam como representantes do próprio Espírito Santo (somente esta mentira anti-bíblica já deveria alertar todos os seguidores de Jesus Cristo… Espíritos Santo em homens que representam Deus, está mais para macumba do que para seguidores de Jesus) mas voltando ao assunto… esses homens macumbeiros são culpados de crimes BEM PIORES que o Ministério Público do Espirito Santo acusa!! Sangue de inocentes que nem sabem da existência desta seita diabólica chamada de “Igreja cristã maranata” foi derramado! Derramado com ajuda do dízimo, do serviço “voluntário” e com a presença dentro desses templos do anti-cristo!

Oremos por essas almas perdidas entregas a satanás – ao senhor dessa obra!

E para os senhores e senhoras políticos que nesta hora estão caçando votos com o curral eleitoral da seita maranata como: deputada rosinha de adefal,  deputado Hely Tarqüínio, candidato a deputado federal João Almeida e outros, muitos outros, vai um recado:

PAREM DE USAR NOSSA FÉ COMO FERRAMENTA DE GANHAR VOTOS!

Sobretudo procurando voto numa seita criminosa!! Essa gente já sofre DEMAIS!!

ESTAMOS DE OLHO em vocês! Com cada voto ganho em cima desta seita perderão DOIS

Revista Fui!.page09

16/07/2014 – 20h13 – Atualizado em 16/07/2014 – 20h44

Eles foram responsáveis, segundo os promotores que assinam a denúncia, por crimes de estelionato, falsidade ideológica e outras fraudes

A denúncia feita pelo Ministério Público Estadual contra mais de 20 pessoas ligadas à cúpula da Igreja Maranata foi mantida pelo Tribunal de Justiça. A decisão foi unânime entre os desembargadores que compõem a Segunda Câmara Criminal.

O recurso feito pela defesa dos acusados havia sido apresentado após o juizado da 8ª Vara Criminal de Vitória ter aceitado a denúncia, dando início a ação penal. O Ministério Público aponta que os membros da cúpula da igreja integram uma organização criminosa especializada.

Eles foram responsáveis, segundo os promotores que assinam a denúncia, por crimes de estelionato, falsidade ideológica e outras fraudes, além dos crimes de descaminho, tráfico de influência, formação de quadrilha, enriquecimento ilícito, lavagem de dinheiro, crimes contra a fé pública e a ordem tributária.

“Aproveitaram-se da imunidade tributária garantida aos templos de qualquer culto para ludibriarem fiéis e devotos mediante variadas fraudes visando desviar numerários oferecidos para finalidades ligadas à Igreja em proveito próprio e de terceiros, pessoas físicas e jurídicas vinculadas à quadrilha”, diz o texto da denúncia.

As investigações feitas pelos promotores relatadas na denúncia apontam que doações, dízimo e contribuições oferecidos à Maranata eram utilizados por determinados membros para investimento em bens e vantagens particulares. O rombo causado aos cofres da igreja chegou a a cifra de R$ 24.823.688,19.

Para o relator do recurso feito à Segunda Câmara Criminal, desembargador substituto Fernando Estevam Bravin Ruy, “a decisão de recebimento da denúncia encontra-se devidamente fundamentada”, destacou.

Bravin, acrescentou ainda que “os fatos em destaque na denúncia são de extrema complexidade, uma vez que, além de se relacionarem a diversas pessoas que integravam as mais variadas hierarquias e funções dentro da Maranata, dizem respeito à utilização da própria atividade religiosa como enredo para a prática de crimes patrimoniais, tributários e contra a fé pública”, disse em seu voto como relator.

Ele foi acompanhado em sua decisão pelo desembargador Adalto Dias Tristão e pelo desembargador substituto Getúlio Marcos Pereira Neves.

O advogado dos denunciados não foi localizado ontem para comentar a decisão.

http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2014/07/noticias/cidades/1492526-tribunal-de-justica-mantem-denuncia-contra-membros-da-cupula-da-maranata.html

Anúncios

A seita se prepara para o “marco civil” com mais um processo contra facebook e outros para amedrontar os irmãos e calar quem fala a verdade sobre esta seita satânica maGGavilhosa

maranata - segurem-se - o presbitério representado por daniel moreira processa o mundo livre

maranata – a seita que tenta calar com o dízimo dos seus escravos a quem fala a verdade

Novo Processo contra o Google, Facebook, Yahoo e outros

 
Processo : 0037577-24.2012.8.08.0024 Situação : ATIVO
Ação : Apelação Data de Ajuizamento: 20/01/2014
Órgão Atual : TERCEIRA CÂMARA CÍVEL
Data de Distribuição : 20/01/2014 08:52
Partes do Processo
REQUERIDO
FACEBOOK SERVICOS ONLINE DO BRASIL LTDA
ADVOGADO: 138436-SP CELSO DE FARIA MONTEIRO
GOOGLE BRASIL INTERNET LTDA
ADVOGADO: 18361-ES MAYARA BORGES PEREIRA
REQUERENTE
IGREJA CRISTA MARANATA PRESBITERIO ESPIRITO SANTENSE
ADVOGADO: 32557-PR WILLIAM MOREIRA CASTILHO
REQUERIDO
NET SERVIÇOS COMUNICAÇOES SA
ADVOGADO: 15718-ES SIMONE VIZANI
NETSCAPE COMMUNICATIONS DO BRASIL LTDA
ADVOGADO: 999998-ES INEXISTENTE
YAHOO! DO BRASIL INTERNET LTDA
ADVOGADO: 999998-ES INEXISTENTE
Andamentos
  Data   Andamento   Observação
 20/01/2014   Processo Distribuído   Distribuição Automática

Fonte:http://aplicativos.tjes.jus.br/sistemaspublicos/consulta_andamento_eprocees/desc_proces_ep.cfm

NEGADO HC PARA O PAPA DA OBRA, MAIS UMA NEGATIVA

Advogado de gedelti, Homero Mafra, desiste

Advogado de gedelti, Homero Mafra, desiste

O papa da obra perdeu mais uma .
Peticionou um habeas corpus para ele com vários advogados inclusive um do DF e se deu mal.

FOI NEGADO!

http://aplicativos.tjes.jus.br/consultaunificada/faces/pages/pesquisaSimplificada.xhtml

Processo: 0027810-97.2013.8.08.0000

Processo: 0027810-97.2013.8.08.0000 Petição Inicial: 201301582437 Situação: Ativo
Órgão Julgador: SEGUNDA CÂMARA CRIMINAL Órgão Atual: SEGUNDA CÂMARA CRIMINAL
Processo de Origem: 024120409669 Vara de Origem: TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESPÍRITO SANTO
Data da Distribuição: 28/11/2013 13:43 Motivo da Distribuição: Distribuição por Dependência
Ação: Habeas Corpus Data de Ajuizamento: 28/11/2013
Assunto principal: DIREITO PENAL

Assuntos secundários

DIREITO PROCESSUAL PENAL – Investigação Penal – Quebra do Sigilo Telefônico

Partes do Processo

Ativa
GEDELTI VICTALINO TEIXEIRA GUEIROS
CONCEICAO APARECIDA GIORI – 14070/ES

FABRICIO DE OLIVEIRA CAMPOS – 10328/ES

JOAQUIM PEDRO DE MEDEIROS RODRIGUES – 24638/DF

MARCELY RIBEIRO DE ARAUJO – 13200/ES
Passiva
JUIZ DE DIREITO DA 8ª VARA CRIMINAL DE VITÓRIA – ES

Andamentos do Processo

02/04/2014 JULGADO NA SESSAO DO DIA
“À unanimidade denegar a ordem, nos termos do voto do Eminente Relator”.

02/04/2014 EM PAUTA NA SESSÃO DE JULGAMENTO

27/03/2014 REMESSA PARA
SEGUNDA CÂMARA CRIMINAL (Recebido em 27/03/2014) COM 1 VOLUME(S).

11/03/2014 PETICAO JUNTADA AOS AUTOS
REQUER PROVIDÊNCIAS. JUNTADA REALIZADA NO GABINETE DO RELATOR.

10/03/2014 PETIÇÃO PROTOCOLADA
OAB ES 14070 REQUER O ADIAMENTO DE JULGAMENTO Petição sem guia de pagamento vinculada.

19/02/2014 PETIÇÃO PROTOCOLADA
INFORMAÇÕES OAB ES 13200 Petição sem guia de pagamento vinculada.

19/02/2014 REMESSA PARA
GAB. DESEMB – JOSÉ LUIZ BARRETO VIVAS (Recebido em 20/02/2014) COM 1 VOLUMES.

19/02/2014 PETICAO JUNTADA AOS AUTOS
REQUER PROVIDÊNCIAS

06/02/2014 AUTOS AGUARDANDO INFORMACAO AUTORIDADE COATORA

06/02/2014 EXPEDIDO OFICIO AUT. COATORA PRESTAR INFORMACAO

04/02/2014 REMESSA PARA
SEGUNDA CÂMARA CRIMINAL (Recebido em 06/02/2014) COM 1 VOLUMES.

28/01/2014 INTIMACAO PUBLICADA NO DIARIO OFICIAL DA JUSTICA

28/01/2014 REMESSA PARA
GAB. DESEMB – JOSÉ LUIZ BARRETO VIVAS (Recebido em 29/01/2014) COM 1 VOLUMES.

28/01/2014 REMESSA PARA
SEGUNDA CÂMARA CRIMINAL (Recebido em 28/01/2014)

27/01/2014 INTIMAÇÃO DISPONIBILIZADA NO DIÁRIO DA JUSTIÇA
POR ORA DEIXEI DE CERTIFICAR NOS AUTOS, POIS ESTE ESTÃO COM REMESSA À PROCURADORIA

20/01/2014 REMESSA PARA
PROCURADORIA GERAL DA JUSTIÇA (Recebido em 20/01/2014) PARA PARECER

20/01/2014 AUTOS AGUARDANDO PUBLICACAO DE INTIMACAO

20/01/2014 JUNTADAS INFORMACOES PRESTADAS PELA AUT. COATORA
INFORMAÇÕES ORIGINAIS

17/01/2014 AUTOS AGUARDANDO PUBLICACAO DE INTIMACAO

17/01/2014 INDEFERINDO A MEDIDA LIMINAR

16/01/2014 REMESSA PARA
SEGUNDA CÂMARA CRIMINAL (Recebido em 17/01/2014) COM 1 VOLUMES.

13/01/2014 AUTOS AGUARDANDO INFORMACAO AUTORIDADE COATORA

13/01/2014 PETICAO JUNTADA AOS AUTOS
SUBSTABELECIMENTO

13/01/2014 REMESSA PARA
GAB. DESEMB – JOSÉ LUIZ BARRETO VIVAS (Recebido em 14/01/2014) COM 1 VOLUMES.

13/01/2014 JUNTADAS INFORMACOES PRESTADAS PELA AUT. COATORA
INFORMAÇÕES

09/01/2014 PETIÇÃO PROTOCOLADA
JUNTADA DE SUBSTABELECIMENTO. Petição sem guia de pagamento vinculada.

07/01/2014 AUTOS AGUARDANDO INFORMACAO AUTORIDADE COATORA

07/01/2014 REITERAR OFICIO
OFICIO 27/2014

13/12/2013 AUTOS AGUARDANDO INFORMACAO AUTORIDADE COATORA

13/12/2013 EXPEDIDO OFICIO AUT. COATORA PRESTAR INFORMACAO
OF 2117/2013

13/12/2013 CERTIFICO QUE
os autos originários foram remetidos à 8ª Vara Criminal de Vitória conforme as informações prestadas às fls. 97.

13/12/2013 JUNTADAS INFORMACOES PRESTADAS PELA AUT. COATORA
INFORMAÇÕES SOBRE ALTERAÇÃO DE AUTORIDADE COATORA PARA O JUIZ DE DIREITO DA 8ª VARA CRIMINAL DE VITÓRIA

02/12/2013 AUTOS AGUARDANDO INFORMACAO AUTORIDADE COATORA

02/12/2013 EXPEDIDO OFICIO AUT. COATORA PRESTAR INFORMACAO

02/12/2013 REMESSA PARA
SEGUNDA CÂMARA CRIMINAL (Recebido em 02/12/2013) COM 1 VOLUMES.

28/11/2013 REMESSA PARA
GAB. DESEMB – JOSÉ LUIZ BARRETO VIVAS (Recebido em 29/11/2013) COM 1 VOLUME E 1 COPIA.

28/11/2013 PROCESSO CADASTRADO NA DISTRIBUICAO
Protocolo nº 201301582437 : Recurso Cadastrado SEM guia(s) de pagamento de Custas.

28/11/2013 Distribuição por Dependência

fonte: http://cavaleiradaverdade.wordpress.com/2014/04/04/negado-hc-para-o-papa-da-obra-mais-uma-negativa/

Enviado em 07/08/2013 as 11:10

A. Marques disse:

Esses pastores covardes da maranata com cargo politico ou jurídico usam de seus poderes concedidos pela sociedade Brasileira para coagirem promotores do Ministério Público assim como usam de seus cargos revelados pelo VPC para coagirem servos de Deus dentro dos templos do VPC!

Citando o MPES:

… “Como se vê, a rede de influência de GEDELTI e por conseguinte, da quadrilha por ele liderada é dotada de alta permeabilidade nos mais altos escalões da República”…

…”Cite-se como exemplo, o caso de um Pastor Maranata que vem a ser Promotor de Justiça do Ministério Público de Minas Gerais, o qual procedeu a diversas investidas contra o Promotor de Justiça capixaba e a Juíza da Central de Inquéritos, sendo certo que foi ao gabinete, para acintosamente afrontá-la e coagi-la.

Este mesmo membro do Ministério Público Mineiro chegou a afirmar que declarou “guerra” a Promotor do Espírito Santo. Afirmou, também, ter contratado um grande escritório de Brasilia para processar o Promotor e este se sentir acuado, como de fato ocorreu com o ajuizamento de indenização por danos morais tombada sob o número 0005670-94.2013.8.08.0024, em trâmite junto à 10ª Vara Civel de Vitória, da qual houve covarde desistência. Também houve a deflagração de uma representação no âmbito do Conselho Nacional do Ministério Público, indevidamente publicizada na mídia por advogada que atua no caso, pois tramitava sob sigilo.” …

https://obramaranatarevelada.wordpress.com/2013/08/07/icm-esses-pastores-covardes-da-maranata-com-cargo-politico-ou-juridico-usam-de-seus-poderes-concedidos-pela-sociedade-brasileira-para-coagirem-promotores-do-ministerio-publico-assim-como-usam-de-seu/
.
.
É a decadência, a esbórnia, a zombaria.

O gedeltismo encurralou a membresia neste BECO SEM SAIDA.

Processo : 0005670-94.2013.8.08.0024 Petição Inicial : 201300192977 Situação : Tramitando
Ação : Procedimento Ordinário Natureza : Cível Data de Ajuizamento: 22/02/2013
Vara: VITÓRIA – 10ª VARA CÍVEL

Distribuição
Data : 22/02/2013 10:30 Motivo : Distribuição por sorteio

Partes do Processo
Requerente
IGREJA CRISTA MARANATA – PRESBITERIO ESPIRITO SANTENSE
5879/ES – GUSTAVO VARELLA CABRAL
Requerido
LIDSON FAUSTO DA SILVA0>

Juiz: MARCELO PIMENTEL

Sentença

ESTADO DO ESPÍRITO SANTO
PODER JUDICIÁRIO
VITÓRIA – 10ª VARA CÍVEL

SENTENÇA
sem resolução do mérito
extinção – desistência

PROCESSO Nº 0005670-94.2013.8.08.0024
AÇÃO : Procedimento Ordinário
Requerente: IGREJA CRISTA MARANATA – PRESBITERIO ESPIRITO SANTENSE
Requerido: LIDSON FAUSTO DA SILVA

Verifico que consta dos autos o pedido de desistência do feito e que a parte requerida sequer foi citada. Ante o exposto, e sendo prescindível a anuência da parte requerida face a não citação da mesma, JULGO EXTINTO O PROCESSO SEM RESOLUÇÃO DO MÉRITO na forma do art. 267, VIII, para os fins previstos no art. 158, parágrafo único, ambos do CPC. Custas pela parte requerente. P.R.I.

DILIGÊNCIAS PARA O CARTÓRIO APÓS O TRÂNSITO EM JULGADO:
a) CERTIFIQUE-SE o trânsito;
b) Encaminhar os autos para a CONTADORIA para o cálculo das custas;
c) Havendo custas, INTIME(M)-SE o(s) devedor(es) por carta AR, para o pagamento no prazo de 10 (dez) dias, sob pena de inscrição em Dívida Ativa da Secretaria do Estado da Fazenda;
d) Não realizado o pagamento, CERTIFIQUE-SE e OFICIE-SE o Serviço de Dívida Ativa da Secretaria do Estado da Fazenda;
e) Cumpridas as diligências, ARQUIVE-SE com as cautelas de estilo.

Vitória-ES, 25/03/2013.
MARCELO PIMENTEL
JUIZ DE DIREITO

Dispositivo
Verifico que consta dos autos o pedido de desistência do feito e que a parte requerida sequer foi citada. Ante o exposto, e sendo prescindível a anuência da parte requerida face a não citação da mesma, JULGO EXTINTO O PROCESSO SEM RESOLUÇÃO DO MÉRITO na forma do art. 267, VIII, para os fins previstos no art. 158, parágrafo único, ambos do CPC. Custas pela parte requerente. P.R.I.

CV.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/02/fabrica-de-demandas-judiciais/#comment-11274

a obra é rica – especializada em queimar dízimo para processos ridículos – enquanto isso os contribuintes ficam fazendo vaquinhas – mais vale usar o dízimo para coagir e ameaçar do que ajudar e fazer a obra de Deus.

Mas isso já é conhecido – não existe UM único projeto social financiado com o dízimo – todos que são ou foram apresentados somente serviram para desviar verba – ou da igreja ou dos cofres públicos.

a obra de queimar dízimo

a obra de queimar dízimo

processo investigatório criminal contra a Igreja Cristã Maranata

Imagem

Vergonhoso uma Igreja que se dizia diferente de todas, a obra filha única vinda da eternidade, a obra dos últimos tempos ser investigada por um Grupo  Especial de atuação ao crime organizado. GAECO.

 

Imagem

Aqui falam que a cúpula aproveitou da imunidade Tributária para ludibriar os fiéis, desviando dinheiro dos dízimos para benefícios próprio ou de terceiros.

 

Imagem

Devido a falta de transparência dos Lideres e da cúpula mercenária ninguém ficou sabendo que eles estavam sendo investigados pelos supostos crimes, mas essa investigação ja tinha iniciado  muito antes do escândalo estourar e tentaram abafar como puderam mas não houve jeito.

 

Imagem

Aqui a cúpula ja queria segredo de justiça, lógico enganar os membros.

 

 

ImagemImagemImagem

Imagem

Imagem

Imagem

 

Imagem

 

 

 

 

ImagemImagem

 

 

 

Imagem

Imagem

 

 

 

Imagem

Imagem

Imagem

 

Imagem

 

ImagemImagem

 

 

 

Imagem

 

Ai vemos a piramide muito bem desenhada para mostrar o esquema.

Imagem

Imagem

 

Imagem

É isso ai, acredite quem quiser ou tiver juízo.

CVa

http://cavaleiradaverdade.wordpress.com/2013/07/31/processo-investigatorio-criminal-contra-a-igreja-crista-maranata/

Essa quadrilha “homens de deus” é muito podre!

Por anos enganar milhares de SERVOS de DEUS

Mas DEUS está agindo e abrindo os olhos de seus SERVOS VERDADEIROS!

A quadrilha por décadas abusou com

“o sinhô revelou”

“o sinhô orientou”

e circular besta de mafiosos”

A hora da VERDADE chegou a quadrilha do dízimo que se enriqueceu com dízimo e trabalho de escravo dos SERVOS do SENHOR está sendo enquadrada pela justiça como:

Quadrilha ou bando (art. 288 do CPB)

Estelionato (art. 171 do CPB)

Apropriação indébita (art. 168 do CPB)

Duplicada simulada (art. 172 do CPB)

Segue o inicio da denuncia do Ministério Público do Estado do Espírito Santo contra a máfia da seita maranata:

MPES-0010001

MPES-0020001

MPES-0030001

MPES-0040001

 

igreja cristã maranata - sujeira debaixo do tapete

snapshop 51. A elite da Igreja Cristã Maranata está envolvida em ilícitos penais reclamando a espada da Lei. De relance, a Operação Duty Free, 2011, resultou em sentença condenatória para alguns membros da Maranata; a Operação Naufrágio anota o Evento pr. Júlio apontando a conduta daquele que correu atrás de interesses ilegítimos junto ao TJ-ES (ainda continua como interventor da Maranata); a Operação Entre Irmãos, 2012, que apura desvios de doações da Igreja Maranata, entrou nos escaninhos do palácio da rainha desfigurada, apreendeu computadores, dossiês e outras provas que serviram para a primeira DENÚNCIA oferecida pelo MP – ES contra 19 pessoas envolvidas em crimes de apropriação indébita, duplicada simulada, estelionato e formação de quadrilha.

Antigas denúncias do BLOG insistiam em apostasia e crimes na elite da ICM-PES, cuja implosão mostraria o poço de iniquidades. Então, A GAZETA – ES publicou a matéria Maranata: da fé à fraude. Não deu outra: diversos órgãos públicos foram envolvidos em investigações. As ações  do poder camaleônico fomentaram este poço de iniquidadesagora escancarado aos olhos da Sociedade. Este poço não tem fundo! Outras denúncias virão.

O desfile final de 10.03.2013 apenas exibiu a falência do governo monárquico e pseudocarismático. Enquanto desfilavam nenhum dos profetas de plantão percebeu o DECRETO DE PRISÃO deste a 6ª. feira, 08, às 23.55. Em menos de 48 horas quatro pastores da maranata foram presos. Os fatos mostram que o rei está nu. Elogios e máscaras não melhoram a opinião pública.

O GAECO do MP-ES em conjunto com a Polícia Federal começam a mostrar a extensão e profundidade do poço de iniquidades.  Pastores da Igreja Cristã Maranata são investigados pelo Ministério Público desde março de 2012. Homens honestos e mulheres sérias então reclamando atraso no impulso inicial que deveria ser dado pelo Juízo da 8ª. Vara Criminal a quem foi distribuída a ação penal incondicionada.  O desinteresse do magistrado está provocando a Sociedade.

More news later… on http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/05/snapshot-news/

Juiz Alexandre - uma vítima da seita maranata

Juiz Alexandre – uma vítima da seita maranata

Maranata: 19 denunciados por estelionato, formação de quadrilha e duplicata simulada

Fonte: A Gazeta

Pastores da Igreja Cristã Maranata – entre os quais o fundador da instituição e presidente do seu Conselho Presbiterial, Gedelti Victalino Teixeira Gueiros – estão entre 19 pessoas denunciadas à Justiça pelo Ministério Público Estadual por crimes de estelionato, formação de quadrilha e duplicata simulada. Elas teriam praticado desvio de dízimo da igreja, envolvendo uma movimentação financeira da ordem de R$ 24,8 milhões, segundo o próprio MPES.

Nove promotores integrantes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) assinam o pedido de abertura de ação penal pública contra os denunciados, que terão dez dias de prazo, a partir da citação judicial, para responder às acusações.

Exclusiva

A denúncia contra essas 19 pessoas é resultado de uma investigação divulgada por A GAZETA, com exclusividade, em fevereiro de 2012. Entre as 26 pessoas investigadas pelo Ministério Público, num trabalho que resultou a denúncia que acaba de chegar à Justiça, estão diáconos e pastores da Maranata.

Dos denunciados, três – entre os quais Gedelti Gueiros, o ex-vice-presidente Antônio Angelo Pereira dos Santos e o pastor Arlínio de Oliveira Rocha – são acusados de formação de quadrilha ou bando (Artigo 288 do Código Penal), estelionato majorado (Artigo 171, Parágrafo 3º) e apropriação indébita (Artigo 168) – ver quadro ao lado. Os mesmos artigos 288 e 171, do Código penal, são aplicados a outras dez pessoas, entre as quais o médico e pastor Amadeu Loureiro Lopes.

Já pelo Artigo 172 (emissão de duplicata simulada) foram denunciados um contabilista, um serralheiro, um eletricista e quatro empresários. No pedido de abertura da ação, o Ministério Público explica que apurações internas do próprio Presbitério da Igreja Cristã Maranata, visando a esclarecer “discrepância nos valores por ela pagos a prestadores de serviços e fornecedores de produtos”, subsidiaram a investigação.

“Negligentes”

O relatório conclusivo da comissão interna da igreja, que teria, só no Brasil, mais de 800 mil fiéis, apontou, em novembro de 2011, como “responsáveis e negligentes” Antônio Angelo Pereira dos Santos, Jarbas Duarte Filho, Cesar Fiem e Leonardo Alvarenga.

Numa ação movida na Justiça, com base nessa investigação interna, a instituição chegou a pedir ressarcimento de R$ 2,1 milhões, bem menos do que o Ministério Público garante ter sido movimentado no esquema executado pelo que o órgão define como uma “sofisticada organização criminosa” articulada por pastores com grande conceito na igreja.

Em março passado, quatro pastores chegaram a ficar presos, durante nove dias, acusados de coagir testemunhas que haviam prestado depoimento sobre o desvio. São eles Elson Pedro dos Reis – então presidente –, Amadeu Loureiro, Carlos Itamar Coelho Pimenta e Gedelti Gueiros.

Os denunciadosGedelti Victalino Teixeira Gueiros
Denunciado por estelionato, formação de quadrilha e apropriação indébita

Antônio Angelo Pereira dos Santos
Estelionato, formação de quadrilha e apropriação indébita

Arlínio de Oliveira Rocha
Estelionato, formação de quadrilha e apropriação indébita

Mário Luiz de Moraes
Estelionato e formação de quadrilha

Wallace Rozetti
Estelionato e formação de quadrilha

Amadeu Loureiro Lopes
Estelionato e formação de quadrilha

Antonio Carlos Peixoto
Estelionato e formação de quadrilha

Antonio Carlos Rodrigues de Oliveira
Estelionato e formação de quadrilha

Jarbas Duarte Filho
Estelionato e formação de quadrilha

Leonardo Meirelles de Alvarenga
Estelionato e formação de quadrilha

Carlos Itamar Coelho Pimenta
Estelionato e formação de quadrilha

Sérgio Carlos de Souza
Estelionato e formação de quadrilha

José Eloy Scabelo
Duplicata simulada

Ricardo Alvim Madela de Andrade
Duplicata simulada

Daniel Amorim de Oliveira
Duplicata simulada

Daniel Luiz Peter
Duplicata simulada

Paulo Pinto Cardoso Sobrinho
Duplicata simulada

Welllington Neves da Silva
Duplicata simulada

Urquisa Braga Neto
Duplicata simulada

Os artigos do Código Penal

Estelionato majorado
Art. 171: Obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento.
Parágrafo 3º da mesma lei:
A pena aumenta-se de um terço se o crime é cometido em detrimento de entidade de direito público ou de instituto de economia popular, assistência social ou beneficência

Apropriação indébita
Art. 168: Apropriar-se de coisa alheia móvel, de que tem a posse ou a detenção

Quadrilha ou bando
Art. 288: Associarem-se mais de três pessoas, em quadrilha ou bando, para o fim de cometer crimes

Duplicata simulada
Art. 172: Emitir fatura, duplicata ou nota de venda que não corresponda à mercadoria vendida, em quantidade ou qualidade, ou ao serviço prestado.

fonte: http://www.teixeiranews.com.br/news2/news.php?id=18079&sess=18

Contrataram 3 testemunhas falsas para denegrir a imagem de MM – a conta como sempre é paga com dízimo dos escravos da obra gedeltiana!

O objetivo: Enfraquecer o denunciante

maranata - contra fatos nao ha argumentos

maranata – contra fatos nao ha argumentos

Isso é Brasil – Corrupção

depois de esfriar a cabeça um pouco em virtude das fortes emoções
Me questionei da seguinte questão: Como pode o denunciante que sequer foi cogitado delação premiada, tendo em vista de não ter havido apurado ilícitos sobre o mesmo que justificasse tal situação, aparecer como indiciado?

na realidade o que o GG sempre quis era atacar a moral de MM por pura inveja
pois devido aos desvios do dizimo a debanda foi geral e buscaram apoio em igrejas de retirantes da obra gedeltiana.

MM foi uma figura importante nesse apoio aos retirantes!

O gedelpapa como fundador da igreja de gedelti como estava perdendo os membros e principalmente o faturamento em dízimo porque MM o entregou ao MP armou para ele (MM) ser denunciado também e inclusive arrumou testemunhas falsas com intuito de incriminá-lo ! Assim como o Presidente da OAB Homero Mafra não saiu do circuito nada! foi só uma jogado do tio patinhas, ele continua nos bastidores acompanhando tudo, e continua sendo pago também com o dízimo da igreja!!

A maneira que o Vértice da pirâmide arrumou para se defender é armando para o MM e com isso desviar o foco da investigação que é ele ele, mas como é um articulador e manipulador e conta com ajuda de chegados está achando que o povo é bobo e vai cair novamente no canto da sereia!

Até quando teremos que aguentar esse velho avarento manipulando as pessoas em? ATÉ QUANDO esse velho manipulador que promove a corrupção no estado do Espírito Santo sem respeito algum à população Brasileira e muito menos ao povo de Deus pode agir sem punição alguma? ATÉ QUANDO MP?

Depois do MP ter denunciado o Vértice da Pirâmide mas os laterais que o sustentam

A sociedade ficou feliz pois esperávamos essa denuncia!!

Mas agora nos gerou uma preocupação pois fiquei sabendo que a ação caiu na 8 vara criminal.

Segundo fiquei sabendo o juiz dessa vara é chegado a um cascalho!
espirito da maranata 2corintios11_14

espirito da maranata 2corintios11_14

E como a cúpula mercenária maramafia gosta de sair molhando a mão de quem é de fácil manipulação estamos de olho e MP deve também estar atento pois não queremos ver esse trabalho ter um desfecho desfavorável.
A estratégia do grande gedelpapa sempre foi criar alienados dentro das três forças que representam uma sociedade democrática. Ele tem amigos da obra na política, soldados fieis na/s policia/s – mas a maior e melhor blindagem da obra gedeltiana sempre foram os juízes… por isso a primeira ordem ao saber do processo do MP deve ter sido quem é o juiz da 8ª vara criminal? É cria minha? me deve algo?

Fiquem de olho aberto… enquanto os escravos da obra gedeltiana receberam a ordem de oração pela máfia icemita os irmãos em Cristo devem orar para esse juiz negar a oferta de Judas…

PAZ