Aniversário da rainha desfigurada…

Publicado: 1 de fevereiro de 2017 em Obra revelada

“Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente. Quem dera fosses frio ou quente! Assim, porque és morno e nem és quente nem frio, estou a ponto de vomitar-te da minha boca.” 

 (Apocalipse 3.15-16).

A cada momento precisamos tomar decisões que afetam a outros e a nós mesmos. A Ética Cristã ajuda-nos a encarar valores e deveres de uma perspectiva correta: a perspectiva de Deus. A Ética Cristã é especialmente importante para a vida diária do cristão dentro e fora da igreja. Ela não somente mostra o quanto o crente e a liderança da igreja estão distantes dos alvos de sal da terra e luz do mundo, mas os ajuda a insistirem e progredirem em direção a esse ideal.

Aquele que age com Ética

  1. não dá lugar ao Diabo e detesta o Mal.
  1. não constrói oligarquia para dominar a igreja.
  1. não contrata marqueteira para tentar tapar a cara desfigurada e escandalosa da Instituição.
  1. não corre atrás de ovelhas de outros pastos; mas proclama aos perdidos a salvação em Cristo Jesus.
  1. não ameaça, nem corrompe funcionário do presbitério para mentir em Juízo.
  1. não despreza angustiados, cadeirantes, cansados, doentes, necessitados e oprimidos pelo Diabo; pelo contrário, realiza as “obras de Cristo”.

Aquele que age com Ética

  1. não destrói documentos da administração eclesiástica evitando descoberta de fraudes.
  1. não desvia dinheiro da Tesouraria da Instituição para os bolsos de mercenários palacianos.
  1. não despreza, discrimina e enxovalha dissidentes ao pediram esclarecimentos dos negócios eclesiásticos.
  1. não dissimula interesses inconfessáveis com a ideia de que importa é ser malandro na orgia do tá tudo certo.
  1. não escancara portas às doutrinas de demônios nem aos espíritos enganadores.
  1. não esmurra o corpo da Instituição a ponto de desfigurar sua imagem e reputação.

Aquele que age com Ética

  1. não espalha fofocas e meias verdades entre a membresia.
  1. não estimula a fábrica de notas fiscais frias para o fim de se eximir de obrigações tributárias.
  1. não fabrica dossiês com factoides com o intuito de desconstruir reputação de questionadores.
  1. não foge da honestidade de responder às indagações por mais objetivas que possam.
  1. não impõe o peso de forçar produção de dons em culto profético como condicionamento inquestionável ao sistema.
  1. não incentiva negócios nebulosos entre falsos mestres e falsos profetas palacianos.

Aquele que age com Ética

  1. não instiga o ódio religioso contra questionadores e retirantes do sistema.
  1. não interpreta as Escrituras tendenciosamente para defender uma ideologia oligárquica e pseudocarismnática.
  1. não leva a igreja à apostasia comunitária, erros doutrinários graves, falsas profecias, heresias e incredulidade que é o princípio da rebelião.
  1. não mente quando indagado por Membros do Ministério Público em Procedimento Investigativo que apura crimes e formação de quadrilhas em denominação eclesiástica.
  1. não mercadeja o “evangelho da graça de Deus”, nem impõe “outro evangelho” na base de distorção das Escrituras.
  1. não mergulha em um estelionato espiritual com irremediáveis prejuízos para os prisioneiros do sistema.

Aquele que age com Ética

  1. não frauda relatórios nem nega transparência.
  1. não nega o salário ao pastor porque “digno é o trabalhador do seu salário”.
  1. não pactua com aquisição ilegal e penalmente ilícita de componentes eletrônicos para o satélite.
  1. não pastoreia ninho de serpentes.
  1. não penaliza o neófito com cargas, deveres, obediência inquestionável, sacrifícios e trabalhos voluntários.
  1. não perde o sentido imutável, poderoso e profundo da realidade das coisas divinas e celestiais.

Aquele que age com Ética

  1. não permanece surdo aos reclamos dos doentes, dos necessitados, dos oprimidos e dos perseguidos pelo sistema.
  1. não permite entre o povo as palavras dos falsos profetas que enchem as ovelhas de esperanças vãs.
  1. não permite entre o povo aquilo que não vem da boca do SENHOR, mas dos que seguem as visões do seu coração enganador e impenitente.
  1. não prega ideologia Obra como forma de vida, mas anuncia o “reino de Deus”.
  1. não permite negociação nebulosa e milionária com caixas de som favorecendo sobrinho.
  1. não permite que o pecado construa tropeços; mas se sente envergonhado por haver negligenciado deveres pastorais.

Aquele que age com Ética

  1. não recorre ao Judiciário provocando tumultos no curso de investigações ministeriais.
  1. não repete mentiras tentando transforma-las em verdades.
  1. não se apropria de dinheiro do caixa da igreja.
  1. não se entrega à avareza, que é idolatria.
  1. não se presta a mercadejar testemunha para mentir em Juízo.
  1. não se refugia em chicanas e malabarismos processuais; antes, confessa a iniquidade e restitui o que não lhe pertence.

Aquele que age com Ética

  1. não se ufana, não se ensoberbece, nem toca trombetas em assembleias legislativas para ser visto pelos homens.
  1. não semeia ventos, ciente de futuras e poderosas tempestades.
  1. não será matéria na Mídia com destaque de bens milionários em muito superiores à renda declarada.
  1. não subjuga os homens com excesso de obrigações e o peso de reuniões que não lhes permitem o descanso com esposa e filhos.
  1. não transfere propriedades da Instituição para membros de sua família.

Autoridades públicas esclarecem a prisão de pastores que ameaçavam testemunhas, inclusive juíza de direito e promotor de justiça. Denúncia de crimes: apropriação indébita, duplicatas simuladas, estelionato qualificado e formatação de quadrilha. Denúncia de improbidade administrativa envolvendo pastores. Procedimento da Receita Federal cobrando tributos da Maranata e envolvidos nas falcatruas.

Fatos mencionados em demanda judicial trabalhista em face da ICM-PES escancaram as feições da hipocrisia da elite governante: Gedelti Gueiros acusa o funcionário de estar endemoniado e o coloca de joelho em reunião secreta.

Milhares de maranatas romperam com o sistema porque não dá pra continuar acorrentado à igreja de falsos profetas, Judas e mercenários palacianos com múnus de pastores. O comando do monarca é o de sempre: custe o que custar, mantenham o sistema. Por isto mesmo os falsos dons correm pelas unidades locais como fogo em palha seca.

O Ministério Público disse (ação penal 0081634-86.2013.8.08.0024):

Instituição que em seus próprios petitórios reconhece sua condição de vítima de ilícitos mas, na prática, adota condutas que impedem a responsabilização de todos os que a prejudicaram, circunstância que denota o comprometimento deletério dos envolvidos na direção da Entidade.

Porque deixei crescer dentro de mim o mal que destruiu tantas vidas?

Que igreja é esta? Estar ciente dessas coisas e continuar como devedor de Obra não é agonia de consciência?

Resta a pergunta que não quer calar: na perspectiva de Deus qual a totalidade do dever moral e social do cristão?

Se fosse possível declarar isto em uma só sentença, poderíamos fazê-lo com as palavras de Jesus (Mt 22. 37,39):

“Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração,

de toda a tua alma e de todo o teu entendimento…

e amarás o teu próximo como a ti mesmo”.

 

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2016/09/aniversario-da-rainha-desfigurada/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s