Posts com Tag ‘seitas destruidoras’

Pois é, Jenu, mais um bonzão da ICM, és tu, né, champs?!

Vira essa tua boca mentirosa para lá. Hipócrita!

Olhem um dos absurdos que essa apostila da ICM ensina no seu ítem 11:

seita maranataq

seita maranata

11- Os valentes da Obra também são assim:
* A irmã que enfrenta o marido não crente todos os dias.
* O jovem que se dedica ao serviço no Maanaim.
* Os que abrem mão do conforto fazendo as madrugadas.
* A irmã que entende a revelação e abre mão da calça comprida.
* Os pastores e obreiros que viajam.
* Os trabalhadores do Maanaim, etc.
* Os que se gastam pela Obra.

Que coisa horrível isso! Isso é maligno! Pervertido! Diabólico!

Baixem o artigo e leiam exatamente o que ela diz. Isso é uma indecência! Uma imoralidade!

Esses lobos ensinando que as esposas confrontem seus maridos em nome dessa “Obra”. Desde quando a Palavra de Deus ensina isso, hein, seu cínico?

“E, se uma mulher tem marido descrente, e ele se dispõe a viver com ela, não se divorcie dele. Pois o marido descrente é santificado por meio da mulher, e a mulher descrente é santificada por meio do marido. Se assim não fosse, seus filhos seriam impuros, mas agora são santos.”
1 Coríntios 7:13-14

Mas a “Obra” cria na cabeça dessas mulheres um clima de guerra contra o marido que se opõe à ICM. Claro, qual é o marido, coitado, seja não crente, até mesmo crente mesmo, que vai ficar feliz com esse monte de atividades na “Obra”, e sua esposa, feito uma “banana otária” trabalhando para enriquecer as malas do Panteão Capixaba, enquanto o marido fica sozinho com os filhos? Isso é trabalhar para Deus? Uma ova que é! Isso é trabalhar para uma instituição religiosa!

Trabalhar para Deus é algo muito mais singelo, belo e bonito, em ações e caridade, na pregação da Palavra de Deus. Mas os truculentos pela religiosidade desta seita monstruosa acham que caridade e amor aos necessitados é coisa de “evangelho social”. Sei…

Evangelho social… E o que é então ficar feito uma babaca varrendo os templos, capinando e oferecendo cafezinho e almoço na bandejas para os apstores no maanaim? Isso é o quê?

Para mimé coisa de babacas!

Só para quem sofreu mesmo com uma mulher envenenada pelo Presbitério, fanatizada e embrutecida de religiosidade nervosa e ativista, para entender o que a ICM causa nos matrimônios.

E ainda mais, vem esses verdugos do Presbitério aterrorizar a mulhereda dizendo que DEus, o próprio Deus, está REVELANDO que a saia deve ser usada. “Revelação da saia” pff… Me poupe…

Como disse uma migo meu, só uma pessoa muita burra para se submeter as mentiras apregoadas pela ICM. Ridículo.

Admisnitrador do Blog, desculpe-me as palavras. Aprove meu comentário, por favor. Mas fiquei indignado com essa lingua CÍNICA, SONSA e MENTIROSA de muitos defensores desta seita que por fora é muito bonita aos nososs olhos, mas por dentro é cheia de podridão, como sepulcros caiados.

Olha, trabalho na justiça, e as pessoas que sofreram com isso, têm todo direito de acionar esses patifes da Suprema Corte Marnática pelosd anos morais causados à sua pessoa. Exijam a devolução de todos os dízimos que vocês contribuíram. Alías, nessa altura, é bom mesmo, então, eles continuarão se estribando a base da boa fé das pessoas.

fonte: http://obramaranata.wordpress.com/2011/06/27/refutando-a-icm-valentes-da-obra/#comment-352