Posts com Tag ‘roubo maranata’

MPC recomenda Fundação ligada à Maranata a devolver R$762 mil

POR RODOLPHO PAIXÃO/ RPAIXAO@LEIASE.COM.BR

O Ministério Público de Contas emitiu parecer em que recomenda à Fundação Manoel Passos Barros, ao ex-secretário estadual de Saúde, Anselmo Tozi, bem como a outros seis envolvidos nos casos de irregularidades envolvendo a entidade, a devolução de aproximadamente R$ 762 mil aos cofres públicos.

A Fundação foi acusada por uso irregular de emendas parlamentares destinadas inicialmente à aquisição de equipamentos de saúde, mas que tiveram aplicações voltadas a compras consideradas irregulares pelo Ministério Público, como a de projetores, notebooks, cadeiras para auditório e equipamentos de informática. Além disso, a Fundação teria adquirido uma ambulância no valor de R$90 mil, subutilizada pela instituição e cedida ao poder público posteriormente.

A irregularidade no uso dos recursos repassados pelo Estado foi constatada a partir de auditoria realizada após representação de 2012, do Ministério Público. Com a emissão do parecer, o processo segue agora para elaboração do voto do relator e, em seguida, para apreciação do Plenário do Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo (TCE-ES).

Ao todo, o parecer constata que as irregularidades ocorreram em desvio na aplicação de recursos repassados pelo Estado através de ausência de cotação de preços para a aquisição de medicamento; ausência de análise e aprovação do plano de trabalho e de demonstração da viabilidade econômica do convênio; além de ausência de parecer técnico nas prestações de contas dos convênios.

O parecer emitido pela Procuradoria de Contas sugere ainda a responsabilidade da Fundação Passos Barros, conveniada com o Público de 2004 a 2008, pelo mau uso de R$ 578.317,63, que deverão ser ressarcidos juntamente ao ex-secretário Anselmo Tozi. Em complemento, a sub-secretária estadual da Saúde Maria de Lourdes Soares deverá ressarcir o erário em R$183.549,82. Julgando ainda como irregulares as contas relacionadas aos convênios entre Secretaria e Fundação.

O MPC também pede que a Fundação seja declarada inabilitada para receber transferências voluntárias de órgãos e entidades sujeitas à jurisdição do Tribunal de Contas e fique proibida de contratar com o Poder Público, estadual e municipal, pelo prazo de cinco anos.

– See more at: http://leiase.com.br/mpc-recomenda-fundacao-ligada-a-maranata-a-devolver-r762-mil/#sthash.BCOALFdQ.dpuf

fonte: http://leiase.com.br/mpc-recomenda-fundacao-ligada-a-maranata-a-devolver-r762-mil/

Anúncios

Beneficiados do palácio da rainha desfigurada

 snapshop 42.

seita maranata - destruindo famílias

seita maranata – destruindo famílias

Beneficiados do palácio da rainha desfigurada  existem aos montes: cartão sem limites, carros, gasolina, restaurante, salários e viagens ao exterior. Boa vida custeada com o trabalho suado das ovelhas. Diversos mercenários mamam nas muitas tetas da quarentona, como no caso de defensores do sistema que ganham benesses habitando em imóvel da Igreja com despesas pagas pelo PES, quer dizer: despesas pagas com dízimos dos crentes. Caso do Pr  Den, de uma próspera imobiliária. Em Campo de Goitaquases – RJ.

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/05/snapshot-news/#comment-53777

*

*

Essa semana acompanhem os Blogs pois começaremos a divulgar a lista dos beneficiados por esse Sistema.

Hoje a bola da vez é Campo de Goitaquases.

fonte: http://cavaleiradaverdade.wordpress.com/2013/06/05/beneficiados-do-palacio-da-rainha-desfigurada/

Boa tarde!

maranata - contra fatos nao ha argumentos

maranata – contra fatos nao ha argumentos

Quer dizer que os 4 picaretas sairam da prisão preventia? *
Prisão preentida por ameaças e desobediêncai PROVAM o caráter maligno desses meias sola que DOMINAM os maranatas e imp~çoe oREGIME DE MEDO.

mas isso quer dizer que o rastro de sujeira CONTINUA…. nada ficou limpo com a saida deles… nem foi o anjo que abriu as prisões! Agora, beatos é dar mole se vangloriar que as orações que os livraram… porque não querem entender que prisão provisósia o nome ja diz: provisória!

Mas esses 4 soltos… hein?! e o maioral, o cabeça… é um perigo…

A Sara tem um terreno em Campinas, ou seja, tinha pois comprou para vender para o PES e seu cunhado fez o mesmo comprou em Setiba para vender ao PES. Ganharam 2 vezes não é? na compra e na venda, os famosos esquemas armados pela cúpula. Inclusive agora é uma igreja. Esse terreno de setiba pertencia a Antonio Carlos casado com a rma da Sara chamada Junia, enfim familia irmãos metralha, sendo juntos nas roubalheiras.

Em Setiba comprou casado compra com venda casada. Esquema entendeu? O famoso caixa dois da intituição que não é transparente.

Aí formatado meia-sola voce sabia que eles arrecadam mais de 350 por seminário Caixa 2, não é contabilizado e é dividido na curriola?
Por isso esses pilantras estão miliónários?
Voces sabiam que no mês de outubro o mês da dedicação tem um bônus pros chegados? É muita dedicação em $$$$$$$$$$ tudo esquema montado pela cúpula!

E ainda temuns meia-solas que ficam dizendo: O Mês foi benção! benção sim para os bolsos da elite.

São muitos esquemas armados para tirar dinheiro, inclusive tentaram com o curso de teologia mas devido as nossas denuncias não teve resultado e o Samir – amiguinho do Ângelo e sócio das EUBRLAT – deu linha na pipa… deve estar escoindido nos EUA… mas aandonou a sogra em v. VelHa (e esta obrática tem problmeas com a polícia… aff!).

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/02/fabrica-de-demandas-judiciais/comment-page-2/#comment-51344

E o prédio de 16 milões? O caveirão de VV tem um esquema tambem.
Pagaram 3 milhões ao dono, mas do PES saíram 16 milhões… “sumiram” 13 milhões. Eles fizeram 2 saídas: uma de 3 e outra de 13… uma no cheque no valor de 3 e outra saída em cash com o doc de registro do imóvel de 13 MI. Mas essa já a PF já pegou… No depoimento do secretário desmascararam ele
Quase caiu de costas. Viram a patifaria? Compraram por 3, pagaram o dono, registraram por 16 e receberam a diferença em money… receberam do PES.

Voces sabem a da empresa de Ônibus q eles alugavam? Ônibus leito pros gringos… viagens longas…. O dono emitiu 9 MI de NF pra eles, porém só foi prestado serviço no valor de 900.000,00. O resto ele cedeu as NFs para cobrir outros gastos… Piadassa! O dono da empresa está sem sono. A NF não é fria… A NF é quente, ou seja, tem origem certinha… O serviço é que é frio. Não foi prestado, tipo o da papelaria UNIÃO, SÃO QUADRILHA ORGANIZADA.

Muitos sabem quiseram denunciar mas sabe como é a revelação da obra não é,
Se levantou contra a Obra…
Se levantou contra o PES…
Se levantou contra o ungido do sinhô…

Lá vem bombas: adúltero, desacertado, caido, filho do diabo, oprimido…
Denunciar sozinho, contra a quadrilha era fuzilado!

Gente, tem tem o tal do GUARDIÃO assim chamado pela cupula, que faz o serviço pra eles, escuta telefônica e “toma conta” de quem denuncia… por isso o medo dos membros em denunciar.

Por isso a perseguição contra MM, FA, o Maestro M… ninguém poderia sobrepor ao velho diante do povo, sempre q alguém começava a aparecer mais q ele e o DILEMA: ou entrava no esquema, ou apanhava e perdia arrego. Como esses não entraram no esquema veio a rataliação que todos ja conhecemos.

É isso ai irmãos continuem dando deu dinheiro suado para financiar esquemas, bandidos!

O pior cego é aquele que não quer ver ou faz de conta que não ver!

Soltura desses pastores não os isenta das bandalheiras por eles praticada e que ainda praticam.

*http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/03/prisao-de-pastores-da-maranta/comment-page-4/#comment-52055

Paz!
.
.
Coragem, Dignos Promotores e Procuradores do Estado e da UNIÃO.

E por falar nisso, Ben Kennedy, vc ainda não explicou a dinheirama mandada para o Leste Europeu… Dólares na mala de Vera… Tudo anotadinho…

E essas denúncias de CARTÃO SEM LIMITES, hein?! Escutem: a membresia ainda ficará sabendo onde já foi parar a dinheirama das ofertas voluntárias do mês de outubro… ah!…. esses pastores aprendenram rapidinho a arte da avareza e dos negócios nebulosos…

O cão não larga o osso…

Pouca vergonha! Alguns na gastança e o povo levando pancada com COOPTASIM… sinsinhô… golpes de seguros… porque ossorrevelô…. e alguns meteram a mão nos bolsos dos pobres…

Procurador Federal que atua da SUSEPE… acorda….

Verdadeiramente o poço de iniquidades precisa ser violentado…
http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/02/poco-de-iniquidades/

CV.

fonte: http://cavaleiradaverdade.wordpress.com/2013/03/21/voces-sabiam-que-no-mes-de-outubro-o-mes-da-dedicacao-tem-um-bonus-pros-chegados-e-muita-dedicacao-em-tudo-esquema-montado-pela-cupula/

Fui participante desta tão propalada “obra” desde criança levado pela minha mãe(já se vão ai uns bons vinte anos)e sempre fui rotulado e execrado como o tal cabritinho,aquele que não aceita a “revelação” a palavra do santo homem que tudo sabe e tudo vê, pois nunca engoli certas revelagens e profetadas que me tentaram enfiar goela abaixo.

Sempre achei que Deus me deu dicernimento sobre o certo e o errado, o moral e o ético e isso sempre bastou para pautar minha vida no caminho da retidão e na formação do meu carater. O que mais me matava de raiva era aquele olhar de pena sobre mim, tadinho ele não alcançou a revelação, ele questiona tudo, é um pobrezinho. Pois bem, nessa de revelação eu vi adulterios sendo cometidos, vinganças, peseguições, abusos psiscológicos e físicos, preconceitos (de raça, classe social e etc), robalheiras (pequenas e grandes) e muita cara de pau desse senhor (pastor Deus é ti) que se intitula o dono da verdade, o principe da palavra revelada(a foto dele com pescocinho de lado e soriso maroto na delegacia foi cômica).

Sera que ele estava tão alheio a tudo que estava acontecendo? e a tal revelação? So serve pra ver quem chegou queimado de praia e não vai poder tocar, ou pra quem não da o dizimo fielmente? Bem só sei que ele contratou o advogado mais caro do estado (…) e duvido que Deus é ti vai pagar do bolso dele… Haja dizimo galera.

Infelismente ainda tenho muitos parentes e familiares envolvidos nessa seita. Não gostaria que eles sofressem mas não vejo outro destino enquanto eles continuarem nesse caminho do engano, e dominação da mente.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/12/banquete-de-ladroes/comment-page-3/#comments

O problema da ICM não é só o roubo! São as doutrinas, as heresias, a falta de amor para com os irmãos. E vendo esse irmão postar vi que agora aprenderam a mentir tambem. Que coisa feia!
Deve ser algum pastor ai remunerado ou com o rabo preso com a cúpula, que entra aqui para inventar mentiras.

Passe em frente a qualquer igreja da maranata que voces vão ver, como estão cheias… cheias sim de pessoas arrogantes, donas da verdade, soberbas, sem temor a Deus e agora mentirosas tambem para proteger o grande Lider GG. Quando Jesus voltar, voces agarrem nas calças do chefe… quem sabe voces sobem, né? Apesar de que acho isso impossivel acontecer, por que se não houver arrependimento da parte dele, se ele não se acertar com o Senhor, vai ficar tambem com todos os que ficam ai idolatrando ele.

As igrejas da icm estão vazias, quantas já foram fechadas, isso ninguem informa! Antes não chamava ninguem pra ver onde reuno até por ética, mesmo porque o Pr. onde congregava é meu parente; mas agora diante de tanto icemita fanático, estou agindo ao contrário! Convido mesmo! Ontem mesmo eu tive a felicidade de tocar junto com uma irma que era de lá, ela agora saiu! fez uma visita na terça e hoje ja saiu do ninho sujo… e outros virão… e mais outros…

Deus não habita na mentira! Tudo que tenho de informação e estudo bíblico respaldado nas Escrituras, estou enviando aos icemitas… e olha que ta dando resultado, heim! As pessoas estão começando a fazer comparação com o que aprenderam e com o que as Escrituras falam. Essa luta é nossa e o Senhor está conosco, somos valentes porque tivemos coragem de escalar montanha alta, de romper que esse sistema falido que só trouxe prejuizo espiritual e moral para muitos. O tambor está cada vez mais alto, o seu som chega longe…..
Paz!

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/05/apaixonei-me-pela-obra-e-agora/#comment-11650

foto: Bernardo Coutinho
Elcio Alvares, deputado estadual pelo DEM, junto com a mesa diretora, anuncia a devolução do dinheiro que não foi usado na última gestão - Editoria: Política - Foto: Bernardo Coutinho
O deputado Elcio Álvares doou R$ 860 mil  à instituição nos últimos seis anos

Vilmara Fernandes e Letícia Cardoso

Um total de 1,8 milhão de recursos públicos foi destinado por deputados estaduais para a fundação da Igreja Cristã Maranata. Entre os parlamentares que destinaram os recursos para a fundação Ademar Passos de Barros – no período de 2005 a 2011 – estão Elcio Álvares, Aparecida Denadai, Geovani Silva e Jurandy Loureiro. Os três primeiros são fiéis da igreja; e o último, amigo pessoal do presidente da instituição, Gedelti Victalino Gueiros.

Os valores foram entregues para compra de ambulâncias, subvenções sociais, apoio a entidades filantrópicas, compras de equipamentos e até para melhorias no atendimento. Quem mais fez doações no período foi Elcio (R$ 860 mil), seguido de Aparecida (R$ 450 mil), de Geovani (R$ 410 mil) e, por último, Jurandy (R$ 80 mil).

A fundação leva o nome do primeiro presidente da Maranata, Manoel dos Passos Barros, sogro do atual líder da igreja, Gedelti. Hoje é administrada por Nilson Ladeira. O administrador anterior era Antônio Tarcísio Correa de Mello, cujo nome aparece em um dos muitos documentos relativos ao esquema de fraude montado por membros da instituição.

Crédito

O documento – um comprovante de crédito em conta corrente – teria sido feito por uma parente de José Gomes Filho. De acordo com ele, o valor refere-se ao pagamento de um empréstimo que conseguiu com Antônio Ângelo Pereira dos Santos, o vice-presidente afastado pela igreja e apontado como cabeça do esquema de desvios. “Fui orientado por Antônio Ângelo a depositar na conta de Tarcísio como pagamento de parte de um lote em Domingos Martins”, diz José Gomes, no mesmo documento.

Também participava da diretoria da fundação o coronel reformado da Polícia Militar Renato Duguay Siqueira. Ele foi um dos militares que comandaram a “rebelião de coronéis contra o ex-secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda, após a publicação do livro “Espírito Santo”. A obra relata a participação de militares, incluindo coronéis, na morte do juiz Alexandre Martins Filho.

Desvio

O desvio de recursos na Maranata contava com a participação de pastores, diáconos e até fonecedores, segundo investigações da igreja. Estimativas iniciais apontam para um rombo de R$ 21 milhões. A igreja recorreu à Justiça, pedindo ressarcimento de R$ 2,1 milhões. Além do vice-presidente, o contador Leonardo Meirelles de Alvarenga foi afastado.

A Maranata, por meio de sua assessoria, informou que Tarcísio e Duguay não atuam na fundação há um ano e que as transações que envolvem ao nome deles são particulares.

Ex-deputado não se arrepende de ter apoiado doações

O deputado Élcio Alvares (DEM), a ex-deputada Aparecida Denadai (PDT) e os ex-deputados Geovani Silva e Jurandy Loureiro (PSC) foram procurados por A GAZETA para comentar sobre as emendas parlamentares que apresentaram na Assembleia Legislativa a favor de repasses financeiros do Estado para a Fundação Manoel Carlos de Barros. Somente o ex-deputado Geovani Silva atendeu às ligações.

Ele afirmou que não se arrepende de ter apoiado a doação de recursos à fundação, coordenada pela Igreja Maranata. “Se a igreja está com problemas isso não significa que as emendas também estão. Não há nenhum problema e prova alguma que diga o contrário. Não fiz nada errado”, defende-se Geovani Silva.

Prevenção

Ao todo, entre 2005 e 2011, foram mais de R$ 1,8 milhão destinados para ações sociais. Segundo o ex-deputado Geovani Silva, parte dessa verba, aprovada pela Assembleia Legislativa, foi destinada a programas de prevenção ao câncer de pele. “Visitei os espaços ajudados pela fundação e vi para onde parte do dinheiro foi. Entre os locais está o Cacon (Centro de Alta Complexidade em Oncologia)”, disse.

O ex-deputado frisou que acredita na palavra do presidente da Igreja Maranata, Gedelti Gueiros. “Por ele, boto a minha mão no fogo”, frisou Geovani Silva. Ele, o deputado Elcio Álvares e a ex-deputada Aparecida Denadai são membros da igreja. O ex-deputado Jurandy Loureiro é amigo de Gueiros. (Maurílio Mendonça)

Presidente da Maranata não comparece à delegacia e novo advogado assume o caso

O depoimento do presidente da igreja Maranata, Gedelti Victalino Gueiros, à Delegacia de Defraudações e Falsificações, em Vitória, foi adiado. Ele foi intimado a comparecer no local às 10 horas desta quinta-feira (09), mas o advogado que assumiu a defesa da igreja referente ao inquérito criminal, Homero Mafra, pediu prazo ao delegado Gilson Gomes para analisar o caso.

Nesta sexta-feira (10) o delegado deve se reunir com o advogado. Ainda não há nova data para o depoimento do representante da igreja. Gueiros deve prestar informações sobre um esquema de desvio de dinheiro na igreja.

O inquérito policial foi aberto há três dias, segundo o delegado, com base em reportagens publicadas sobre o assunto. “E já conta com três volumes”, assinalou Gomes, na tarde de ontem, acrescentando que tem recebido diversas denúncias e informações de fiéis. A polícia também recebeu um ofício do juiz da 8ª Vara Cível, Robson Albanez, solicitando que investigasse o caso.

Albanez – denunciado pela Operação Naufrágio por venda de sentenças – decretou, a pedido da Maranata, segredo de Justiça na tramitação do processo. Até o fim da noite de ontem, não estava confirmada a ida de Gedelti à delegacia.

Pastor omitiu bens em sua declaração de imposto

O nome de Antônio Ângelo Pereira dos Santos, o homem que ocupava a vice-presidência da Igreja Cristã Maranata, aparece em documentos de compras de imóveis que não foram declarados ao Imposto de Renda. Ele foi afastado de suas funções – administrativas e religiosas – após ter sido acusado de montar um esquema de desvio de recursos do dízimo.

Um desses imóveis é um apartamento localizado em Valparaíso, na Serra, comprado em 2007. No mesmo município, há outro imóvel em um condomínio fechado que ainda não foi declarado ao Fisco.

No mesmo município e das mesmas construtores, outro membro da igreja comprou imóveis bem semelhantes, que juntos totalizam mais de R$ 600 mil. Essa pessoa – que em 2009 declarou ser solteira e ter como profissão “pavimentador” – passou para Antônio uma procuração com amplos poderes. Há indícios de que essa pessoa seria um dos laranjas do vice-presidente afastado, apontado como o responsável pelo desvio de recursos do dízimo.

Em casa

Há documentos que mostram a movimentação financeira de Antônio Ângelo e que revelam que ele vendeu à própria igreja uma área em Serra-Sede. Documentos mostram, ainda, que Antônio Ângelo atuava nas empresas que prestavam serviço para o Presbitério de Vila Velha. Uma delas é uma empresa de serviços elétricos que o contratou como consultor. Pelo serviço “extra”, praticado em 15 horas semanais, recebia R$ 12 mil por mês.

Há ainda dezenas de cheques e transferências para contas correntes, todas nominais, que foram creditadas na conta de Antônio Ângelo por diversas empresas. Todas prestaram depoimento na investigação feita pela Maranata, revelando que, do faturamento que obtiveram, até 70% eram destinados a Antônio Ângelo.

defesa

O advogado José Luiz Oliveira de Abreu – que defende Antônio Ângelo e o contador Leonardo Meirelles de Alvarenga, também acusado pelos desvios – diz que todo o material obtido pela investigação da igreja não tem relevância e que boa parte dos documentos são anônimos. Acrescenta que seus clientes não tiveram o direito de se defender junto à igreja e que só podem ser considerados culpados após julgamento.

Preocupação com malha fina nos EUA

Uma troca de e-mails entre pastores revela que a remessa de dólares para o exterior chamou a atenção do Banco Central dos Estados Unidos. O comunicado foi feito pelo pastor americano Ben Kennedy a Antônio Ângelo Pereira dos Santos, o pastor que ocupava a vice-presidência da Maranata e que foi afastado após ser apontado como o cabeça do esquema desvio de recursos.

Todo mês, Kennedy enviava a Antônio um relato sobre as remessas de recursos destinados ao Leste Europeu. Em março de 2011, relatou ter recebido um telefonema do representante do Banco Central norte-americano.

“A impressão que tive foi de que estamos em alguma malha fina da auditoria do governo americano, que sempre procura indícios de lavagem de dinheiro e financiamento de terrorismo”, diz Kennedy, em seu e-mail. E orienta: “Talvez seja interessante considerar fazer estas transferências pela Europa”.

A Maranata informou que desconhece irregularidades nesse sentido. Caso tenha ocorrido, terá sido mais uma atitude irregular do antigo gestor. Diz que mantém seu compromisso de apurar as denúncias e exigir, pelos meios legais, a punição dos responsáveis e o ressarcimento do que lhe foi subtraído.

fonte: http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2012/02/noticias/a_gazeta/dia_a_dia/1111561-r-1-8-milhao-doados-a-igreja.html

SEGUROS

Se recuarem as investigações até 1996, por exemplo, aparece o diretor financeiro tesoureiro do PES e dono da Angular Seguros. Ele assinava tudo: cheques que quitavam as faturas do Seguro de Vida dos pastores, funcionários e boletas de clientes (membros da ICM).

Mas usava os cehques Da conta do PES (Banco do Brasil) para quitar faturas de seguros quando deveriam ser quitadas pelo Banco Bandeirantes (conta espécífica). Meio nebuloso esse negócio, né?

Nesse rolo de SEGUROS a liderança estava envolvida. Toda ela…. Essa turma do Peixoto deve explicações…

Lembrem-se: DELAÇÃO PREMIADA é um benefício legal concedido a um criminoso delator, que aceite colaborar na investigação ou entregar seus companheiros. E isso pode ser usado contra os que se dizem “ungidos”… mas agem como ladrões de dízimos e ofertas

Que prodridão!
.
.
Olá,

Na legislação vigente nada encontrei que obrigue o cidadão a suportar este gravame religioso. Não satisfeito, consultei corretores de seguros em cinco das grandes administradoras de seguro da Capital e também estive no BRADESCO e no ITAÚ. Nada de obrigação…

Pela ausência das informações que retratem os termos do contrato do “seguro obrigatório da ICM-ES”, aquele que entender abusiva e ilegal a obrigação de pagar seguro para entrar no Maanaim – onde entende ter direito de receber a bênção prometida – não entra, não recebe a bênção, é discriminado, passa vergonha e pode sofrer exclusão. O Estatuto ordena: “A ICM-PES providenciará a exclusão de qualquer membro que se desviar das doutrinas, normas e orientações emanadas do Presbitério ou contrariarem a natureza da entidade”.

Perguntas que não querem calar:

1. Os cheques administrativos para cobertura dos acidentes ocorridos nas estradas foram expedidos pela ICM-PES ou por alguma seguradora?

2. Os membros da ICM-PES estarão sendo vítimas de constrangimento, dissimulação ou enganação para pagar o “seguro obrigatório da ICM-PES”?

3. Por que este seguro está sendo exigido há tanto tempo?

4. Quantas são as administradoras com que a ICM-PES opera?

5. Qual o valor de cada Apólice de Seguro dos eventos da Semana Santa em todo o País?

6. Soube que ossorrevelô, e o chefe muito religioso imediatamente determinou o seguro dos templos. Quanto isso dá de retorno ao “abençoado” corretor e quem é este felizardo?

7. Você dizima, oferta e ainda é obrigado a pagar “seguro obrigatório da ICM-PES”?

8. Você pode me informar quais os números das Apólices de Seguros que cobriram os eventos de que você participou como inscrito-segurado?

CV

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/04/nota-a-imprensa/comment-page-1/#comment-9563

Subject: Porque saí da Maranata .
Date: Tue, 13 Mar 2012 12:10:05 -0300

A Paz do Nosso Senhor Jesus Cristo.

PORQUE SAI DA MARANATA
Amados,

Após 24 anos de congregração junto a Igreja Cristã Maranata (ICM), cumpre-me apresentar a todos do convívio são que transforma e coordena os da Igreja Fiel, os motivos pelos quais estou me desmembrando da ICM.

Nada tenho a relatar que seja adverso ao corpo da ICM. Minhas indignações, absolutamente pessoais, são contra a forma escolhida pela cúpula da ICM para tratar de assuntos de corrupção no corpo da igreja, que demonstram uma total desconsideração com todos os membros, que, parecem ser tratados como pessoas que não necessitam de informações vitais do local que frequentam para adorar a Deus.

A maioria dos membros vem sendo iludidos e enganados com informações falsas dadas por líderes que demonstram desequilíbrio e apresentam julgamentos nocivos, indesejáveis, precipitados a respeito dos que estão saindo da ICM por entenderem que as ações da Administração Central não se coadunam com o espírito de transparência exigido pelo Espírito Santo de Deus.

Não vou me alongar em trazer discussões sobre o assunto, mas aos que quiserem entender o que se passa, basta acessar na internet o site http://www.gazetaonline.com.br e buscar pela palavra maranata, e terão uma idéia do que se passa. Ocorre que a Administração prefere não se humilhar e aceitar que os ocorridos neste não tão pequeno espaço de tempo aconteceram por falhas dela mesma, e mantem uma postura ditatorial de únicos donos da verdade. Não aprenderam com Pedro o que é humilhar-se e arrepender-se. A omissão ou a negativa de conhecimento é pior do que mentir.

Cumpre-me relatar que o Pr Mário foi um dos que apresentou ao Presbitério as falcatruas que ali ocorriam, e não o principal ladrão, como a maioria tem sido informada pelas reuniões e palavras direcionadas a trazer desgraça sobre o mesmo. Inclusive, todos os que tem funções de obreiro, diácono, ungido ou pastor que se afastaram da ICM por causa dos acontecimentos, tem sido vítimas de juízo infame e constrangedor, só que nada tem a ver com os roubos na ICM. Informes tem dado conta que os acusados continuam na igreja, somente licenciados de suas funções, e acobertados.

Assim sendo, eu e minha esposa estamos saindo do seio da ICM, mas certos de que estaremos , em outra agência de Deus, cumprindo a vontade Dele, realizando a Sua Obra conforme Sua determinação e estaremos orando pelos irmãos que ficam para que Deus os fortaleçam e possam ver que o juízo de Deus se fará sobre aqueles que impedem o conhecimento e o verdadeiro aperfeiçoamento do servo nessa última hora.

Que o Senhor esteja conosco agora e sempre

roberto cesar menezes

Em tempo: solicito a todos os irmãos da ICM que enviem este e-mail aos de sua lista para que haja alcance necessário da presente notificação. Grato

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/03/fabrica-de-meia-solas/

Manchete de um dos Sites de Teixeira de Freitas
Escândalo Milionário pode atingir líderes no Sul da Bahia – Eunápolis, Teixeira de Freitas, Ilheus e até em Teófilo Otoni.
No sul da Bahia, os supostamente envolvidos são apontados internamente como “chefe”, soldado 1 e soldado 2 e teriam apresentado evolução patrimonial não condizente com os seus vencimentos.
Alguém se lembra que foi pra lá que o atual diretor administrativo enviou o seu ex-sócio que fraldava os seguros e entregou uma área na mão um corrúpito que em um ano negociou até os bancos das igrejas e ganhou muito dinheiro com as chamadas “grande evangelização”, tudo com o consultoria do ex-vice presidente, que dizem ter uma pousada lá.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/03/o-clamor-publico/

Ultrapassaram todos os limites do Espírito Santo. Temo que não haja mais lugar de arrependimento no coração de alguns do PES. Seria muito nobre e honroso que Gedelti Victalino Teixeira Gueiros, sim, ele mesmo, o presidente atual da Igreja Cristã Maranata e em nome dessa instituição e pela representatividade de toda família Gueiros e pelo temor a Deus, se arrependesse e confessasse publicamente que errou, não só que errou, mas que levou muitos ao falso profetismo e à falsa unção, ao orgulho religioso, confessasse que manipulou, planejou, induziu, conduziu, criticou, desprezou, difamou, escandalizou, blasfemou, ameaçou, controlou, expulsou, execrou publicamente, condenou retirantes, abusou de autoridade e por fim ensinou, preparou e formou seguidores dos quais hoje são seus fiéis imitadores…

Confessasse que roubou? Isso não. Isso é o de menos na altura do campeonato. Tais denúncias foram apenas a “gota d’água” da situação.

Mas como seria nobre e honroso se ele confessasse publicamente, diante de Deus e dos homens que sempre comandou como braço forte essa Obra como um ditador e que descesse do seu orgulho e confessasse que errou, se arrependesse e pedisse perdão.

Nossa! como seria lindo se ele aos 82 anos encerrasse sua carreira de uma forma tão sensata, aí sim de fato seria um marco na história da igreja cristã no Brasil e ele comoveria não só nossos corações mas também os corações dos céus inteiro – o que em mim tenho a certeza de que até os anjos esperam e torcem por tal atitude.

Tal arrependimento e confissão não seriam vergonha, mas seria a mais pura nobreza de caráter de um Canela verde, dessa forma glorificaria o nome do Senhor, salvaria a sua alma e não feriria a consciência de tantos amigos letrados que se dispuseram prontamente a honrá-lo como homem de fina estirpe, homem de Deus, faço lembrança à Carlos Nejar da Acadêmia brasileira de letras, ao Jornalista e escritor do blog do Renatão entre outros que em respeito e amizade à pessoa do Gedelti prontamente fizeram uso das sua habilidosas penas de escritores à elevar o conceito e a moral daquela instituição e da pessoa do então presidente em face das inquestionáveis denúncias que desde a muito se fizeram notórias.

Longe de mim escrever isso com espírito de condenação ou julgamento, não, não não… o meu desejo é o de ver um coração arrependido e quebrantado, meu desejo é de ver que ainda resta nesse homem um lugar para Deus realizar sua obra de amor na vida dele… porque para mim ainda há esperança… há tempo ainda de voltar atrás!

Meu maior desejo é ver a salvação dele e de muitos que se enveredaram nesse caminho.

Oro a Deus nesse sentido para que ele e muitos, se: “Hoje se ouvires a minha voz não endureças o vosso coração”. Confesso que as vezes tenho a ligeira sensação de que sequer creem de fato na existência de um Deus único e Senhor dos céus e da terra.

Tomara que não!

Fica o meu apelo: Arrependa-te!

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/03/o-clamor-publico/