Posts com Tag ‘discriminação maranata’

Prezado sr Geremias,

O sr chama a icm de “instituição idônea”, será mesmo? De acordo com o dicionário da língua portuguesa, idôneo quer dizer conveniente, capaz, adequado. Pois então meu sr, seria os ensinos da icm conveniente, adequado? Claro que não, pois uma igreja onde pastores, diáconos erram e continuam errando; praticam e incentivam o sexo anal, não há nada de conveniente e adequado nisso né irmão? Muito pelo contrário, seria incoveniente e ilícito.

O sr acha que os vagabundos aprendem a praticar os crimes através dos noticiários? É claro que não irmão, os “vagabundos” são bem arquitetados e inteligentes. Somos nós, expectadores do bem, que passamos a ter conhecimento de como a coisa funciona no mundo dos “bandidos”. Concorda irmão?

O sr disse que a icm é a extensão de sua casa. Mas, não seria mais adequado a sua casa ser a extensão do Senhor Jesus? Porque trocar o senhorio de CRISTO pela icm? Não seria isso sr, idolatria? Graças à Deus que eu e a minha casa servimos ao Senhor Deus e não uma instituição!

Seria na verdade sr, a icm instituída por Deus?
Claro que não, em primeiro lugar, essa seita nasceu de um racha na igreja presbiteriana, portanto…. ela é “galho”, isso mesmo, galho da igreja mãe e reformada. O sr gg, muito decepcionado, fundou a maranata e diz que foi revelação do sinhô. Sugiro ao irmão aprofundar no livro de Atos e no rumo que a igreja primitiva tomou até à Reforma Protestante, procure conhecer, quem foram os valdenses, albigenses e por diante, e faça uma comparação com os ensinos da icm; ahhhhh meu irmão, quanta coisa fora da bíblia!

O sr afirma que a icm é transparente? O sr, está de brincadeira conosco? Uma certa vez, minha mãe questionou ao pastor a cerca do destino do dízimo, ele disse que ia tudo para o pes e também não sabia de nada. Irmão, igreja transparente, é igreja onde acontece as assembléias extraordinárias ou administrativas com todos os membros, lá é feito o levantamento de ofertas e dízimos mensal, o quanto vai pagar de água, luz, oferta para missionário, compra de equipamento, reparo, ajuda a algum irmão necessitado ou até parente de algum irmão que esteja passando por dificuldades, tudo isso e muito mais com a participação dos membros, sempre em regime de votação, todos tem o direito de opinar. A icm age assim? Eu nunca vi, e o irmão sabe que não existe transparência na seita. Pare de ser menino!

O sr diz que a icm é tão dedicada à população, nunca foi sr, se fosse, vocês iriam abraçar os pobres e não discriminá-los, iriam visitar os asilos, cadeias, conversar com o ímpio e não virar as costas. Se dentro da própria seita, os mais humildes são desprezados e nunca recebem ajuda, como o sr pode afirmar que esta igreja dedica à população? Somente fazer grandes evangelizações não adianta nada, se não tiver as obras. Somente pregar aos cativos, oprimidos, pobres, sem lhes ofereçer ajuda ( comida, roupa, remédio, soccorro), invalida a pregação, pois a palavra nos diz, que, a fé sem obras é morta. Sinceramente, eu nunca vi a icm prestar esse tipo de obra a ninguém!

Pois então sr, como bons cidadãos e conhecedores dos nossos direitos, continuaremos com o cv, denunciar todo tipo de erro existente na icm ( enriquecimento ilícito de pastores, avareza, heresias, incentivo ao coito anal, discriminação e preconceitos…) a fim de abrir os olhos de quem está cego, como o sr, e possam ser libertos do sistema opresssor, dessa seita maldita, e desfrutar do verdadeiro evangelho de Cristo!

Pense!

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2010/07/a-conspiracao/#comment-50121

PERGUNTAS QUE NÃO QUEREM CALAR!

igreja cristã maranata - perguntas que não querem calar!

igreja cristã maranata – perguntas que não querem calar!

CV,

Eu também ando cansada desse maranatês medíocre.

Não dá nem vontade de responder, mas, já que o o irmão Joilson quer sugestões de solução para a icm-pes, e a irmã Firme nas Promessas respondeu muito bem, eu vou fazer algumas perguntas para ver se o irmão tem alguma resposta.

Quero saber irmão Joilson se:

– A icm tem solução para os lares que ela destruiu,
casais que ela separou e os filhos que ela colocou contra seus pais?

– Que solução a icm tem para os jovens perdidos para o mundo e para as drogas, muitos deles filhos de dirigentes da igreja, jovens estes que se encontram desesperançados com tantas decepções e falta de cuidados e atenção da igreja?

– Qual a solução para irmãs que envelheceram acreditando em falsos dons e em promessas de contrair matrimônio nos galpões do maanaim e agora, com o ciclo reprodutivo interrompido com a chegada da menopausa, amargam uma vida de frustração e solidão vivendo sem a esperança de ter marido e filhos?

– Que solução a icm tem para os estão precisando de tratamentos psiquiátricos e psicológicos e que agora fazem uso de medicamentos de tarja preta? Pessoas estas que estão com traumas profundos na alma, causados por esta seita?

– Qual a solução para os prejuízos na vida financeira e profissional dos irmãos que interromperam seus estudos devido ao excesso de atividades e reuniões nas unidade locais e maanains? Deixaram de se reciclarem de fazer concursos por não terem tempo para estudarem.

– Qual a solução para o isolamento familiar e social onde perdemos o contato e o convívio com os nossos queridos? Ou você acha que somos iguais ao GG que somos inimigos dos nossos parentes? Não. Nós amamos nossos parentes mas a seita nos afastou deles.

– E para os homens da icm que perderam a personalidade e identidade tornando-se infantis e manipuláveis com cabresto preso ao pes?

– Qual é a solução que a icm tem pra curar as feridas profundas que ela causou na alma dos retirantes que estão sofrendo pelo caminho?

– E a solução para os que estão traumatizados com a discriminação e preconceitos que sofreram dentro desta seita?

– E o que você sugere quando encontramos pessoas das quais sentimos vergonha por termos pertencido a uma seita herética, sectarista e que dissemina o ódio religioso como esta?

– Qual a solução para reaver os amigos e bens que perdemos e para o prejuízo espiritual ocasionado pelo isolamento em que vivíamos todos esses anos, devido ao orgulho religioso, ao narcisismo e discriminação?

– Que solução você tem para a nossa vergonha de ver o presidente da igreja que frequentávamos estar com foto estampada no jornal e que mostra que ela está sendo investigada por vários tipos de crimes(em tese)?

Você tem uma solução para isto irmão Joilson?

Pois eu tive uma solução perfeita para esta pouca vergonha toda que foi

SAIR!

E esta é a única solução para o crente de verdade: É sair do meio desse lamaçal de crimes(em tese), heresias e mentiras.

Que dia a icm ouviu alguém? Que dia alguém pode sugerir alguma coisa ali dentro? Tudo tínhamos que engolir calados, obedecer a tudo que vinha do pes via circular ou pelo chatélite.

Agora temos este espaço para denunciar os desmandos que sofremos e não para remediar icm. Ela não tem remédio porque nunca quis as Verdades Bíblicas e se enveredou pelo rumos das heresias, apostasias e mentiras na base do “ossorrevelô”.

Quem vai revelar a solução para a icm-pes agora vai ser a justiça como MPES-MPF-PF-TJ-CIA-INTERPOL não sei mais qual autoridade porque são tantas as ramificações dos crimes(em tese) que o MPES até já sugere a existência de umaorganização criminosa cf. http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/04/nota-a-imprensa/

“…informa que instaurou o Procedimento Investigatório Criminal – PIC n. 005/2012 no dia 08/03/2012, com o objetivo de investigar, identificar e especificar condutas de membros da Igreja Cristã Maranata, supostamente integrantes de uma organização criminosa especializada e responsável por crimes de estelionato e outras fraudes, bem como crimes contra a fé pública, ordem tributária e lavagem de dinheiro, ludibriando fiéis com o desvio de numerários oferecidos para determinadas finalidades ligadas à Igreja em proveito próprio e de terceiros, pessoas físicas e jurídicas (compostas por interpostas pessoas) vinculadas à quadrilha.”

Meu nome?

Eurípia Inês.

PS.: Quer mais postagens de minha autoria?

Acesse http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/06/discriminacao-e-preconceitos/O CV nos informa que esse artigo discriminação e preconceitos apresenta 350 postagens publicadas, o que significa cerca de 120.000 palavras, ou seja, mais de 150 pgs. A4. Um livro…

Ainda diversos artigos aqui mesmo neste blog, diga não àSeita.

Paz

Eurípia Inês.

Base do artigo publicada em http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/12/triste-fim-de-jornada-de-quarenta-anos/comment-page-4/#comment-23097

fonte: http://diganaoaseita.wordpress.com/2012/12/13/perguntas-que-nao-querem-calar/

“Todo aquele que ultrapassa a doutrina de Cristo e nela não permanece não tem Deus; o que permanece na doutrina, esse tem tanto o Pai como o Filho.” (2 Jo. 1.9)  

A boca fala do que está cheio o coração.

Ando cansado desse maranatês medíocre: clamor pela Obra…, homem é falho…, ligados no homem…, momento profético…, não olhem o homem…, o Senhor vai cobrar… Obra como forma de vida… Obra filho único… projeto de Deus para esta Obra… quem sai desta Obra perde a salvação e não leva Jesus nem o Espírito Santo…

Ando cansado de gente irresponsável e negligente que está pastordependente do falso profetismo (assim como o coxo depende das muletas quebradas que ferem os sovacos).

Clichês maranáticos baseados na associação DEUS = OBRA é o comum no maranatês. Neste modo de pensar aquele que ama a OBRA ama a Deus; aquele que segue a doutrina da OBRA, é a Jesus que está seguindo. Este é o entendimento do formatado icemita e enquanto intoxicado com a ideologia OBRA COMO FORMA DE VIDA.

Comece a compreender a mentalidade persuasiva e pseudocarismática do dominador do rebanho. Com essas falsas premissas acontecem coisas e falas que devem ser notadas:

  1. a membresia deduz que desacatar aos mandos e desmandos da liderança religiosa é desagradar ao Senhor. Triste!
  2. cada um desses amados irmãos em Cristo é conduzido à convicção errada que gera opinião errada e muitos preconceitos religiosos.
  3. os icemitas entendem que em tudo dependem dos emissários do presbitério, sem os quais não conseguem encontrar respostas.

Este artigo apresenta frases que NUNCA deveriam ser ditas.

igreja cristã maranata - discriminacao narcisismo e orgulho religioso

igreja cristã maranata – discriminacao narcisismo e orgulho religioso

“Esta OBRA é minha vida e morro por ela e sacrifico minha família por ela.”

“Eu absorvi a OBRA, fui ungido pelo presbitério e como PASTOR DA OBRA sacrifico minha vida pessoal para cuidar de você… e de sua parte espero reconhecimento”.

“Eu não acredito que você esteja com medo desse demoniozinho… leve o oprimido pro anexo e cante uns louvores que este homem se acalma. Depois saia pelo corredor e dá um jeito de ele ir embora… porque ele não vai… ABSORVER A OBRA.”

“Eu preferiria que você não tivesse vindo para esta OBRA.”

“Eu só prego dentro da revelação de OBRA FILHO ÚNICO.”

“Faço tudo por amor a você e nada recebo em troca.”

“Fruto podre?! Não!!! Se você, DEVEDOR DA OBRA, falar assim de novo, te ponho no banco… entendeu?! Tá duvidando do meu DISCERNIMENTO DE OBRA? Tô com 30 anos de OBRA! Te ponho no banco uns 6 meses pra aprender a obedecer… e se você não se consertar eu repito a DISCIPLINA DE OBRA; porque nesta OBRA O MINISTÉRIO ESTÁ ACIMA DOS DONS.”

“Já te disse que somente ESTA OBRA tem uma DOUTRINA PERFEITA. Então, ossorevelô pra você deixar de lado a profissão pra trabalhar nesta OBRA PERFEITA… e nada vai te faltar porque ESTA OBRA… ESTA OBRA… NESTA OBRA … OS FIÉIS VIRÃO PARA ELA.”

“Não quero saber de parentes… parentes são os meus dentes.”

“Não! ESTA OBRA nada tem de avarenta… as coisas são transparentes. Os relatórios enviados batem com a realidade de cada unidade local. Se alguém tem alguma dúvida vá ao presbitério que lá os livros ficam abertos e a contabilidade é feita com transparência. Essa coisa de Ministério Público é encenação. Não existem crimes no PES. Se alguém cometeu crime só pode ser julgado na eternidade porque ESTA OBRA não pode ser julgada pelos homens.”

“O que você quer? Melhor, mesmo, é sair da MESCLA e aceitar a OBRA… porque ESTA OBRA… ah! ESTA OBRA é… não tem outra…. é a ÚLTIMA OBRA!”

“Odeio meus parentes, especialmente aqueles que estão na MESCLA; mas esta OBRA…. Ah! Esta OBRA É FILHO ÚNICO… os fiéis vão vir pra ela.”

“Os dons do Espírito estão operando somente NESTA OBRA. Ah! Nada existe melhor no mundo do que ossorrevelando no culto profético. Eu chego e logo pergunto: tem dom? E logo aparece os dons que direcionam o culto. Dependo dos dons DESTA OBRA. Sem os dons não prego. Você duvida do que eu prego? Estou preso na OBRA e PREGO OBRA!”

“Parentes só servem pra dificultar o ENTENDIMENTO DE OBRA. Não querem me obedecer e nem seguem o meu exemplo de OBRA. Não odeio os parentes que não tem OBRA; mas fico longe deles porque a OBRA É PURA… Só a OBRA tem a mensagem para o mundo.”

“Por que você não é como aquele SERVO DA OBRA?”

“Quando eu era da sua idade, ia a todas as madrugadas, aos cultos ao meio dia, , fazia todos os jejuns e bom aluno na escola; casei-me com mulher de frente da OBRA, fiz mais de cinquenta SEMINÁRIOS DA OBRA ainda ajudo minha mãe a cuidar da casa dela… bom filho né? hehehe.”

“Quem me dera se o Brasil aceitasse ESTA OBRA!”

“Quer saber? Estou ressentido com algumas coisas erradas lá no PES; mas Istoé com eles que perderam a PAIXÃO PELA OBRA. O que eu tenho com isto?”

“Se você sair desta OBRA nunca vai ser nada na vida.”

“Tenho um filho único que era o meu EXEMPLO DE OBRA; mas ele não quis receber a UNÇÃO, desobedeceu a revelação e estuda. Então eu disse pra ele: desobediente não tem vez aqui dentro de casa, porque nesta casa fica quem TEM OBRA. Pode sair!!! Ele saiu, não sei como ele vive e é melhor ficar no mundão do que sair da OBRA.”

“Você, DIÁCONO, está agindo como um bebezinho. Devia sentir-se envergonhado por ser tão infantil. Eu sou modelo de PASTOR DA OBRA… segue o meu exemplo. Eu já fui posto no banco umas seis vezes – número de homem, né?; mas continuo firme nesta OBRA, porque ESTA OBRA É MINHA VIDA.”

“Você, SERVO INÚTIL, não aprendeu o que é OBRA e por isto NÃO TEM OBRA.”

“Você não APRENDEU OBRA e não passa de SERVO INÚTIL. Veio da MESCLA,  mostrou não tem parte nesta OBRA. Está dispensado…. VAI EMBORA!… e não volte pra MESCLA por lá não tem PALAVRA REVELADA…”

igreja cristã maranata - discriminacao narcisismo e orgulho religioso

igreja cristã maranata – discriminacao narcisismo e orgulho religioso

Certamente, V. já ouviu estas e outras frases nos seminários da Obra pela boca do icemita-mor ou de alguns dos defensores dogedeltismo (os quais nada mais são do que emissários do PRD – leia-se: palácio da rainha desfigurada.

Desde o início a ideologia de Obra andou no centro dos errosespalhou o medo, gerou meias-solas mercenários e oportunizou banquete de ladrões. E pasmem! Esta sujeira já chegou ao TJ-ES e ao STF. O Diabo balança o rabo neste poço de iniquidades.Frases como essas NUNCA deveriam ser ditas.

Mas o que fazer com esses intoxicados com a linguagem do não-pensamento geradora de espiritualidade estúpida e mesquinha?! por isso o clamor é notório e público.

Não terá Deus compaixão desses milhares de amados irmãos oprimidos pelo jugo do dominador  do rebanho?

fanático instigado pelo ódio religioso é muito perigoso (fontes seguras nos informam da existência de retirantes marcados para morrer).

O gedeltismo distorceu as Escrituras, errou e continua errando comfalsa unção, falso batismo com o Espírito Santo, falso profetismo,instigação do ódio religioso, meias verdades e muito teologismo.

O mais fácil é inventar “visão” com a justificativa de que os negócios são autorizados por Deus. Destaco a reportagem de A GAZETA – ES:

“Para os maranatas, a visão é um momento espiritual especial. Funciona como uma manifestação divina. Uma revelação. Surpreendemente, documentos colhidos nas apurações sobre os devios de recursos provenientes da Igreja Maranata estabelecem uma ligação entre esse lado espiritual e outro, bem mais material. Notas de compra do lote de documentos investigados trazem a anotação de “visão”, indicando que a transação foi aprovada por conta de um momento espiritual especial.

Isso ocorre, por exemplo, com uma nota de compra de equipamentos eletrônicos para a igreja. A anotação está em um dos recibos investigados por fazerem parte de um esquema de corrupção para desviar recursos provenientes do recolhimento do dízimo, montado na cúpula da instituição.”

O poder corrompe, especialmente o poder religioso. Os fatos mostram que o monarca pseudocarismático, quadragenário e religioso imita o bispo de Roma. O resultado ai está: a iniquidade transborda.

Por fim, o desespero de muitos é que o ninho está sujo… muito sujo.

Pastor usou ‘visão’ para justificar desvio
Envolvido em compras foi preso pela federal
R$ 1,8 milhão doados por deputados à igreja
Igreja contratou sobrinho de presidente
Maranata: “uma igreja que surgiu da luta pelo poder”
Maranata pagou R$ 941 mil em materiais nunca entregues
Milhões arrecadados e livres de fiscalização
Maranata: líder da igreja é investigado

Suspeita de crimes federais serão investigados

Porém, o amor de Deus vai além, muito além do grande mal que meias-solas mercenários fazem contra eles mesmos e contra o rebanho do SENHOR.

Simplesmente espero na compaixão de Deus para curar as feridas dos milhares de amados crentes em Jesus ainda de presos neste sistema.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/11/discriminacao-narcisismo-e-orgulho-religioso/

Amados, pensando nos males que a denominação ICM tem promovido ao longo dos anos, seria mesmo justo, sensato, correto e cristão não levá-la a responder na justiça por algumas de suas práticas danosas, uma vez que não são cristãs? A exemplo do que tem acontecido entre as TJs, estariam eles agindo errado? Estariam ferindo algum princípio cristão?

É correto e cristão ver alguém ser maltratado e omitir-se?

Vejam o vídeo, leiam o artigo e comentem:
.
http://www.youtube.com/watch?v=tPCQHmyhgus
.
Um caso de intolerância praticado contra um membro afastado da congregação religiosa Testemunhas de Jeová levou o Ministério Público Federal (MPF) no Ceará, por meio da Procuradora da República Nilce Cunha Rodrigues, a ingressar com ação civil pública na 8ª Vara da Justiça Federal contra a Associação Torre de Vigia de Bíblias e Tratados, e a Associação Bíblica e Cultural de Fortaleza, que respectivamente representam a igreja no Brasil e no Ceará.

O procedimento visa que a denominação religiosa acabe com práticas de discriminação contra pessoas que se afastam ou são afastadas da igreja, sugerindo como penalidade a aplicação de multa no valor R$ 10 mil, por cada ato que venha a ser identificado.

Para a procuradora autora da ação, a prática adotada pela igreja revela-se “ostensiva e intolerável discriminação religiosa, afrontando os princípios constitucionais da dignidade humana, da igualdade, da solidariedade, da liberdade de associação e da liberdade de consciência e de crença, e não pode ser tolerada pelo estado brasileiro”.

Continue lendo:
http://www.opovo.com.br/app/opovo/fortaleza/2011/07/29/noticiafortalezajornal,2272960/mpf-entra-com-acao-contra-igreja.shtml

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/07/esta-ficando-muito-perigoso/

Meus irmaos
eu li os comentarios acerca de preconceitos vivenciados na ICM. Fiquei estarrecido e confesso que jamais vi tamanha maldade nem por parte do mundo.

se vc chegar em qualquer farmacia deste pais e pedir um analgesico, com certeza te darao quanto mais um pedaço de esparadrapo. Mas eu queria um pouco a respeito da minha vida, eu sofri por parte de um sujeito que na condiçao de ungido do sinhô uma perseguiçao implacavel que acabou por me deixar sem o diaconato e quase me embrenhar de corpo e alma no mundo, este sujeito tem uma pousada na chegada de Jacaraipe – ES, e por conta dessa perseguiçao, fui acometido de enfermidades que ate hoje nescessito de tratamento, primeiro surtei, sai de casa sem destino e fui parar em Teresina – PI, mas graças a Deus pelo fato de ser PM, fui acolhido num quartel da PM do Piaui, tendo sido feito contato e minha esposa e ela ido me buscar naquele estado, totalmente transtornado e sem ter noçao do que estava fazendo.

Amados foi muito sofrimento, sem falar a vergonha diante dos irmaos da igreja e da minha familia, e nunca fiquei sabendo o que realmente aconteceu. Hoje sofro de labirintite, pressao alta, insonia e tomo remedios controlados, aquilo que eu mais amava, que era estar na presença do senhor, servindo como obreiro, me foi tirado de uma forma covarde e traiçoeira, quase perdi minha familia, mas o Senhor operou de uma forma tao eficaz, pois fez que minha esposa suportasse todo o peso do meu sofrimento e ficou do meu lado, orando pela minha vida, e sem perguntar nada, nao sei o que aconteceu e nunca mais tive noticias do meu algós, mas uma coisa eu sei, Deus tem cuidado de mim, pois continuo na sua presença, os milagres tem acontecido a cada dia, o sofrimento , depois de alguns anos tambem se foi e hoje glorifico a Deus por estar vivo e na sua presença, nao fui socorrido, por homem nenhum, mas pelo proprio ESpirito Santo, que com sua graça e o seu amor me deu todos os livramentos que precisa.

Fica meu testemunho para aqueles que se sentem perseguidos por estes falsos pastores, Irmaos nao desanimem, confiem no Senhor, Deus vai cuidar de tudo. COM A MEDIDA QUE MEDIRDES SERA MEDIDO, E AINDA VOS SERÁ ACRESCENTADO

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/06/discriminacao-e-preconceitos/#comment-13035

A paz do SENHOR Jesus Cristo a todos os meus amados irmãos.

O preconceito visto no mundo até certo ponto é aceitável, mas não quando se trata de pessoas que se consideram irmãos, ligados pelo sangue de Jesus o qual é a comunhão intimidade diária como uma grande família. Bem. Vamos ao assunto em questão.

Eu presencie alguns anos atraz situação parecida com minha sogra ela sofria de insufissiêcia renal crônica e recém convertida, liberta da idolatria que vivia, entregou-se ao nosso SALVADOR,e logo foi ao Seminário. queria receber uma BENÇÃO, além dessa enfermidade ela não escutava bem, saimos do interior para Manain de PE. Não é muito distante, mas para uma pessoa com esses problemas chega a cansar-se.

infelizmente ela passou mal, a pressão dela subiu muito e fomos pra enfermaria, ela foi atendida por uma médica que logo nos perguntou: o que essa mulher está fazendo aqui? além de ser doente dos rins, não ouve nada… Fiquei decepcionada e respondi pra ela que ela tinha ido buscar uma benção, como ela tambem estava ali pra receber a dela.

Como nos enganamos, achando que tudo é uma benção, as pessoas são uma benção, a obra é uma benção, os Manains, as bancas, as telhas….e tudo que é relacionado a obra!!!!!!!

Ainda estou no ninho. Minha sogra recebeu a sua benção ha cinco anos. O Senhor a CHAMOU. Eu meu esposo e cinco filhos (um jovem, um adolescente e três crianças) estamos não sei até quando, pois eu e meu esposo nos preucupamos com eles. para onde ir?

estamos vivendo um momento muito delicado, os comentarios são semelhantis, não falamos mentiras, é real, fomos enganados, ou nos deixamos enganar? essa pergunta nos fazemos constantimente. Se formos falar tudo, o espaço ainda é pequeno, o tempo é pouco, enfim fica para depois. QUE O NOSSO DEUS E PAI,TENHA MISERICÓRDIA DE TODOS OS SEUS FILHOS,inclusive de mim e minha familia.

CV, obrigada pela oportunidade e liberdade que temos de falar o que sentimos neste BLOG QUÉ É UMA BENÇAO. A paz do senhor a todos.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/06/discriminacao-e-preconceitos/#comment-13035

Realmente é um absurdo, uma espécie de assédio moral diário e velado.

Pelas enfermidades que eu possuo, enquanto estava na ICM, não podia participar de determinadas atividades da ICM (madrugadas, limpezas, mutirões e outras).

Sempre que não participava, mesmo que com justificativa prévia, eu era (veladamente) cobrado nos cultos. Olhares de canto de olho, desconfiados, condenatórios.

Eu não compartilhava com essas práticas e as condenava educadamente, com questionamentos imediatos. Nunca tolerei esses absurdos. Só por não concordar já era visto como “questionador”, “murmurador”.

Quantas vezes presenciei irmãs com graves problemas de saúde limpando templos enormes, porque era dito a elas que se elas assim fizessem o Senhor as curaria.

Da mesma forma, irmãs e irmãos eram coagidos a estarem nas madrugadas, mesmo em dias de chuva e frio. Depois a conta da farmácia chegava e ninguém perguntava se eles tinham condições de arcar com os remédios.

Sem contar a produção desenfreada dos sentimentos de culpa e medo no coração dos membros. Eles se sentem culpados por faltarem a madrugada ou a limpeza, sentem que não serão abençoados ou salvos.

Ora, a salvação não é pela graça? Na ICM não.

Mais um exemplo: Certa vez um “pastor” que diariamente espancava (e ainda espanca) as ovelhas de púlpito conversou com um irmão e deu a entender que o problema dele (depressão) era era causado por falta de busca ao Senhor. Misericórdia! O “pastor” coordenador desse outro “pastor” ficou sabendo disso e NADA fez.

São esses aspectos que tornam a ICM uma igreja com fortíssimas características de seita.

Está doente? É falta de fé. É falta de madrugada. É falta de participação na limpeza.

E o pior é que isso é um círculo vicioso, pois os mais novos são induzidos a agir igualmente aos mais antigos e, assim, também são inseridos nesse ambiente maligno de cobrança e perseguição.

Isso é evangelho meus irmãos?

ISSO É EVANGELHO???

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/06/discriminacao-e-preconceitos/#comment-12960

Meu Deus!!!

Eu fiz parte disto que a si chama igreja cristã por longos anos…

Lendo o comentário da irmã Eurípia veio como estalo na mente o drama de uma amiga (entre tantas outras vidas…) que levei para esta seita. O filho dela é autista, rapaz lindo. Foram abandonados pelo marido e pai e vivia ela quase que exclusivamente para o filho, 24 horas por dia, os 7 dias da semana, pq nem visitar a nova casa do pai este filho autista podia, pq o pai não fazia caso. Em desespero ela saiu do catolicismo e foi para os pés do Senhor clamar por sua vida e pela vida do filho. Estava cansada da luta, da solidão. Cansada da lida diária com o filho que por vezes em crise tinha que ficar isolado. Mas quando não estava sem crises, ela o levava pela mão aos cultos e não se despregava dele por nada. Ela como mãe atenta sabia quando o filho estava alterado e não o levava para lugar algum. Todos os dias que podia estava na igreja.

Até que um dia alguém na igreja pediu que ela não mais levasse o filho. Eles, disseram, estavam evitando que acontecesse algo que viesse a escandalizar a famigerada “obra” se caso o rapaz se descontrolasse no culto e agredisse alguém. Afirmaram que eles não ficariam sem assistência, que seria designado alguém para ir em sua casa e orar por eles todos os dias.

Sim, foram alguns dias, até que nunca mais voltaram. Ela ainda pediu várias vezes que alguém fosse lá os visitar para orar, mas nunca mais voltaram. Nem pastor, nem obreiro algum, nem irmão de qualquer cargo ou função ou sem. Simples assim! Abandonaram os dois por completo.

Um irmão da DITA religião sentiu-se tocado e dar esta assistência junto com a esposa e passaram a ir lá todos os dias. Mas o dia que a esposa dele não podia ir, o irmão tb não ia, pq o seita nao permite mulher receber em sua casa outro homem que nao seja da sua família… Então para “preservar a obra da maranata” ela pedia ao tal irmão de outra igreja que não fosse orar em sua casa estando sozinho.

Por certo Jesus seria repreendido na maranata por ter sido visto conversando no poço de Jacó com a samaritana, sem nenhuma outra pessoa por perto e tb seria recriminado e posto no banco por visitar constantemente a casa de Marta e Maria…

Esta seita enxerga aquilo que eles consideram mal com muita destreza, mas onde precisa ter os olhos atentos e ser ágil é sempre cega e inerte. Eles não gostam mesmo, definitivamente de pessoas sem dinheiro, sem poder, sem beleza física, sem ostentação (por isto alguns ainda que não tenham nada, procuram ostentar que têm no afã de serem melhor aceitos) e tb não gostam de gente que questiona, de gente feia, gente aleijada, gente obesa, gente com problemas mentais, gente que cometeu erros no passado (as famosas “marcas do passado” – o deus deles não tira estas marcas, é como eles, é inoperante: uma vez com marcas, para sempre com marcas) gente afinal que tenha algo QUE ELES VENDO, a desejem…(carne).

E todos os que se identificam o Jesus sem beleza e sem formosura, enfermo e cheio de dores tal qual descrito em Isaias 53 são preteridos (deixados de lado, desprezados) na seita maranata, pq eles não gostam de gente assim. Aliás, eles não gostam é de gente, gostam de robos bonitinhos e formatáveis, e quem já viu robo ter passado? Nem passado nem marcas. Se as tiver será deixado de lado, como foi esta minha amiga com filho autista e tb a irmã Eurípia. Para esta seita estas são marcas que não se encaixam no ideal deles de igreja perfeita, então desprezam e passam por cima sem pestanejar!

http://www.bibliaonline.com.br/acf/is/53

Quantas vidas que se foram dos caminhos do Senhor escandalizadas por situações vividas dentro de seitas como estas duas irmãs viveram? Pela misericórdia do Senhor estão ambas de pé, mas quantas outras que se foram para nunca mais voltar?? Que o Senhor conceda à estas vidas um caminho novo, novas experiências com cristãos verdadeiros e as conduza para Seu caminho com mão forte!

E que Deus tenha misericórdia dos falsos “leões e lobos” em pele de pastores.

A todos que se sentem de alguma forma rejeitados, desprezados, e que sentem que alguém os evita escondendo o rosto para não os encarar de frente, e deles não fazem caso algum: Vcs não estão sozinhos! Jesus experimentou tudo isto, toda esta dor e descaso, Jesus conhece este turbilhão de sentimentos de rejeição, e muitos milhares de servos dEle em todo mundo tb passam pelo mesmo. A nossa terra não é aqui, há um lar eterno sendo preparado para nós e lá nunca mais haverá pranto nem dor, estas coisas terão passado para sempre! Por hora o que nos cabe é nos libertarmos de vez das amarras deste tempo na seita, nos perdoar e caminhar para frente ajudando outros a fazerem o mesmo.

Mas Jesus vai além e nos mostra no final deste capítulo 53 de Isaías o que devemos fazer: Interceder pelos transgressores. Eles não sabem, mas necessitam disto.

Tenham todos um domingo abençoado!

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/06/discriminacao-e-preconceitos

Li um artigo do médico Drauzio Varela, a respeito de doenças psicossomáticas, e gostaria de compartilhar com os amados irmãos.
Durante longos 2 anos da minha vida, sofri com uma doença terrível: a síndrome do pânico. Esse diagnóstico chegou e transformou minha vida de uma pessoa saudável, ativa e que não tomava nem analgésico sequer, passei a utilizar 11 comprimidos diariamente.
Foi devastador. Usei todos os recursos disponíveis: medicamentos, terapia, e o amor e compreensão da família foram oásis no deserto. O Senhor me socorreu, falou comigo de uma maneira ímpar e eu venci essa doença.
Todo esse calvário, porém, passei em silêncio com meu Deus e minha família.
Na ICM as doenças psicossomáticas são tratadas como “opressão”. Quantas vezes fazia um esforço enorme para conseguir chegar à igreja para ouvir que o “crente fiel não tem depressão, não fica triste, não tem síndrome do panico etc”. Se alguém tivesse qualquer doença de natureza psicológica era tido como “caído”.
Caso eu tivesse a audácia de conversar com meu pastor sobre isso, certamente eu e meu marido perderíamos todas as funções(isso era o mais importante!?) e certamente meu marido seria “marcado”. A sinceridade não é bem-vinda na seita.
Mas lendo esse artigo percebi que era assim que eu vivia, mas Graças a Deus que pelo seu Espírito Santo me resgatou desse sistema opressor…espero que os que ainda não se decidiram, o façam também pelo bem da sua saúde!

Vamos ao artigo:

“Cerca de 70% das doenças são psicossomáticas, veja algumas formas de evitá-las. Para ser mais saudável,
TOME DECISÕES:
A pessoa indecisa permanece na dúvida, na ansiedade, na angustia. A indecisão acumula problemas, preocupações, agressões. A história humana é feita de decisões e para decidir é preciso saber renunciar, saber perder vantagens e valores para ganhar outros. As pessoas indecisas são vítimas de doenças nervosas, doenças gástricas e de problemas de pele.
BUSQUE SOLUÇÕES:
Pessoas negativas não enxergam soluções e aumentam os problemas. Preferem a lamentação, a murmuração, o pessimismo. Melhor é acender o fósforo, que lamentar a escuridão. Pequena é a abelha, mas produz o que mais doce existe. Somos o que pensamos. O pensamento negativo gera energia negativa que se transforma em doença.
NÃO VIVA DE APARÊNCIAS:
Quem esconde a realidade, finge, faz pose, quer dar a impressão que está bem, quer mostrar-se perfeito, bonzinho e etc…está acumulando toneladas de peso, uma estátua de bronze com pés de barro. Nada pior para a saúde do que viver de aparências e fachadas. São pessoas com muito verniz e pouco conteúdo. Seu destino é a farmácia, o hospital, a dor.
ACEITE-SE:
A rejeição de si próprio, a ausência de auto-estima, faz com sejamos algozes de nós mesmos. Ser eu mesmo é o núcleo de uma vida saudável. Os que não se aceitam são invejosos, ciumentos, imitadores, competitivos, destruidores. Aceitar-se, aceitar ser aceito, aceitar as críticas, é sabedoria, bom senso e terapia.
CONFIE:
Quem não confia, não se comunica, não se abre, não se relaciona, não cria laços profundos, não sabe fazer amizades verdadeiras. Sem confiança não há relacionamento. A desconfiança é a falta de fé em si, nos outros e em Deus.
VIVA SEMPRE ALEGRE:
O bom humor, a risada, o lazer, a alegria, recuperam a saúde e trazem vida longa. A pessoa alegre tem o dom de alegrar, de contagiar o ambiente em que vive. O bom humor nos salva das mãos do doutor…alegria é saúde…alegria é terapia.”
SER UM DESERTOR FAZ BEM PRA SAÚDE TAMBÉM…
Com amor,
Débora

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/06/discriminacao-e-preconceitos

Alguém consegue explicar a desestruturação familiar nessa Maranata?

Alguém consegue explicar a atual e intensa motivação do maranatêsnos púlpitos das unidades locais da ICM-PES em perseguição aosretirantes?

Alguém consegue explicar como aconteceu que a elite da ICM-PES deixou-se estruturar em mitos religiosos?

Alguém consegue explicar o despudor do sumo sacerdote que manipula os emissários do palácio com o maquiavélico voto de cabresto?

Alguém consegue explicar a novidade de vigílias com profetadas e revelagens de curas de dor de cabeça, enquanto cadeirantes, doentes crônicos, doentes em estado terminal e até alguns membros portadores de cuidados especiais continuam desprezados na casa mal-assombrada?

Alguém consegue frear o potencial de destruição que o “outro evangelho” realiza na mente do icemista, nele instigando o ódio religioso com o dissimulado propósito de defesa da monarquia pseudocarismática e quadragenária cognominada de Obra Maravilhosa ?

E o que fazer, se inescrupulosamente o dominador do rebanho espalha agressões, maldições e meias verdades; nunca deixa de lado os ardis dalinguagem do não-pensamento (entenda esse artigo para entender o maranatismo pseudocarismático); e nunca fecha a boca dos meia-solas reformados prenhes de profetadas e revelagens?

Enquanto os comparsas dos ladrões de dízimos profetizam de si para si mesmos e os honestos são tidos por traidores, peço a Deus que levante alguns Estêvãos ainda que ao peso do enfrentamento com a morte. Certamente, se Deus lhes enviar um Esteêvão, o sinédrio o matará.

Não tenho outro modo de dizer: famílias inteiras foram prejudicadas com profetadas e revelagens. No canto da boca de cada um delesespumas de ódio e olhar de serpentes. Quarenta e dois anos e milhares de famílias feridas. Não tenho outro modo de dizer: o gedeltismo falhou e o maranatismo está moribundo.

Ora, a formatação é impressionantemente profunda na mente do icemita de carteirinha, a ponto de acreditar que pode receber unção do Senhor pelas mãos de autoridades eclesiásticas envolvidas com ilícitos penalmente puníveis (em tese). Mas a falsa unção dá em frutos podres. E mata! E isso arde na consciência do cristão médio.

Ora, se a estupidez da heresia instiga o ódio religioso na alma de bobos da corte facilmente manipuláveis, quando é que o sistema religioso deixará de discriminar os diferentes? Quando os emissários do palácio da rainha desfigurada lançarão fora preconceitos contra pessoas que precisam de cuidados especiais?

Que o ninho está sujo… muito sujo, milhares compreenderam e por isso as estradas estão cheias de retirantes. Mas como explicar isso para o formatado, se além de não distinguir entre o santo e o profano, prefere continuar casa mal assombrada comendo pão bolorento e aos goles de suco de uvas de veneno? Quem lê entenda.

Querem saber? O gedeltismo perdeu a noção de “igreja de Deus… corpo de Cristo” e mergulhou em certa espécie de eclesiasticismo herético:  nem evangélico, nem pentecostal. Pois vou lhes mostrar o exemplo de culto público que jamais caberia na mente do maranatismo pseudocarismático (Mt. 15. 30-31):

“E vieram a ele muitas multidões trazendo consigo coxos, aleijados, cegos, mudos e outros muitos e os largaram junto aos pés de Jesus; e ele os curou. De modo que o povo se maravilhou ao ver que os mudos falavam, os aleijados recobravam saúde, os coxos andavam e os cegos viam. Então, glorificavam ao Deus de Israel.”

Se alguém não se importa com falsos dons nos cultos proféticos como frutos de heresias ensinadas nos seminários na base da linguagem do não-pensamento; entenderá como natural a negativa de pedaço de esparadrapo ao necessitado ao procurar ajuda urgente em posto médico do sistema (enquanto os chefes dos balcões de negócios constróem ilhas de fortuna e os Judas gozam os mórbidos prazeres dos roubos).

NOTA:

Evite comentário/postagem em CAIXA ALTA.

O artigo é específico. Observe o FOCO: estarei reunindo postagens sobre o assunto da discriminação e preconceitos contra doentes crônicos, pacientes em estado terminal, portadores de necessidades especiais…

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/06/discriminacao-e-preconceitos