Posts com Tag ‘dízimo’

Para quem dizia que não tinha o dedo do homem, hoje vemos que tinha sim a mão inteira!

fundador e dono da maranata - o VPC - vértice da pirâmide criminal

fundador e dono da maranata – o VPC – vértice da pirâmide criminal

Mensagem enviada inbox:

Hoje irei descrever agora como alguns privilegiados (principalmente pastores) ficam ricos na Igreja Cristã Maranata e de quebra mostrar como funciona o desvio de dinheiro.

O esquema é simples, a dificuldade está em conseguir fazer o primeiro negócio. Para isso você precisa cair nas graças da cúpula, seja a diretoria antiga, seja a atual ou até mesmo o Conselho Presbiteral, desde que seja alguém influente. Se cair nas graças do presidente pode ser até criminoso, não precisa ser pastor nem membro.

Eu não consegui localizar um link de um cupincha do presidente preso por roubar energia elétrica de um vizinho na praia da costa.
Detalhe muito importante: ele fez um gato para um imóvel da ICM. Carinhosamente chamado pelos colaboradas de Antonio Giboia, gosta de se apresentar como sendo enviado do presidente. Fatura uma grana alta prestando serviços para o PES quebrando pedra nesse terreno da ICM na Praia da Costa que ele fez o gato, ao lado do Centro de Reabilitação Física do Espírito Santo (CREFES). O link que trazia esse indivíduo no jornal sendo preso já foi postado na internet, então, talvez alguém ainda tenha esse link.

Então, o primeiro objetivo a ser alcançado é ser um fornecedor da ICM. Se for de serviços como construção de igrejas, calçada cidadã, manutenções ou reformas em geral, é melhor e mais fácil de se atingir os seus objetivos.

Como ser um fornecedor da ICM? Se for membro, principalmente pastor e alegar que está em dificuldades financeiras, já é meio caminho andado. Se ficar babando ovo ou puxando saco de algum pastor influente, também vale. Mas a frase “esse fornecedor é um irmão nosso” tem um peso impressionante, supera preço e qualidade do serviço.

Agora vocês entendem por que um pastor como Peixoto conseguiu ficar rico vendendo seguros. Tinha tudo isso além de fazer parte da diretoria. Agora teve que dividir o bolo, ou seja, tem outros pastores negociando seguro no PES sem apresentar proposta para concorrer com outros representantes de seguros. Dá-lhe Ministério Público. Está voltando tudo de novo.

Continuando, se você conseguiu ser um fornecedor quer dizer que o serviço que você vai prestar também já está garantido. Vão começar com serviços de pequeno valor, e vão subindo à medida que você baba ovo do seu protetor, faz alguns agrados e também reclama que o que ganha prestando serviços a ICM não lhe rende nada. Fique sabendo que se você faz algum agrado ao seu protetor, ou seja, algum pastor influente, ele mesmo se encarregará de melhorar o valor dos serviços que você presta.

Agora vem o pulo do gato. Você vai ser observado pelo primeiro, segundo, talvez até o terceiro serviço prestado, depois ninguém mais vai incomodá-lo e se alguém incomodá-lo pode dar uma carteirada que ninguém vai incomodá-lo nunca mais. É desse ponto em diante que você pode fazer tudo o que quiser, tipo comprar material de baixa qualidade para ganhar mais, fazer serviço pela metade, dizer que o valor do serviço não foi suficiente para concluí-lo. Enfim, desse ponto em diante vai depender muito da sua criatividade para inventar desculpas e ir tirando dinheiro da ICM com a conivência dos grandes. É isso mesmo, dos grandes, por que se você for um fornecedor que faz tudo direitinho, gosta das coisas certinhas, até para comprar um prego você vai precisar dar muita justificativa e fazer muito relatório para conseguir a aprovação.

Mas por que as coisas na ICM funcionam dessa forma? Porque até hoje, aquele monte de bananas que tem no Conselho Presbiteral e na diretoria, incluído o presidente continua acreditando naquilo que as pessoas falam. Lembram daquele tempo em que a palavras das pessoas tinham mais valor do que um papel assinado? Eles ainda estão vivendo naqueles tempos, não investigam, não fazem relatórios, não procuram informações, etc. Isso também explica por que é tão difícil punir algum pastor quando ele está errado. Quando o pastor comete um erro e é chamado para dar explicações, o que vocês acham que ele vai dizer? Que ele errou, ele cometeu um deslize, ele se enganou? Como somos bobinhos! Como eles não verificam a denúncia e ficam com a palavra do pastor (mentiroso, mal caráter, etc…) vai virando essa bagunça que é a ICM hoje, onde ninguém resolve problema nenhum e só vai piorando. Resumindo, como todos os pastores que foram denunciados continuam alegando inocência, dizendo que estão sendo perseguidos e injustiçados e ninguém prova o contrário vão continuar como pastores, quem sabe, até a volta de Jesus. Como confiam na palavra das pessoas, aquela pocilga administrativa, não tem nenhum tipo de controle sobre suas receitas e despesas. Para que vocês tenham ideia desse descontrole administrativo, nem controle bancário eles fazem (não sei dizer se hoje, depois da operação do Ministério público, eles tomaram vergonha na cara, e agora fazem). Imaginem, um tesoureiro depositar o dízimo e ninguém naquela pocilga vai verificar junto ao banco se o valor informado foi de fato creditado. Vocês só podem estar de brincadeira com os membros!

O que eles sabem fazer muito bem, é colocar o colaborador para fazer hora extra e não pagar. Tirar dinheiro de colaborador é com eles mesmos. Que coisa feia, roubar dinheiro de hora extra de colaborador. Que papel ridículo, a que ponto chegamos. Como será que Deus vê (se é que Ele ainda vê alguma coisa de vocês) essa atitude de vocês? Atenção (Des)conselho Presbiteral tem gente trabalhando fora do horário de expediente, não tem recebido hora extra e quem controla essas liberações é o diretor de vocês.

Depois vão ficar fazendo cara de indignados, como quem não entende o que está acontecendo quando o colaborador se desliga da entidade e vai cobrar os seus direitos na justiça. E tem muito colaborador que se desligou e está processando a entidade. Vocês são um bando de retardados viu! As operações anteriores não foram suficientes para resolver os problemas internos, faltou uma operação do Ministério do Trabalho. Se o Ministério do Trabalho fizer uma visita a vocês, eu tenho pena dos dizimistas por que vai faltar dinheiro para pagar as multas.

Agora, para encerrar, vamos concluir o raciocínio. Vou adotar como exemplo a construção de uma igreja para ficar mais fácil o entendimento. Vocês já viram algum relatório de andamento de obra feita pela ICM? Fotografias do andamento da construção? Vocês tem conhecimento de que a ICM tenha setor/colaborador específico para fazer esse tipo de acompanhamento? Se o que está sendo planejado está sendo executado? Se o que disse quanto ia custar, realmente custou? É claro que não existe, e nem tem nenhum interesse em criar esse tipo de controle. Mesmo depois da operação do Ministério Público nenhuma providência foi tomada para evitar esse tipo de conduta e nem precisa dizer o por que eles não querem criar algum tipo de controle. Claro que preferem continuar vivendo naquela época em que a palavra vale muito mais do que um papel assinado. Fica também esclarecido por que o presidente nunca colocou sua assinatura nos documentos da ICM, apenas na Ata de Reunião, e mesmo assim, só naquelas que não lhe comprometiam.

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=731320573597144&set=a.464938910235313.115008.464934880235716&type=1

Anúncios

igreja cristã maranata – gedelti, o VPC, está comprando unxido fingido no atacado com o dízimo e a obra eterna está de joelhos para os retirantes para voltarem porque o caixa do dízimo da elite icemita está zerando…

reunião de pastor maranata com gedelti

seita maranata – os pistoleiros contratados com o dízimo dos formatados da obra maGGavilhosa para matar o pastor Mario Moraes já se encontram em Guarapari

Mas os formatados tem monte de desculpas para não perder a salvação

“entregamos nosso dízimo para deus… o que é feito com ele não é de nossa conta”

“não olhamos para o homem…”

“se os líderes cometerem crimes deus vai julgar”

Com certeza DEUS vai julgar!!! Tanto vai julgar quem apertou o gatilho como vai julgar QUEM pagou a bala para matar!

contratação de “serviços profissionais” para assassinar testemunha(s) do(s) processo(s) maranata

Imagem

Imagem

 

leia também para conhecer a cara desta obra:

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/marcados-para-morrer/

https://obramaranatarevelada.wordpress.com/2013/03/16/maranata-explica-para-mim-porque-quem-testemunha-contra-a-maranata-sempre-morre-de-acidente-tragico-de-carro-ou-em-hospital-da-maranata-em-exame-de-rotina/

 

IGREJA CRISTÃ MARANATA: MPE suspeita de uma Organização Criminosa

“Portanto, pelos seus frutos os conhecereis.” Mateus 7:20

Vídeo mostra pastores embalando compras feitas nos Estados Unidos

O vídeo faz parte das investigações do Ministério Público sobre o esquema de desvio de recursos provenientes do recolhimento do dízimo montado por membros da igreja

pastores da maranata ficaram até 6 vezes mais ricos

pastores da maranata ficaram até 6 vezes mais ricos

Da Redação Multimídia

Um vídeo feito pelo pastor e médico Amadeu Loureiro Lopes – um dos quatro integrantes da cúpula da Igreja Maranata presos na terça-feira (12), e soltos na quarta-feira (20) – mostra dois outros pastores da congregação em um hotel em Boston, nos Estados Unidos, arrumando malas com produtos eletrônicos que seriam trazidos para o Brasil.

Veja o vídeo: 

O vídeo – a que A GAZETA teve acesso com exclusividade – faz parte das investigações que estão sendo conduzidas pela Polícia Federal sobre o esquema montado por membros da igreja que viabilizou o desvio de recursos provenientes do dízimo doado por fiéis.

Veja também: 

> Justiça manda soltar pastores da Maranata 


A Polícia Federal apura também denúncias de que parte dos recursos desviados foram utilizados na compra de equipamentos eletrônicos no exterior, importados de forma ilegal. O material teria sido utilizado na montagem de um sistema de audiovisual para a igreja transmitir seus cultos para templos no Brasil e no exterior.

Na gravação – narrada por Amadeu –, os pastores Arlínio de Oliveira Rocha e Daniel Moreira aparecem retirando os produtos das embalagens originais e guardando-os em malas, para a viagem de volta ao Brasil. Arlínio e Daniel estão entre os 26 membros da igreja investigados no inquérito do Ministério Público Estadual.

Em um determinado momento do vídeo Amadeu chega a se referir à mala de Arlínio como “estufada” e acrescenta: “Já escondeu tudo”.

Amadeu conta, no vídeo, que os pastores estão em Boston para um seminário, e que fizeram as compras para atender a “encomendas”. Entre os produtos há máquinas fotográficas, equipamentos de informática, aparelhos de CD para carros e microfones.

Ele chega a garantir a Arlínio e Daniel que o vídeo não será visto por ninguém, que “nunca sairá da sua residência”.

Além de Amadeu, na última terça-feira foram presos Gedelti Gueiros, ex-presidente da igreja afastado pela Justiça no final de 2012; Elson Pedro dos Reis, atual presidente da igreja, nomeado interventor na instituição no final do ano passado; Carlos Itamar Coelho Pimenta, advogado acusado de organizar uma administração paralela da igreja.

Todos são acusados de ameaçar e coagir testemunhas ouvidas no inquérito que apura o desvio de recursos na Maranata. Fatos que estão sendo apurados pelos promotores de Justiça do Grupo Especial de Atuação e Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

Tudo dentro da legalidade, diz igreja

 

Na avaliação da advogada Bárbara Valentim, que faz a defesa da Igreja Maranata, as mercadorias compradas pelos pastores – mostradas no vídeo a que A GAZETA teve acesso com exclusividade – estão dentro da cota individual de compras no exterior permitidas a todas as pessoas. “Cotas individuais de três pastores”, pontua a advogada, em entrevista concedida na semana passada.

Ela destaca que as compras mostradas são de produtos particulares, sem vinculação com as denúncias que vêm sendo apuradas pela Polícia Federal sobre a compra de equipamentos eletrônicos no exterior, importados de forma ilegal. “Não há nenhuma vinculação direta com a igreja”, assinalou Bárbara.

Afirma, ainda, que há uma preocupação com o inquérito que tramita na Polícia Federal. “É um fato grave, que a lei proíbe, mas que cabe à polícia apurar. Não podemos fazer acusações levianas. Em princípio é uma aquisição individual, dentro da legalidade, o que é permitido para qualquer pessoa”, disse.

A advogada explicou, ainda, que o vídeo foi gravado por pastores, em um momento informal, quando se preparavam para deixar o hotel. “Tanto que aparecem vestido de forma inadequada, informais”, explicou Bárbara.

O vídeo foi mostrado a dois pastores da igreja na semana passada: Sérgio Carlos de Souza e Josias Júnior que, segundo Bárbara, é o especialista nos equipamentos audiovisuais da Maranata.

 

 Relembre o caso:

> Bens de pastores da Maranata crescem 6 vezes
> Pastor briga para retomar a liderança da igreja Maranata
> Operação apreende documentos em sedes da Igreja Maranata
> Fraude derruba toda a cúpula da Igreja Maranata
> Igreja Maranata: dízimo desviado em fraude milionária
> Pastor usou ‘visão’ para justificar desvio
> Envolvido em compras foi preso pela federal
> R$ 1,8 milhão doados à igreja
> Igreja contratou sobrinho de presidente
> Maranata: “uma igreja que surgiu da luta pelo poder”
> Maranata pagou R$ 941 mil em materiais nunca entregues
> Maranata: líder da igreja é investigado
> Crimes federais investigados
 http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2013/03/noticias/cidades/1417835-video-mostra-pastores-embalando-compras-feitas-nos-estados-unidos.html

 

Fonte: A Gazeta | Gazeta Online

 

1394033_628132570579731_38623023_new

Membros do conselho presbiterial (os inventores de revelagens divinas…) fazem parte do esquema de contrabando de armas e drogas.

E o que fazia a EU-BRALAT no leste europeu que recebeu mais de 300 milhões em dízimo.

Muito pouco é divulgado ou nada nestes casos!

É só a ponta do iceberg!

Fomos atacados quando publicamos que o “sagrado” pedaço de terra, o maanaim de Domingos Martins (propriedade do gueiros) era usado para armazenar armas de fogo… está aí mais um prova de nossas denúncias:

trafico de armas maranata

 

igreja maranata – Pastores da Igreja Maranata são presos no Espírito Santo – na radio maanaim foram apreendido até armas! testemunhas eram ameaçadas com ARMAS para alterar depoimento!

http://g1.globo.com/videos/espirito-santo/estv-2edicao/t/grande-vitoria/v/pastores-da-igreja-maranata-sao-presos-no-espirito-santo/2455696/

Você sabia que o mannaim-es, onde dizem ser o acampamento de anjos, existem armas de fogo, algo como um arsenal?

Paz!
Você sabia que o mannaim-es, onde dizem ser o acampamento de anjos, existem armas de fogo, algo como um arsenal?
Pena que quando a PF e o MP foram lá, os amigos da cúpula avisaram e limparam o terreno todo. Mas pena ainda que as pessoas que la estiveram e viram e sabem não tem coragem de denunciar, nem muito menos de testemunhar por medo. A justiça de Deus tarda mas não falha.

armas no maanaim

 

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/12/triste-fim-de-jornada-de-quarenta-anos/comment-page-5/#comment-49664

comentário:

Perguntas e mais perguntas a serem respondidas:

Porquê tanto policial protegendo o maanaim de Domingos Martins?

Protegendo as armas?

Porquê um arsenal de armas em um maanaim?

Para uso pessoal do alto clero da maranata?

Ou será que é fruto de contrabando financiado com o dízimo?

igreja maranata – o dízimo para armas e drogas??

MATEM OS AMALEQUITAS!

Quero agradecer às palavras da Cavaleira da Verdade por expor o que ocorreu ontem em redes sociais. Eu comentei uma vez que a Bíblia em mãos erradas é uma arma muito poderosa, é uma arma de destruição. Ontem ficou claro que esta máfia que se esconde atrás de títulos como “pastores” está usando esta arma! Eles usam para enganar, amaldiçoar e criar medo. Eles usam para criar ódio. Eles usam para ter poder, controlar e para enriquecer!

O caso maranata vai muito além de desvio de dízimo.
Muito mais podre!
Muito mais cruel!
Sempre em nome de Deus!

Este ano passado de 2012 foi um ano de investigação, estudos, depoimentos de retirantes e ficantes na icm para conhecer a verdade que se esconde por trás dessa maranata – o CV até recusou um ou outro comentário meu, porque não tinha provas, somente suspeitas… concluia em cima de fatos históricos e conversas que, enfim não acabam de ser opiniões subjetivas, com certeza.

O Gedelti é um homem esperto – ele nunca coloca a cara de modo que o MPES e a Policia etc. obtenha provas fáceis contra ele. Alem de ele adorar “levantar policial”, juiz etc. dentro da obra dele para cargos importantes com benifícios financeiros, ele mostra uma cara de homem de deus (falsa) e evita qualquer possibilidade de prova que possa mostrar a verdadeira cara dele para a sociedade e o povo icemita (membros da maranata desculpem o termo é somente termo de qualificação sem opinião!!!)

Ele ADORA usar laranjas – veja Antonio Angelo…

O dia de ontem em rede social demonstrou que a maranata (com esse termo refiro-me, novamente, só aos comandantes e à máfia que se esconde por trás) está usando diversos fakes em redes sociais para desviar membros da icm da verdade; e paraAMEAÇAR quem está falando a verdade nas redes sociais e em blogs!

Eles hoje estão em um beco sem saída mesmo – por celular (com número restrito) ameaçam de morte e de agressão física!!

Eles usam essa ameaça de duas formas: muitos ainda têm parentes atuantes dentro da icm – acabam chamando esses membros atuantes e mostrando que um familiar deles, retirante, está expondo a “oubra”; mas também usam fakes (identidades falsas em redes sociais) e ligações restritas sem identificação do número de origem para gritar ameaças de morte e agressão . Por telefone!

A MÁSCARA CAÍU GEDELTI!

Irmãos, não estamos somente falando de heresias, doutrinas falsas, desvio de dízimo. É DE MÁFIA! Estamos falando de homens sem limites. Mesmo!

Eu já venho investigando, há muito tempo, se existe um límite nesses homens; e a cada dia, para mim, pessoalmente, fica claro que NÃO.

Vou explicar por alto minha suspeita – que hoje não passa de uma suspeita porque não tenho provas – mas o caso Josias que se econtra em coma no hospital Meridiano dá fundamento à minha suspeita!

Como funciona a AUTO-dinâmica da obra – dinâmica – uma palavra do fundador da obra tanto gosta de usar?

Vou dar um exemplo – mãe que busca Deus para afastar seu filho dos caminhos errados e cheio de morte desse mundo no qual vivemos encontra na maranata uma “igreja” que aparentemente é muito séria!

Ela dá sua vida para essa obra, ora a cada dia para proteger seu filho, fala com o filho para visitar com ela a igreja maranata, contribui com dízimos, trabalha igual uma escrava na obra, para agradar a deus e proteger seus filhos do mundo.

Ela acaba sendo formatada com uma lavagem cerebral com essa doutrina do medo e essa doutrina de jim jones de deus vivoque jamais pode lavantar alguma dúvida nesse deus para nenhum mal acontecer a seu sangue.

Por conseguinte, a “oubra” se benificia de VÁRIAS formas desta formatação – vamos destacar as principais:

– pagando o dízimo… mais certo que sua dívida nas Casas Bahia…
– serviços “escravos” – cada serviço prestado é um custo a menos que os donos da “oubra” não precisam pagar…
– “evangelização” – cada visitante é uma nova vítima potencial para o crescimento do sistema…
– “ponto de pregação” – modo de catequisar beatos escondendo a face da maranata, nome que está cada vez mais sujo na sociedade; além do mais nesses PP a maranata não tem gastos com nada e se alguem precisar de banheiro e papel higiênico é por conta das famílias…

Até aqui tudo bem – já foi tudo denunciado, explicado e aprovado. Mas vamos pensar mais além.

Será que a mente de GG para por aqui? Como iniciei – não tenho provas além de suspeitas e de dois casos relatados – o caso Josias que é cúmplice de GG e o arsenal de armas no maanaim que foi relatado por um irmão. Minha suspeita vai além disso e eu chamo isso de AUTO-dinâmica da obra.

O “dízimo” é comprovadamente pelo MPES desviado de duas formas – notas frias de produtos e serviços e além disso uma parte nunca entra no “faturamento” da “oubra filho único” porque é depositado por “pastores” e coordenadores de confiança de GGdiretamente em contas particulares que são indicadas pelo esperto GG!

O que temos aqui? Dinheiro em mãos de uma máfia não rastreável! Não declarado! Será que a máfia se contenta? Ou será que ele pode ser útil?

armas no maanaim

armas no maanaim

No caso Josias – ele buscava carros perto da Bolívia para vender para pastores do alto clero – um por um – um negócio pouco viável sendo que perderia o lucro do carro em viagem para a tranferência… Mas o que temos na Bolivia? Uma das principais portas de entrada para armas e drogas!

Agora vamos pensar na mãe que tanto busca a um deus que proteja seu filho desse mundo! E agora eu pergunto: E se esse dinheiro de dízimo não rastreável for usado para trazer armas e drogas, abastecer o mercado nas areas da icm?

Essa mãe lê jornal, olha o noticiário falando sobre o crescimento de crimes provocados por drogas e executado com armas… Essa mãe mais ainda se sente obrigada a visitar, prestar serviço, pagar dízimo para essa “oubra” … para esse deus que, enfim, é a causa da desgraça do próprio filho. A isso eu chamaria de AUTO-dinâmica da obra… mas não tenho provas…

Mas sei de duas coisas – que não é DEUS que está no controle dessa “oubra” e que essa gente que controla essa “oubra” NÃO TEM LIMITES!

Paz

Ah sim, desculpe CV,

esqueci de um benificio importantíssimo para a “oubra” que resulta da formatação. Acabou de entrar nas investigações do MPES:

formação de curral eleitoral dos maranatas (CEM) que em seguida traz diversos benifícios, ou melhor um sem números de benefícios para oubra dos gueiros:

os “amigos da obra” que são eleitos com os votos do curral eleitoral dos maranáticos (CEM) trazem dinheiro dos cofres públicos– já notaram que são sempre as mesmas caras? deputados estaduais e federais que “doaram” dinheiro para a fundação dos gueiros?

Além disso, a nível municipal, com os prefeitos eleitos por este “curral” terrenos para templos de graça e outros benifícios…

NÃO TEM LÍMITES!

Investigadores dos acidentes fatais do policial Joelson e do recente falecido Pr. Julio Cesar falam que nos dois carros os freios estavam manipulados…

morte do policial e obreiro da maranata Joelson que vinha de reunião com membros da cupula da maranata

morte do policial e obreiro da maranata Joelson que vinha de reunião com membros da cupula da maranata

morte em acidente do pastor julio Cesar que testemunhou contra a maranata no caso do contrabando

morte em acidente do pastor julio Cesar que testemunhou contra a maranata no caso do contrabando

PASSARAM DOS LÍMITES?

PAZ
.
.
Amado Marques,

Essa maneira odiosa de que se valem os filhos do gedeltismo para ameaçar, caluniar, difamar, injuriar, instigar o ódio religioso, maltratar, perseguir e zombar dos que não mais se submetem aos desvarios do chege religioso, já foi inúmeras vezes denunciada neste Site.

Os filhos do gedeltismo, nascidos no pandulho da rainha desfigurada – porque é pseudocarismática -, imitam o pai da Obra. Querem, a todo custo, implantar o pânico e o terrorismo. Talibãns! Xiitas!

Leia o que deixei aqui em 28 de janeiro de 2013 às 21:30

Amados,
Atento às postagens e procurando consolar os desesperados, neste momento recebo ligação de terceiros informando que A. está em prantos.
Ela deixou na página do Facebook os protestos que entendeu registrar. Mas alguém, acabou de ameaçá-la (celular) aos gritos e com palavras de baixo calão, EXIGINDO ela retire as postagens ou vai levar tapas na cara…
Estamos em momentos de perseguição.
Certos pastores da ICM, instigados pelo ódio, acham que podem ameaçar, espancar e causar maus tratos aos filhos (casados) pelo fato de estarem PROTESTANDO.
Leque de proteção à mulher é o que recomendo.
http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/leque-de-protecao-a-mulher/
Peço que A. leve este assunto ao Ministério Público e peça proteção.
Retirantes, lembrem-se da mulher de Ló.
CV.
Neste episódio foi constatada a presença do pai de A., e de outro bem conhecido da família. Não duvido da presença de Gedelti neste episódio.

SEM LIMITES!

CV.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/01/judas-cade-o-dinheiro/comment-page-1/#comment-50399

pastores da maranata ficaram até 6 vezes mais ricos

pastores da maranata ficaram até 6 vezes mais ricos

Há algo acontecendo na Grande Porto Alegre,pastores usando dinheiro dos dízimos, para seu próprio beneficio.

São falcatruas que acontece em todo país,quase sempre meia-solas envolvidos!

Tem um pastor que é chamado Luiz Cláudio Prates, que tempos atrás estava envolvido em desviar dízimos, viaja para comprar couro, porque trabalhava nisso e pedia para o tesoureiro,tirar as notas de despesa como fosse evangelização,um tesoureiro saiu por conta própria.

Pediu um cheque emprestado com uma ovelha,cheque só assinado esta ovelha foi parar no serasa,ele colocou uma quantia de 5.000,00,e eu denunciei para o próprio pes,gedelti,amadeu,arlinio,peixoto,wallace e outros estavam nesta reunião,nada aconteceu,este mesmo pastor roubou da unidade local de Santa Maria computador,e cobertas que ficavam no quarto de hóspede,na verdade o pastor Luiz Claudio deveria estar preso po estelionato,mas vive fazendo seus esqueminha as custa da membresia,da seita Maranata!

Eu com todo respeito a maioria desta membresi não tem respeito por si próprio.

um abraço fraternal a todos que romperam com o gedeltismo!!!

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/08/coisas-da-banda-podre/#comment-11665

Enviado em 07/08/2013 as 11:10

A. Marques disse:

Esses pastores covardes da maranata com cargo politico ou jurídico usam de seus poderes concedidos pela sociedade Brasileira para coagirem promotores do Ministério Público assim como usam de seus cargos revelados pelo VPC para coagirem servos de Deus dentro dos templos do VPC!

Citando o MPES:

… “Como se vê, a rede de influência de GEDELTI e por conseguinte, da quadrilha por ele liderada é dotada de alta permeabilidade nos mais altos escalões da República”…

…”Cite-se como exemplo, o caso de um Pastor Maranata que vem a ser Promotor de Justiça do Ministério Público de Minas Gerais, o qual procedeu a diversas investidas contra o Promotor de Justiça capixaba e a Juíza da Central de Inquéritos, sendo certo que foi ao gabinete, para acintosamente afrontá-la e coagi-la.

Este mesmo membro do Ministério Público Mineiro chegou a afirmar que declarou “guerra” a Promotor do Espírito Santo. Afirmou, também, ter contratado um grande escritório de Brasilia para processar o Promotor e este se sentir acuado, como de fato ocorreu com o ajuizamento de indenização por danos morais tombada sob o número 0005670-94.2013.8.08.0024, em trâmite junto à 10ª Vara Civel de Vitória, da qual houve covarde desistência. Também houve a deflagração de uma representação no âmbito do Conselho Nacional do Ministério Público, indevidamente publicizada na mídia por advogada que atua no caso, pois tramitava sob sigilo.” …

https://obramaranatarevelada.wordpress.com/2013/08/07/icm-esses-pastores-covardes-da-maranata-com-cargo-politico-ou-juridico-usam-de-seus-poderes-concedidos-pela-sociedade-brasileira-para-coagirem-promotores-do-ministerio-publico-assim-como-usam-de-seu/
.
.
É a decadência, a esbórnia, a zombaria.

O gedeltismo encurralou a membresia neste BECO SEM SAIDA.

Processo : 0005670-94.2013.8.08.0024 Petição Inicial : 201300192977 Situação : Tramitando
Ação : Procedimento Ordinário Natureza : Cível Data de Ajuizamento: 22/02/2013
Vara: VITÓRIA – 10ª VARA CÍVEL

Distribuição
Data : 22/02/2013 10:30 Motivo : Distribuição por sorteio

Partes do Processo
Requerente
IGREJA CRISTA MARANATA – PRESBITERIO ESPIRITO SANTENSE
5879/ES – GUSTAVO VARELLA CABRAL
Requerido
LIDSON FAUSTO DA SILVA0>

Juiz: MARCELO PIMENTEL

Sentença

ESTADO DO ESPÍRITO SANTO
PODER JUDICIÁRIO
VITÓRIA – 10ª VARA CÍVEL

SENTENÇA
sem resolução do mérito
extinção – desistência

PROCESSO Nº 0005670-94.2013.8.08.0024
AÇÃO : Procedimento Ordinário
Requerente: IGREJA CRISTA MARANATA – PRESBITERIO ESPIRITO SANTENSE
Requerido: LIDSON FAUSTO DA SILVA

Verifico que consta dos autos o pedido de desistência do feito e que a parte requerida sequer foi citada. Ante o exposto, e sendo prescindível a anuência da parte requerida face a não citação da mesma, JULGO EXTINTO O PROCESSO SEM RESOLUÇÃO DO MÉRITO na forma do art. 267, VIII, para os fins previstos no art. 158, parágrafo único, ambos do CPC. Custas pela parte requerente. P.R.I.

DILIGÊNCIAS PARA O CARTÓRIO APÓS O TRÂNSITO EM JULGADO:
a) CERTIFIQUE-SE o trânsito;
b) Encaminhar os autos para a CONTADORIA para o cálculo das custas;
c) Havendo custas, INTIME(M)-SE o(s) devedor(es) por carta AR, para o pagamento no prazo de 10 (dez) dias, sob pena de inscrição em Dívida Ativa da Secretaria do Estado da Fazenda;
d) Não realizado o pagamento, CERTIFIQUE-SE e OFICIE-SE o Serviço de Dívida Ativa da Secretaria do Estado da Fazenda;
e) Cumpridas as diligências, ARQUIVE-SE com as cautelas de estilo.

Vitória-ES, 25/03/2013.
MARCELO PIMENTEL
JUIZ DE DIREITO

Dispositivo
Verifico que consta dos autos o pedido de desistência do feito e que a parte requerida sequer foi citada. Ante o exposto, e sendo prescindível a anuência da parte requerida face a não citação da mesma, JULGO EXTINTO O PROCESSO SEM RESOLUÇÃO DO MÉRITO na forma do art. 267, VIII, para os fins previstos no art. 158, parágrafo único, ambos do CPC. Custas pela parte requerente. P.R.I.

CV.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/02/fabrica-de-demandas-judiciais/#comment-11274

a obra é rica – especializada em queimar dízimo para processos ridículos – enquanto isso os contribuintes ficam fazendo vaquinhas – mais vale usar o dízimo para coagir e ameaçar do que ajudar e fazer a obra de Deus.

Mas isso já é conhecido – não existe UM único projeto social financiado com o dízimo – todos que são ou foram apresentados somente serviram para desviar verba – ou da igreja ou dos cofres públicos.

a obra de queimar dízimo

a obra de queimar dízimo

snapshop 61. Antigas denúncias deste Blog: CAIXA DOIS em Maanain’s, em Secretarias e na Sede da ICM-PES; emissão de notas frias; estelionato, fraudes e formação de quadrilha que cora o rosto do homem honesto e da mulher sincera. Para mal dos pecados deles, logo depois do desastroso desfile final de 10.03.2013 quatro pastores foram presos em 12 de março , inclusive Elson, que ocupava a presidência da ICM-PES implodia, apontados como agentes intelectuais que estariam interferindo no curso de investigações, ameaçando e intimidando testemunhas e até membros do MP-ES e do Judiciário.  Foram soltos no fim do mesmo mês mas Elson foi destituído da presidência. Decreto Judicial! Entre 19 pessoas denunciadas à Justiça pelo Ministério Público Estadual por crimes de estelionato, formação de quadrilha e duplicata simulada em que Gedelti Gueiros se posiciona no “vértice da pirâmide de crimes” em uma “sofisticada organização criminosa”.  Não faltam negócios nebulosos nas maranacutaias palacianas.

More news on http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/06/snapshot-news-ii/

pastores da maranata ficaram até 6 vezes mais ricos

pastores da maranata ficaram até 6 vezes mais ricos

 

 

HÁ AINDA MALDITOS NA OBRA, QUE CONFIAM NO HOMEM, E DIZEM QUE É EM DEUS!

https://encrypted-tbn1.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcRb8SdSbLuS4l7Y25K2SQUiDAlmS7gBfNxUzlKt7-zAxxnM21XW

O PES quer que os membros ofertem os dízimos e confiem 100% na administração deles sem prestar contas de nada e fazem dos membros o que está dito em Jeremias 17.5

“Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, faz da carne mortal o seu braço e aparta o seu coração do SENHOR!”

Então como fica a bíblia? Devemos confiar neles (PES) sem pedir contas e receber uma palavra como “tá tudo certo” . Então maldito por maldito será melhor não dar dinheiro enquanto não houver prestação de contas.
Essa organização humana é quem administra todo o dinheiro do dízimo.
Gálatas 03:13 “Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldito por nós; porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro”
II Co 03:17. “Ora o Senhor é Espírito: e onde está o Espírito do Senhor aí há liberdade”.

Publicado por Anônimo emhttps://obramaranatarevelada.wordpress.com/2013/06/17/maranata-o-coronelpastorinterventor-quando-entrevistado-por-um-blogueiro-contradisse-varias-pregacoes-feitas-nos-pulpitos-dos-maanains-e-uls-que-eram-como-leis-ou-doutrinas-reveladas-por-deus-pa/#comment-8132

COMENTÁRIO DIGA NÃO ÀSEITA:

Quando se lê o título do artigo, naturalmente vem à mente um pensamento no sentido de achar “muito pesado” o termo utilizado, mas note que a terminologia é bíblica, e esse peso observado não é de juízo da nossa parte, mas da Palavra.

O irmão Anônimo percebeu algo muito sério e aponta o cerne da questão: quando falamos nos escândalos sobre a maranata, os formatados declaram “não olhamos para o homem”, portanto, em tese, eximiriam-se de serem considerados malditos, contudo, quando depositam tamanha confiança (termo do texto de Jeremias) nos homens a quem entregam os seus “dízimos” e ofertas, esses mesmos formatados dão sinal claro de que poderiam estar enquadrados na condição de malditos.

Essa questão ainda se agrava quando ainda proferem as seguintes palavras: “eu dou para deus”! Ora, só se for deus com letra minúscula mesmo! Deus, com letra maiúscula, estaria preocupado em aceitar valores direcionados, mês a mês, fielmente, e com percentual definido, para uma única denominação? Outra coisa, Ele, Deus, teria um cobrador oficial para isso, e que ainda delegaria a outro (o tesoureiro), para receber cara-a-cara dos membros?

Faça-me o favor! Absurdo!

Não vá me dizer que entregar dinheiro a alguém, dizendo que é para Deus, não seria algo de confiança no homem! Se não é, eu te pergunto, icemita formatado, se você fica distribuindo seu dinheiro a tudo e a todos que te oferecem produtos, serviços, vantagens, etc., podendo ou não usar o nome de Deus? Claro que não! Quem te garante que aquele a quem você entregou vai utilizar para algum benefício para alguém, ainda mais em uma instituição que insiste em não prestar contas do que gasta?

Costumamos dizer que algumas atitudes, bem esdrúxulas, demonstram sinais de loucura, e uma delas é “rasgar dinheiro”. Mas, o icemita que age dessa forma, dizendo que não confia no homem, para não dar o braço a torcer que o barco está furado na maranata, mas deposita dinheiro nas mãos “confiáveis” de alguém que representa a seita, mais do que suspeita de delitos graves, ultrapassou os limites da loucura, pois se rasgasse, não estaria incentivando prováveis desvios, relacionados a diversas modalidades de crimes (em tese).

Como diz o pessoal do nordeste: “Valha-me, Deus!”. Que troço doido!

Acorda, amigo! Acorda, amiga! Você não pode estar confortável em assumir uma condição de maldito, conforme a Palavra, confiando no homem, passando dinheiro para mãos humanas, que defendem uma instituição sobre a qual pairam inúmeras notícias exatamente de desvios de dinheiro. E qual é a motivação para toda essa contradição? A resposta reside em m único e exclusivo propósito: defender o prosélito maranático! A denominação é maior que tudo! A obra maranática é mais importante que a Bíblia!

Para quem achou que o temo maldito já era pesado, dê uma observada nesse outro texto bíblico:

“Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que percorreis o mar e a terra para fazer um prosélito; e, depois de o terdes feito, o fazeis filho do inferno duas vezes mais do que vós.”

Mateus 23:15

Confiemos em Deus, consolando-nos nas notícias de muitos que estão parecendo despertar do sono, e anunciam o rompimento com a seita. Glórias a Jesus por isso!

Graça e Paz a todos!

Alandati.