Posts com Tag ‘presbitério da maranata’

seita maranata - destruindo famílias

seita maranata – destruindo famílias

Imaginem nos Estados em que só 2 ou 3 mandam os absusrdo que não acontecem, se esse conselho presbiteral (ministerio em ruinas) uma pessoa que está sendo acusada de crimes continuar seu lider espiritual (então se qualque obreiro for acusado de: assédio, estupro, sequestro, assassinato, agressão, pedofilia etc… basta ele negar que enquanto não for julgado vai continuar no ministerio) não é mais o ministerio da palavra, a palavra agora é a deles e não a de Deus.

Agora parem para pensar o porque do silencio dos coordenadores regionais e dos estados, esses homens são empregados de um sistema e não mais ministros da palavra, porque todos se beneficiam desse sistema.

Se fizerem um levantamento nos Estados verão o enriquecimento ilicito de todos eles, tem policial militar em Maceio que tem 5 casas, carro, casa de praia, com o salario de cabo da policia.

Agora imaginem o que esses homens se protegem entre si, criaram um staff de quase máfia, um coorporativismos que manipulam tudo que vem de encontro aos interesses deles, e o que é pior bricando com a fé das pessoas, matando as ovelhas e protegendo os lobos.

As igrejas passaram a ser reduto de lobos na pratica de pecados, crimes, muitas vezes de seus proprios filhos que se apossaram de funções independente da condição espiritual, tem igreja em Maceio que esta fedendo, até casos que teriam que serem resolvidos na delegacia, mas o coordenador tem que proteger a sua prole, os filhinhos queridos dele e dos demais pastores.

Estamos vivendo uma falta de confiança no ministerio sem precedente aqui em Alagoas, para isso eles são bem unidos para acabarem com a fé das pessoas,

edson lima transformou algumas igrejas no quintal de sua casa, os seus filhos e os filhos de seus companheiros podem fazer a farra que quiserem que serão protegidos, enquanto muitas ovelhas gemem, eles se divertem os lobinhos.
.
.
https://obramaranatarevelada.wordpress.com/2013/05/18/seita-maranata-a-astucia-da-elite-maranatica-na-arte-do-crime-e-coisa-que-deixou-a-membresia-com-a-mao-no-queixo/

Estou endereçando ao MINISTÉRIO PÚBLICO

CV.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/05/maranata-19-denunciados-por-estelionato-formacao-de-quadrilha-e-duplicata-simulada/#comment-53265

 

Carta de Hugo Gueiros Bernades Filho, Sub Procurador Geral da Republica direcionada ao Conselho Presbiteral.

 

carta do subprocurador da república ao presbitério da maranata

carta do subprocurador da república ao presbitério da maranata

Caro Pastor e Presbítero,

Ofereci-me para falar em nome de pessoas que, em sua maioria, desejam permanecer na Igreja Cristã Maranata, mas estão envergonhadas e tristes com o anunciado desvio de dinheiro e com novas ou antigas práticas do Presbitério e da Fundação, que não são bem conhecidas.

Soubemos que o novo Conselho Presbiteral irá apreciar meu requerimento, daí esta correspondência individual a V. Sa., ilustre Conselheiro (em anexo único, reenvio as questões que compõem esse requerimento).

Talvez alguns dos ilustres Conselheiros estejam propensos a me ver como inimigo pela simples iniciativa de fazer perguntas, o que não parece usual. Acreditem: é o contrário. Tenho a ambição de manter muitas pessoas na nossa Igreja.

Só que os irmãos querem informações fiéis. Cobram a mesma fidelidade que deles se exige por intermédio das seguidas Videoconferências.

Não poderei comparecer pessoalmente. Fui gentilmente convidado pelo Pastor Gedelti a viajar a Vitória e tomar ciência de tudo quanto for do meu interesse, acompanhado de uma ou mais pessoas.

Contudo, espero a compreensão de todos no sentido de que represento pessoas que aguardam um pronunciamento oficial acerca das perguntas. Elas não querem a simples apreciação superficial de documentos por parte de um grupo, mesmo que eu o componha.

Aliás, nem nos convém estar no Presbitério e apreciar documentos. Dias e dias seriam necessários para ver tudo e decerto muitas outras coisas não seriam vistas. Fora daí, o momento é delicado e pessoas de Brasília, em particular as que detém cargos públicos, naturalmente evitam contato com o Presbitério.

Uma coisa parece certa, considerando as circunstâncias. Se as perguntas que os irmãos fazem não forem respondidas (ou pior: se forem ridicularizadas), difícil será a alguns pastores daqui e daí, talvez até mesmo a V. Sa, subir ao púlpito nos próximos meses.

Prestar esclarecimento aos irmãos que, com muita dificuldade, pagam seus dízimos, não pode ser obra do “adversário”, como se procura ensinar. Considerá-los pessoas ignorantes ou maliciosas, que terão “olho gordo” se tomarem ciência de qualquer valor também não seria um argumento razoável. Aliás, o olho gordo transitou confortavelmente por aí, pelo que tem sido amplamente noticiado e já parece reconhecido por todos. Curioso é que agora as informações circulam livremente entre contadores, advogados e empresas de auditoria, todos estranhos à Igreja.

Se V.Sa. votar contra a divulgação das informações, o Brasil e o mundo naturalmente serão conduzidos, no mínimo, a uma dúvida sobre ligação entre V. Sa. e o responsável (ou os responsáveis) pelo que aconteceu. Segundo o dito popular: notícia ruim corre rápido.

Tudo que lhe pedimos é que deixe agir a sua consciência – segundo a sã doutrina que, supomos, lhe foi ministrada desde a juventude – ao invés de jogar no lixo nosso requerimento de informações. V. Sa. é dirigente constituído do Presbitério, responsável perante Deus e os homens por seus atos e omissões.

Não permita, peço-lhe encarecidamente, a presença e a participação do antigo Conselho, ou Comissão, na importante decisão que V. Sa. irá proferir.

Atenciosamente,

Hugo Gueiros Bernardes Filho

ANEXO ÚNICO.

Eis as informações que pedimos, na suposição de que a elas temos direito:

Registro (ainda que simplificado) de patrimônio e movimentação, que possa ser facilmente lido e compreendido, do qual conste, em relação a cada Igreja, bem como ao Presbitério e outros órgãos da Igreja, ou ligados à Igreja, especialmente a Fundação:

• Valores dos dízimos e ofertas arrecadados (valores globais)
• Valores dos investimentos e despesas realizadas (valores dos grandes itens)
• Valores que são repassados ao Presbitério (ou a qualquer outra entidade, como a Fundação) e valores que permanecem na Igreja local
• Registro do patrimônio (basicamente, bens, receitas e dívidas) da Igreja e entidades ligadas, como a Fundação.
• Pessoas físicas ou jurídicas que receberam doações e empréstimos, com seu valor (e registro dos empréstimos que foram solvidos).
• Pessoas físicas ou jurídicas que receberam valores a título de prestação de serviços, compras ou vendas de bens, em caráter contínuo ou de valores superiores a R$ 200.000.00.
• Forma de cálculo do preço, ou forma de concorrência, que a Igreja adota para a aquisição de bens e serviços (inclusive aluguéis e realização de todo e qualquer tipo de contrato)
• Como se estabelece a eventual preferência para membros da Igreja, ou pessoas a eles ligadas, ou por eles indicadas, nessas aquisições.
• Outras informações que possam ser relevantes à comunidade dos membros acerca do uso do dinheiro da Igreja Maranata.
• Razões para que a Igreja apenas agora tenha movido ação contra administrador seu, segundo o noticiário da Imprensa. Os desvios realmente remontam a anos atrás? Quem foram os autores das primeiras denúncias?

Pergunto, ainda:

1. Quando se realizam as assembléias de prestação de contas e como os membros da Igreja local podem fazer para efetivamente participar?

2. Quem são os advogados, contadores e quais os profissionais que influem na administração da Igreja e Fundação e por quanto tempo foram contratados? Qual o custo (mensal ou fixo) quais as suas atribuições e quais os critérios para a sua escolha? Pede-se esclarecer se advogados de pessoas demandadas pela Igreja em juízo, ou extrajudicialmente, foram contratados pela própria Igreja, e porquê.

3. Quando foram (ou serão) contratadas de auditoria externa, o que lhes foi ou será pedido, especificamente, como objeto do seu trabalho? Qual o custo e quais os critérios para a sua escolha?

4. Os membros afastados da antiga administração da Igreja continuam representando-as, no Brasil e no Exterior, ou opinando sobre os assuntos administrativos, por si ou por pessoas intimamente ligadas?

5. O pastor ou membro do Conselho da Igreja responde pela irregularidade da qual tenha ciência, não divulgada e mantida apenas entre os dirigentes? (observo que não desconheço a lei, mas quero saber qual a opinião dos responsáveis).

6. Há alguma norma que proíba a utilização do valor dos dízimos recebidos nas igrejas nas necessidades das próprias Igrejas? Qual é, especificamente?

7. É condizente com as normas da igreja “apelo” para realização de ofertas para a compra de quaisquer bens ou serviços da Igreja, para que com isso não se gaste o valor dos dízimos e ofertas remetidos ao Presbitério?

8. A igreja mantém o trabalho voluntário, sem remuneração direta ou indireta, para todas as funções da igreja, como foi constantemente anunciado nas igrejas e encontros/seminários (Maanains)? Foram criadas exceções? Quando? Qual o valor da retribuição?

9. A Igreja, quando contrata prestadores de serviços e vendedores de bens (pessoas físicas ou jurídicas) realiza concorrências para a aquisição de bens e serviços (inclusive aluguéis e realização de todo e qualquer tipo de contrato)? Quem tem concorrido? Como se faz essa concorrência? Quais as regras? Quais as exceções?

10. Há alguma norma que proíba aos Pastores, e demais irmãos responsáveis pelas finanças de uma Igreja, a divulgação entre os membros da própria Igreja do valor dos dízimos/ofertas recebidas e dos gastos ali efetuados?

Dignifique a obra de Deus com a verdade, é o pedido que lhe faço.
Que o Senhor tenha misericórdia de todos nós.

Hugo Gueiros Bernardes Filho

Estes documentos – Carta e seu Anexo – estão diante dos olhos da ICM-PES e da Sociedade, como um APELO aos devem prestar contas de seus atos e omissões no que diz respeito à administração (“lato sensu”) centralizada desta igreja; o que inclui a esfera doutrinária e ética no contexto da espiritualidade que se esperava e não aconteceu.

Neste triste fim de “jornada de quarenta anos” os descalabros e desvios exigem prestação de contas. O Juízo vem.

Os termos dos documentos foram claros, objetivos e transparentes, ao contrário do contumaz desrespeito para com a membresia e ofensa ao ordenamento jurídico vigente pela parte requerida.

Sei de algo que está abrindo dos olhos dos cegos, fazendo falar os mudos e ouvir os surdos: se aqueles que dominam esta ICM-PES perderam a vergonha, aqueles que os obedecem perderam o respeito por si mesmos.

Por fim, o ninho está sujo… muito sujo.

Pastor usou ‘visão’ para justificar desvio
Envolvido em compras foi preso pela federal
R$ 1,8 milhão doados por deputados à igreja
Igreja contratou sobrinho de presidente
Maranata: “uma igreja que surgiu da luta pelo poder”
Maranata pagou R$ 941 mil em materiais nunca entregues
Milhões arrecadados e livres de fiscalização
Maranata: líder da igreja é investigado

Suspeita de crimes federais serão investigados

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/03/o-clamor-publico/

Bens de pastores da Maranata crescem 6 vezes

Foi a quanto chegou o aumento do patrimônio de alguns dos administradores da igreja, segundo investigação do Ministério Público

Foto: Vitor Jubini – GZ

 Vitor Jubini - GZ

Um total de 26 pessoas, a maioria pastores da Maranata, está sendo investigado pelo desvio de dinheiro do dízimo doado por fiéis

As investigações que apuram o desvio do dinheiro do dízimo doado pelos fiéis da Maranata revelam que os pastores que administravam a igreja podem ter enriquecido de forma ilícita. Um exemplo vem do patrimônio deles, que, nos últimos cinco anos, chegou a engordar até seis vezes. E não fica só aí: a movimentação financeira em suas contas foi até dez vezes maior do que o rendimento declarado ao Imposto de Renda.

A análise das finanças faz parte das investigações que estão sendo conduzidas pelos promotores do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e estão no processo que tramita na Vara de Inquéritos Criminais de Vitória, ao qual A GAZETA teve acesso.

O material serviu de respaldo para que a Justiça autorizasse a busca e a apreensão de documentos e equipamentos na igreja e na casa dos investigados, além do sequestro de bens da instituição e de seus pastores, no final do ano passado.

“Ressaltamos a corrida por retificações nas declarações de Imposto de Renda de boa parte das pessoas físicas alvos do processo, que fizeram acrescer transações, bens e valores até então omitidos para não demonstrar incompatibilidade.”“É possível extrair variadas descrições das práticas ilícitas adotadas por membros da igreja.”Relato dos promotores no processo que tramita na Justiça

Clandestino

Foi a partir da quebra do sigilo fiscal dos investigados que o Laboratório de Tecnologia contra a Lavagem de Dinheiro, do Ministério Público Estadual, acabou confirmando as denúncias sobre a destinação clandestina do dinheiro doado pelos fiéis. “Era utilizado por determinados membros para investimento em bens e vantagens particulares”, diz o relato dos promotores, no processo.

De acordo com as denúncias, com o dinheiro doado foram comprados apartamentos, casas, sítios, carros, e pagas contas de cartões de crédito. Até dólares foram enviados para o exterior na mala dos fiéis. O resultado, segundo relato dos promotores, é uma evolução patrimonial “considerável e incompatível” com a renda declarada.

Enriquecimento

Para exemplificar a situação à Justiça, foram utilizados cinco casos de pastores e suas respectivas situações patrimonial e financeira. “Há exemplos do súbito, injustificado e suspeito enriquecimento de alguns membros da igreja”, relata o texto.

Um dos casos apontados é o de Gedelti Victalino Gueiros, um dos fundadores e presidente da Maranata, afastado do cargo no final do ano passado. A movimentação de dinheiro em sua conta foi sete vezes superior ao seu rendimento, “indicando clara incompatibilidade entre os anos de 2009 e 2011”, diz o texto do processo.

Em 2009, por exemplo, seu rendimento bruto declarado foi de R$ 127 mil, mas a movimentação em sua conta superou os R$ 964 mil.

Sem crise

Não é muito diferente a situação de Antonio Angelo Pereira dos Santos, ex-vice-presidente, que foi apontado pela própria igreja como um dos responsáveis pelo esquema de corrupção. Seus bens, assim como sua movimentação financeira, cresceu mais de seis vezes nos último cinco anos.

Um detalhe curioso é que o seu patrimônio continuou aumentando até mesmo nos períodos em que seus vencimentos estavam em queda. De 2009 para 2010, seu rendimento caiu de R$ 77 mil para R$ 45 mil, mas seu patrimônio foi de R$ 349 mil para 375 mil.

Há ainda o caso do pastor Adaíso Fernandes Almeida, cujo patrimônio saltou de R$ 667 mil para R$ 2,97 milhões em cinco anos; do pastor José de Anchieta Fraga Carvalho, cujo patrimônio triplicou, e sua movimentação financeira foi quase dez vezes superior ao seu rendimento declarado; e também do pastor Alexandre Melo Brasil, cujo entra e sai em sua conta foi oito vezes maior do que seus vencimentos.

Boa parte dessa movimentação ocorreu no momento em que o mundo vivia os reflexos da crise financeira que teve início em 2008 e teve repercussões nos governos federal, estaduais e municipais e até nas empresas nos anos que se seguiram.

Infográfico: Pastores mais ricos

Investigados

Ao todo, 26 pessoas estão sendo investigadas pelo Gaeco como responsáveis pelas fraudes. A maioria fazia parte da administração da igreja, grupo destituído pela Justiça no final do ano passado. Entre essas pessoas estão Gedelti Victalino Gueiros e Antonio Angelo Pereira dos Santos.

O esquema de corrupção que desviou o dinheiro doado pelos fiéis foi viabilizado por intermédio de notas fiscais frias que pagavam serviços superfaturados, segundo as denúncias. Elas indicam o envolvimento de pastores, diáconos e até fornecedores do Presbitério de Vila Velha, que concentra a administração dos mais de 5 mil templos no Brasil, além de outros no exterior.

Segundo relato dos promotores do Gaeco, constantes no processo que tramita na Justiça, o dízimo foi usado até em outras vantagens particulares. “E, para acobertar os desvios e as irregularidades, os envolvidos no esquema criminoso se valiam da constituição fraudulenta de empresas e acordavam a emissão de notas fiscais superfaturadas”, diz o texto.

Há denúncias ainda de que equipamentos eletrônicos foram adquiridos no exterior e importados de forma ilegal. O material teria sido utilizado na montagem de um sistema de audiovisual para a igreja transmitir seus cultos para templos no Brasil e no exterior.

Entre os crimes que podem ter sido cometidos estão estelionato, falsidade ideológica, formação de quadrilha, tráfico de influência, lavagem de dinheiro e até formação de curral eleitoral. Há investigações também sendo feitas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal.

Silêncio

O promotor do Gaeco, Lidson Fausto da Silva, não quis se manifestar sobre detalhes do caso, argumentando que as informações são fornecidas por intermédio de nota oficial do Ministério Público Estadual, quando necessárias.

Silêncio semelhante, segundo as poucas informação confirmadas pelo promotor, vem sendo mantido pelos membros da igreja já intimados a depor. Quase todos têm se recusado a falar, sob o argumento de que só comentam o caso em juízo.

Uma preocupação de que essas pessoas poderiam sofrer algum tipo de intimidação está presente no processo. Promotores relatam as dificuldades encontradas para colher novas provas e depoimentos em decorrência até do “receio de sofrer retaliações, perseguições e difamações na igreja”, diz o texto do processo judicial.

A juíza Sayonara Couto Bittencourt Barbosa chegou a proibir que as 26 pessoas investigadas, incluindo os pastores, façam contato com qualquer testemunha que já foi ouvida ou que ainda vá prestar depoimento. Há pessoas que têm recorrido à Ouvidoria do Ministério Público Estadual e ao Gaeco para fazer suas denúncias por telefone. “Quem liga para o 127 ou 3145-7150 tem o sigilo garantido”, assinala o promotor Lidson.

Resposta

O advogado Rodrigo Horta, que faz a defesa do pastor Adaísio, disse que só fala sobre o assunto em juízo. José Luiz Oliveira de Abreu, advogado de Antonio Angelo, discorda das afirmações dos promotores. Ele garante que o patrimônio de seu cliente é compatível com o rendimento do mesmo e que isso será provado no momento certo, “na Justiça”, assinalou.

Foi por intermédio da assessoria de imprensa da Maranata que os demais pastores citados na matéria responderam às denúncias de enriquecimento ilícito. José de Anchieta informou que o aumento de seu patrimônio “se deve ao trabalho prestado por sua empresa a uma multinacional que lhe rendeu um faturamento especial naquele período”.

Já Alexandre Mello, que também é advogado, explicou que “recebe quantias em nomes de clientes, faz o saque e repasses, ficando apenas com os honorários, o que justifica sua movimentação bancária”.

Convicção

O ex-presidente da Maranata, Gedelti Victalino Gueiros, assinalou que, “de acordo com parecer técnico de auditoria independente, a evolução financeira no período de 2007 a 2011, contrapondo aos dados apresentados pelo Ministério Público Estadual, é compatível com seus rendimentos”. Acrescentou ainda que os dados estão à disposição da Justiça.

A Igreja Maranata, por sua vez, assinala que reafirma sua convicção de que as acusações serão esclarecidas. “A igreja jamais se insurgiu contra qualquer tipo de investigação que esclareça os fatos”, disse em nota oficial, acrescentando que “é com base na transparência e respeito integral à verdade que a Igreja Cristã Maranata confia no rápido desfecho para esse lamentável episódio”.

Entenda o casoDenúncias

No final de 2011,  circularam informações de que o dízimo doado por fiéis da Maranata estava sendo desviado por pastores, diáconos e fornecedores da igrejaMatérias

Após A GAZETA publicar matérias sobre as fraudes, o Ministério Público Estadual abriu uma investigação criminal em fevereiro do ano passado

Rombo

O prejuízo estimado era de R$ 21 milhões, mas a Maranata recorreu à Justiça, pedindo o ressarcimento de R$ 2,1 milhões

Acusados

O então vice-presidente da igreja, Antônio Angelo Pereira dos Santos, e o diácono e contador Leonardo Alvarenga foram apontados, pela Maranata, como os responsáveis pelo esquema de corrupção que desviou o dízimo. Os dois foram afastados de suas funções e processados na Justiça

Investigações

As investigações conduzidas pelo Gaeco revelaram que outros pastores da cúpula da Maranata, incluindo seu líder, Gedelti Gueiros, estavam envolvidos nas fraudes. Seus sigilos bancário e fiscal foram quebrados

Operações

No fim de 2012, os promotores do Gaeco e a Polícia Federal realizaram uma operação conjunta, denominada “Entre irmãos”, em que  foi feita a busca e a apreensão, além do sequestro de bens da igreja e dos pastores investigados

Fonte: A Gazeta

fonte: http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2013/01/noticias/cidades/1390951-maranata-bens-de-pastores-crescem-6-vezes.html

comentário:

E não vamos esquecer as palavras do FUNDADOR gedelti gueiros: “a obra é POBRE!”

CONTINUEM FAZENDO VAQUINHA ENTÃO para comprar cesta básica para quem necessita!!

E o GRANDE FUNDADOR vai na radio maanaim pregando com relógio de ouro que vale 20000 USD ou digamos vale 300 cestas básicas que ele usa no pulso enquanto vocês fazem vaquinhas!! pagam a diferença da conta de energia, limpam, pintam , zelam a obra dele – dele de gedelti gueiros!!

Mas já saíu a defesa do grande comendador e maçon gedelti gueiros – o fundador da maranata e aluno de jim jones:

nota da maranata em defesa de gedelti gueiros

nota da maranata em defesa de gedelti gueiros

TUDO BEM GEDELTI GUEIROS!

Então se tudo está certo – qual seria o problema em você apresentar publicamente os contratos de venda com valores notificados em cartório dessas vendas?

Explique? Alguém REALMENTE acredita que o Ministério Público não teria incluído esses valores de venda? SE NÃO INCLUÍU foi porque gedelti gueiros não declarou!

ESSA cupula da maranata realmente acredita que somente tem BURROS aqui… Se teve venda, alugueis recebidos deveriam constar como “rendimentos”!!!

ISSO não explica a MOVIMENTAÇÃO!!

COM ISSO ELE, GEDELTI GUEIROS, ACABA DECLARAR AGORA PUBLICAMENTE COM ESSA NOTA QUE FEZ UMA FRAUDE NAS DECLARAÇÕES DE RENDA ENTRE 2009 a 2011!!!

QUE OBRA MAGGAVILHOSA hein GEDELTI?

Essa declaração do PES pede ainda mais por esclarecimento!!

Assim como certas mortes no passado GRITAM por esclarecimento!

Pedimos ao Ministério Público Federal e Ministério Público do Estado do Espírito Santo investigação das mortes recentes do Pr. Julio Cesar que morreu de “acidente” no Paraná e da morte do Pr. Cesar Firme que morreu durante um exame de rotina no Hospital Meridional!

Alguém fala de EXUMAÇÃO do corpo de Cesar Firme…

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/11/a-falsa-uncao-gera-morte/comment-page-3/#comment-50013

Morreu Cesar Firme, um dos muitos envolvidos na corrupção instalada na ICM. http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/03/estelionato-religioso/comment-page-2/#comment-49943

No caso do Pr. Julio Cesar foi confirmado que o carro estava manipulado nos freios! E irmãos declaram publicamente que a família dele recebeu uma alta quantia em dinheiro da cupula da maranata para ficar em silêncio.

Além desses dois existe também o caso do policial Joelson que também morreu de acidente fatal e a perícia constatou que TAMBÉM foi mexido nos freios do carro. Ele estava voltando de uma reunião com a cupula da maranata na qual ele negou um serviço “sujo”

https://obramaranatarevelada.wordpress.com/2012/12/28/maranata-explica-para-mim-porque-os-pastores-da-maranata-envolvidos-sempre-morrem-de-acidente-tragico-de-carro/

.

Casos de pedofilia, coito anal, lado obscuro da seita, maçonaria e segredos da obra… http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/12/bando-de-fariseus/comment-page-4/#comment-50004

.
.

Façam cópias dos artigos e distribuam aos membros
http://cavaleiroveloz.wordpress.com/

Leiam os testemunhos de retirantes
http://testemunhosderetirantes.wordpress.com/

O monarca deixou as “marcas do passado”
http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/o-gedeltismo-nos-traiu/

http://diganaoaseita.wordpress.com

https://www.facebook.com/despertacrenteJo629

 

“Por fim, lamenta que tais leviandades construídas por uma dissidência da igreja atentem contra os pilares firmes, que há 45 anos, sustentam a instituição.
“Nota de esclarecimento publicada na Rádio Maanaim em 19/01/2013.

==========================

1) Leviandades construídas por uma dissidência da igreja:
A ICM não quer largar o osso, e continua se utilizando da velha estratégia de desviar o foco do assunto, lançando-o sobre outrem. Estamos por demais acostumados com a tal falácia ad hominem, tão em voga neste forum: “a culpa não é nossa, e sim dos caídos!!!”

2) Pilares firmes com 45 anos de idade:
Hoje todos sabem quem são esses pilares, que uma vez enfraquecidos, promovem a derrocada dessa Obra. Não dão a mínima para a condição espiritual de seu rebanho. São daqueles que dizem que”templo é dinheiro”, e depositam seu futuro financeiro sobre “pequenas igrejas, grandes negócios”.

Denunciar não é leviandade.
Leviandade é aproveitar-se dos menos esclarecidos e/ou favorecidos em benefício próprio;
Leviandade é escravizar multidões em nome de uma “revelação” travestida de divina;
Leviandade é rir-se a portas fechadas da turba cabisbaixa que só pensa em OBDC;

==========================

Meus parabéns à equipe do Jornal A Gazeta pelo belíssimo acompanhamento do caso, e por fazer-nos saber de seu interesse na defesa dos fiéis que [sic] “tudo indica, estão sendo enganados por certos pastores”.

“E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.” Rm 12:2

nada fica oculto mesmo – além de ele ser o presidente da maranata – ele foi o fundador, ele é o autor da maioria das revelações que o povo da maranata acredita virem do Espírito Santo – ele comandou a maranata durante 43 anos. Tudo que os irmãos da maranata hoje acreditam é criação deste homem – por isso se fala em gedeltismo – gedelti gueiros o deus da maranata. gedelti gueiros, bilionário com os dízimos sofridos dos irmãos. gedelti gueiros, autor dos valentes da obra – as mulheres da maranata somente usam saia porque assim ele determinou, as mulheres valentes da obra enfrentam a cada dia o marido não crente porque assim ele as fez crer que só desta foram elas conseguem a salvação. gedelti gueiros, criador do ódio nos corações dos irmãos presos na maranata – ódio contra quem pensa diferente, ódio contra os movimentos – movimentos para ele, gedelti gueiros, são todas as outras religiões! Os irmãos vão negar – mas os testemunhos estão ai! Eles negam por duas razões – para proteger a “obra” – a obra do mau de geldeti gueiros e em segundo negam por vergonha e justificam como a obra do senhor. gedelti gueiros, destruídor da famílias e casamentos. gedelti gueiros um homem sem temor a Deus que até os filhos dos irmãos crentes deixou com feridas nas almas tão profundas para o resto das vidas deles!

https://obramaranatarevelada.wordpress.com/a-falsa-uncao-gera-morte/

Quer provas? Os testemunhos estão ai – milhares e milhares – e cada dia mais estão perdendo o medo de gedelti gueiros com seus pastores falsos que encheram os corações dos irmãos com medo. Irmãos testemunhando em público os sofrimentos que passam por causa das heresias desta seita, desta obra maligna de gedelti gueiros. Corações que deveriam estar cheios do amor de Jesus Cristo usados como recipiente dos ensinos diábolicos do presbitério espirito santense comandando por seu fundador e presidente gedelti gueiros.

Está escrito (2 Jo. 1.9 – RA-SBB):

“Todo aquele que ultrapassa a doutrina de Cristo e nela não permanece não tem Deus; o que permanece na doutrina, esse tem tanto o Pai como o Filho.”

https://obramaranatarevelada.wordpress.com/igreja-crista-maranata-o-desastre-da-heresia-icemita/

PAZ

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/06/discriminacao-e-preconceitos/comment-page-6/#comment-16187

O que mais me incomoda é o Comendador e sua cupula estarem fora da cadeia. Qualquer país mais evoluído as autoridades ja tinham botado toda essa gente na cadeia, e eles agem com maior cara de pau enganando os membros, mentindo
http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/04/nota-a-imprensa/
Isso me incomoda muito, tantos males, crimes(em tese) eu não consigo aceitar, cada dia que passa e o Comendador e sua cupula livres é um tapa na cara da gente.

Revoltante! Deus me de paciência a mim e há tantos que querem a verdade e justiça triunfar! Hoje não tenho muito que falar, pois estou incomodado com essa quadrilha! Falei

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/03/fabrica-de-meia-solas/#comment-15673

Prezado “Cavalheiro” Veloz, o alcance do evangelho vai muito mais além do que uma construção de tijolos à vista com nome de igreja, o Espírito do Senhor Jesus busca o verdadeiro adorador onde quer que ele esteja.

Deus é capaz de usar os meios de comunicação ou qualquer outro meio para salvar e dar paz ao homem.

Nesse sentido, seu blog tem sido um norteador para muitos irmãos que estão decidindo romper com a ICM e buscar a Deus verdadeiramente, se desapegando àquilo que de certa forma trazia segurança para eles (a obra).

Às vezes fico, por horas e horas, lendo os relatos das pessoas. Me alegro em saber que cada vez mais as pessoas estão saindo do hospício e não precisarão mais daqueles remédios paliativos. Mas me entristeço, pois há muita gente sofrendo e lutando para sair desse lugar.

Li um post de uma pessoa que comparou o ambiente da ICM a um hospital, aqueles corredores longos e vazios, escuros, frios, solitários, a enfermeira passa nos horários marcados (madrugada, culto ao meio-dia e culto à noite) para dar o remédio e nunca aparece um médico para saber se você está bem e te dar alta, é algo totalmente sombrio, longe da família, sem o conforto do seu lar, sem poder receber visitas. Assim é o ambiente da casa mal assombrada, e é nessas horas que me sensibilizo com os relatos tristes das pessoas que ainda sofrem nesse local.

Se alguém ainda não rompeu com esse sistema maligno, renda-se agora ao Salvador. Ele já sofreu no seu lugar, não é preciso mais sacrifício, jejuns, madrugadas, listas infindáveis de oração, Deus não requer isso do homem.

O jugo do Senhor é leve. Não se engane a si mesmo. Deixe somente o Senhor te guiar, e não um grupo de pessoas inescrupulosas, homens arrogantes, amantes de si mesmo, pessoas que não tem vergonha de contar mentiras e dizer que o “sinhô” revelou.

Fiquem na Paz!
.
Boa-fé
Download do artigo FUGI DO HOSPITAL em
http://obramaranata.wordpress.com/2011/04/05/fugi-do-hospital/

Paz

CV.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/06/discriminacao-e-preconceitos/#comment-14123

Pessoal, como andam as investigações? cade o MP: preciso dessa desisão para sair dessa igreja o mais rapido possivel, tenho lido todos os comentarios, para eu quero saber o que deu, com essa investigação.

alguem tem noticias?
.
.
ACORDA LUCAS!

DECIDA-SE!

Desde quando alguém precisa de decisão do MP para decidir pelo melhor?
Ficar no minho sujo… muiuto sujo ou romper com sistema e servir ao SENHOR não depende de MP.
O crente em Jesus anda pelas notícias do MP ou na esfera da ação do Espírito de Cristo?

Viu? O som do TAMBOR continua ai nos seus ouvidos.
.
http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2009/12/eu-e-o-meu-tambor/
.
Você não mais poderá dizer: NINGUÉM ME AVISOU.

CV.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/04/nota-a-imprensa/#comment-14045

Para quem ainda vive no mundo da imaginação e não entendeu a “Obra”.

De acordo com o montante dos documentos timbrados dos respectivos cartórios o esquema é diabolicamente simples:

– As empresas contratadas para fazer os serviços da instituição demagógica religiosa eram de sociedade dos próprios contratantes.

– Os serviços eram superfaturados. Por exemplo, um serviço de logística (de nada para coisa nenhuma)  de uma empresa nunca antes existente, sem experiência e com só três funcionários (sócios – entre eles o próprio vice) era contratada por 12 mil reais mensais para 15 horas de trabalho semanais.

– Para burlar o estatuto da própria instituição, eram produzidas procurações nominais com todo poder, para comprar vender e em nomes desses procuradores, não em nome da instituição.

– De posse de todo direito legal, esses homens compravam, vendiam qualquer propriedade da ICM (carros, imóveis, etc.). Não precisando dizer por quanto vendiam nem por quanto compravam. Esses homens vendia e compravam um dos outros. Compravam por ninharia e vendiam por preço alto, superfaturado. Lavando dinheiro e legalizando o produto da fraude.

– Quando não podiam explicar os gastos e o dinheiro que sumia da instituição, eram confeccionadas notas fiscais frias, para tampar o rombo. Esse dinheiro era dividido pelos integrante do bando. Segundo o vice isso era prática antiga, antes de chegar ao cargo.

A parte do líder da organização religiosa:

GG deixava todo esse emaranhado com o vice. Era o vice quem assinava toda a sujeira. GG não queria se sujar nominalmente, preferia ter a sua parte na gang em espécie, em dinheiro vivo, longe dos olhos do fisco.

Só que a quadrilha deixou rastros. Nos contratos, nos cartórios, no patrimônio crescente… NOS DOLARES E NAS CASAS DE CÂMBIO DO SUBMUNDO… Tudo será rastreado pelo MINISTÉRIO PÚBLICO.

DO OUTRO  LADO:

Os pobres fiéis fazem vaquinhas para pagar os aparelhos de vídeos-conferências e comprar todo material de limpeza das igrejas locais. E dando os dízimos de seus trabalhos honestos para alimentar essa quadri: lha de bandidos.

VIDA DE GADO. MASSA DE MANOBRA.

DEUS NÃO TEM PARTE NISSO!!!

Para que ainda não entendeu a “obra”, taí a radiografia.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2010/08/o-rabo-do-diabo-esta-metido-nisto/

Mais um e-mail do Zucarella:

Gostaria de comunicar aos irmãos algumas considerações que tenho recebido de todo país;

1- Recebi um comunicado pedindo ao vice para explicar quem pagou as próteses de silicone das nádegas de sua esposa e dos seios da filha do Cesar Firme, olha esta ele podia dizer para todos, pois como é dinheiro de dizimo, seria uma boa todos os membros procurar saber como é isto. Só o que faltava, até cirurgia de estética para a esposa e filha do Cesar Firme o vice pagou com dinheiro roubado.

2- Regis podia explicar a todos como conseguiu quebrar a empresa do Pr Madela e sem um cruzeiro no bolso e develdo as calças, comprar uma franquia de limpeza de telhados por mais de 50 mil, acho que ele deve ser chamado, está andando de Nissan Zero Km, sei que ele vivia com o vice e com certeza uma parte deste dinheiro desviado são os cala-bocas dos fracos comprados como Regis.

3- Fico com pena dos irmãos que foram envolvidos neste esquema, os inocentes, como farão para retirar seus documentos contábeis deste contados Leonardo Alvarenga, ele vai aprontar com os pobres coitados, alguem já pode abrir sindicância no CRC para ele não fazer tal fato, até um BO na Policia Cívil.
4- Já é de conhecimento de todos que o vice tem se reunido na Econtábil, juntamente com Jefferson e Joabe, lembro a todos que ambos eram e ainda são secretários do Vice e do Presidente.

5- Gostaria de saber pq os envolvidos foram afastadas e estão se baseando em quem para dizer que vão conseguir provar suas inocencias.

6- Recebi um email que Pr Gedelti reuniu todos os colaboradores da sede e Axo Gloria e coagiu a todos dizendo que os envolvidos tem direitos e poderãm convocar assembléias com a Comissão para poderem ter o direito de provar suas inocências, meus amados onde estamos chegando, para onde o Pr Gedelti quer chegar, isto deixa uma enorme dúvida na cabeça do nosso povo. Queriamos que ele explicasse como é isto dele ser o Presbiterio, ele responder pelo mesmo, alguem tem que despertar o Pr Gedelti o mesmo está hipinotizado das mentiras que o vice e sua gangue tem levado para ele. Agora meus irmãos a corda vai estourar para os pequenos, estão retirando aos poucos, varios foram demitidos do PES nestes dias e tudo em troca da preservação do nome da Família Gueiros e do dinheiro que fora arrecadado ao longo dos 43 anos.

7- Sinceramente não sei como será resolvido isto mas está com um cheiro de pizza enorme, vai tudo acabar em pizza, o Pr Gedelti tem dados mensagens que deixam claro que ele não quer sujar o nome da sua gloriosa Familia, mas quer pactuar da mentira que a gangue do Vice tenta inventar para coagir os fracos e necessitados.

8- Acho que não terá jeito, já perdemos muitos estes dias e perderemos milhares, o povo quer resposta e o que o Pr gedelti como presitente tem pregado é que Salamão (Pr Gedelti) precisa preservar a criança (Obra), da mãe que quer cortar a criança (Deve Ser o Pr Mario) da mãe que quer preservar a Obra (o ex-vice), onde vamos chegar meus irmãos, não há mais solução para isto, espero que os pastores do brasil abram os olhos e não se intimidam com a forma como Pr Gedelti quer conduzir as coisas, no grito e emedrontando as pessoas.

9- Chegou a pouco que o Sr ex-vice, Leonardo Contador e Cesar estavam proximo ao PES, viram-nos dentro de um veículo e estavam esperando alguem do PES, meus informantes disseram que ficou aguardando quem eles iriam coagir, me informaram que o Lira da Tesouraria que diga se de passagem é um servo e funcionário de confiança entrou no carro, olha espero que Lira fique firme e diga e continue dizendo a verdade pois ela está aparecendo e estamos entendendo que muitos não querem ve-la. Já fizeram isto com Pr Paulo das antenas, ele não quis assinar a mudança do seu depoimento que fora dado em cariacica e colocaram o Pr Gedelti para conversar e coagi-lo a assinar, onde vamos parar sinceramente não sabemos, estão tentando mudar os depoimentos para tentarem resolver da forma deles.

10- Vamos a tal Comissão de Etica, isto foi mal indicado, como pode indicar um membro para esta comissão de Etica que esta sendo investigado pela Operação Dutt Free que prendeu varios pastores e foram condenados esta semana (PR KAKA), outro que sempre tentou enviar garganta abaixo suas franquias e marketing de rede (PR WALACE), este todos já conhecem e ainda tenta fazer, uma hora era Noni, outra Bigcard outra produtos de beleza, e por ultimo Agua que só existe na eternidade que cura cancer, diabete, epatite tipo C, mas nossa alegria é que existem ali dois homens integros como Pr Idelson e Carlos estes buscaram e chegaram na verdade, só não sei se o PR Gedelti vai querer a verdade, pelo que me falaram hoje eles perderam o tempo deles e o PR Gedelti não vai aceitar, mesmo tendo apurado tudo e visto o quanto roubaram.

11- Fico com pena da informação que recebi a pouco que um Pr auditor fora contratado para resolver, ele não vai conseguir resolver pq esta bem claro meus irmãos que Pr Gedelti após esta data não aceitou e somente afastou os envolvidos para reduzir e diminuir a pressão que os membros da Comissão tem feito sobre ele.

12- Como estamos indo espero que todos envie cartas e emails para o presbiterio, pela circular que recebi na minha igreja aqui na Serra é secretaria@presbiterio.org.br e o endereço é Torquato Laranja 90- Centro – Vila Velha ES – Cep 29100.370, vamos fazer como eles querem vamos agir enviar correspondecias para poder mostrar nossa realção, volto a dizer o oriente esta se partindo pela internet e aqui está nosso meio de não partir a ICM mas sim pedir ao PES que se posicione e resolva, ninguem aguenta mais.

13- Estive no ultimo seminario, foi terrivel, algo errado estava no ar e o cheiro de pizza permanece.

14- Como pastor desta Obra não há mais espaço para mim, aguardo uma solução para saber o que fazer, esperava que tudo se resolvesse mas as coisas estão tomando outro rumo.

15- Esperamos que a Comissão de Etica proteja os que já deporam, para que não sejam coagidos por ninguem a perder empregos e funçoes em troca de mudança do depoimento.
APDSJ
Silencio dos Inocentes

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2010/08/o-rabo-do-diabo-esta-metido-nisto/