igreja maranata – A OBRA SEMPRE TENTOU MAQUEAR A IMAGEM, PARA FICAR BEM NA FOTO

Publicado: 29 de março de 2013 em Fatos obra maranata, Obra revelada
Tags:, , , ,

A OBRA SEMPRE TENTOU MAQUEAR A IMAGEM, PARA FICAR BEM NA FOTO!

PELOS DADOS DA PESQUISA DATA-FORA DA OBRA, OS NÚMEROS NÃO FECHAM!

A arte de mentir, divulgando qualquer valor para a membresia, valia para alguns anos atrás, mas agora ninguém é mais bobo, e em uma simples análise, podemos chegar à conclusão que a empresa de estatística da obra, denominada Data-fora, está acostumada em superestimar os números de qualquer coisa que envolva a seita maranata.

O número de membros já é algo obscuro, pois se ouvem várias estimativas, mas todas para cima. Falam em 700.000, outros em 1.000.000 e alguns mais otimistas, chegam ao montante de 1.700.000 de membros em todo o mundo.

Bem, vamos aos dados oficiais?

Colocando o “pes” onde eles efetivamente devem estar, ou seja, no chão, informamos os dados oficias sobre os membros da maranata no país:

Segundo dados do IBGE, órgão oficial brasileiro responsável pelo recenseamento da população do nosso país, fruto do último censo de 2010, a Igreja Maranata teria 356.021 membros no país.

Isso mesmo, não tem choro nem vela, em 2010, não havia nem 700.000, nem 1.000.000, nem tampouco 1.700.000, e sim 356.021 aprisionados na ostra da obra maranata no Brasil. Se você acreditou em algum dado diferente, só lamento!

Em que pese estejamos falando de dados oficiais do Brasil, alguém acredita que a tal “obra no exterior”, filial internacional da Work Corporation, teria mais de 1 milhão de pessoas, para serem somadas aos pouco mais de 300.000 do nosso país?!?!? Óbvio que não!

Veja você mesmo o Censo Demográfico 2010 nos links extraídos do sítio do IBGE, e verifique a veracidade de nossa informação:

ftp://ftp.ibge.gov.br/Censos/Censo_Demografico_2010/Caracteristicas_Gerais_Religiao_Deficiencia/tab1_4.pdf

ftp://ftp.ibge.gov.br/Censos/Censo_Demografico_2010/Caracteristicas_Gerais_Religiao_Deficiencia/caracteristicas_religiao_deficiencia.pdf

Considerando ainda, que após 2010, inúmeros retirantes encheram as estradas, e que todos têm conhecimento, esse valor diminui vertiginosamente, carecendo de um novo censo atual, mas que podem chegar até 30 % menos do que isso, ou seja, estimando-se uma quantidade de membros atual de aproximadamente 250.000, e ainda sendo muito otimista!

Ressalto ainda que o censo não cita outros tipos de maranatas, pois existem homônimas no país, e aí esse número pode cair ainda mais.

Bem, agora partamos para os dois mega eventos, que são considerados marcos na história da seita:

Segundo dados da própria maranata, 100.000 pessoas teriam ido ao Mineirão, no dia 21 (bem que poderia ser 1º) de abril de 2006. Acontece que a capacidade do estádio é de cerca de 65.000 pessoas, sendo que houve superlotação em um dia de partida de futebol, que chegou ao público aproximadamente de 113.000 pessoas, mas havia gente saindo pelo ladrão. Nas imagens do dia, quando do culto da seita, o estádio não estava lotado, para que pudesse ter 100.000 pessoas, como o informado, senão não haveria lugar vago nas arquibancadas, haveria muito desconforto, a geral estaria toda tomada, mas não é o que podemos ver.

Veja na página cujo link apostamos abaixo, de uma das unidades da icm:

http://icmbrumado.com.br/evangelizacao.htm

Veja agora, no link abaixo, o registro do dia de maior público no Mineirão, e compare as fotos dos dois eventos:

http://globoesporte.globo.com/platb/blog-do-futebol-mineiro/2012/03/22/publico-recorde-da-historia-do-estadio-mineirao-completa-22-anos/

Repare que a geral, por exemplo, que é a parte de baixo do estádio, sem cadeiras, no dia recorde de público, estava completamente tomada, enquanto no culto da icm estava praticamente vazia.

Sobre o evento na praça do papa, no último dia 10 do corrente mês, as incongruências também não faltaram:

– foi anunciado um público presente de 123.000 pessoas, e ainda ventilou-se que 15 mil teriam ficado de fora, sem conseguir acesso ao local do evento.

Voltando ao valor da quantidade de membros, se mantivéssemos os 356.021 para 2013, contabilizados em 2010, o público informado como presente, na praça do papa, seria equivalente a aproximadamente 35 % do total de membros no país?! Agora, considerando o número mais realista de prováveis membros, já que as baixas estão superando em muito os acréscimos, e isso é notório, pois nunca se viu tanta gente se debandando da seita maranata, ou seja, supondo um total de 250.000 membros no país, o quórum da praça do papa teria atingido a marca equivalente de aproximados 50 % do total de membros, caso a informação dela fosse correta! A própria denominação divulgou que houve 26.000 visitantes, o que chega-se à conclusão lógica, que a predominância era de membros!

– Além disso, outra questão mal explicada, sobre o evento na praça do papa, foram os gastos para a mega festa, antecipada em sete meses, do aniversário. O valor está sendo estimado, em média, entre R$ 8 a 10 milhões. Nesse ponto, chamo a atenção para um artigo interessante no site Terra. Veja:

http://noticias.terra.com.br/brasil/visitadopapa/interna/0,,OI1569057-EI8325,00.html

É citado no artigo acima, datado de 23 de abril de 2007, que a praça do papa teria sido orçada em cerda de R$ 8 milhões, e que teria previsão de entrega da obra concluída no final de 2007.

O que quero destacar é que, por baixo, o evento da maranata daria para dar uma bela reforma na praça do papa, ou até mesmo construir uma outra praça, talvez com um monumento a gedelspapa, em outro lugar! Que desperdício!

Os católicos fizeram um evento, que deve ter saído caro, mas que ao fim, resultou em um benefício para a população, quando foi construído um local mais sofisticado, bem localizado, para eventos, inclusive tendo sido usufruído pela maranata, sendo que o próprio papa doou U$ 100.000,00 para o Estado, conforme informa o mesmo artigo, mas estes últimos, da seita, pegaram milhões de sua membresia, dos dízimos e ofertas, rasgaram e jogaram fora, os quais se esvairam junto com a desmontagem de toda a estrutura hollywoodiana da obra, não restando absolutamente nada. Judas, cadê o dinheiro?

http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/01/judas-cade-o-dinheiro

Outro fator que depõe contundentemente contra esses dados é a imagem do evento na praça do papa, que repetiu o caso do Mineirão, ou seja, não estava tão tomada de gente assim. Veja:

Vejam quantos pequenos “miolos” há dentre a multidão! Reparem comparativamente com  a visita do papa, em 1991, e que resultou na efetiva construção da praça, em homenagem ao ocorrido, no vídeo abaixo:

Para esse evento do catolicismo, estima-se que compareceram cerca de 100.000 pessoas. Reparem também a organização, que nada ficou a desejar com relação ao evento de 10/03/2013, da obra, ou seja, perfumaria não é tudo, além de não garantir salvação de ninguém.

As constatações são claras que a obra tentou sempre, na história, transformar a imagem de um gato em um leão! A possível atuação de uma marqueteira só vem a tentar acentuar essa característica, que sempre existiu na obra.

Lembram das estatísticas dos eventos nas unidades locais, nas “pequenas” grandes evangelizações, de autoridades, universitários, colegas de trabalho, familiares, crianças, secundaristas, e outras sem propósito algum, que sempre eram jogadas para mais, enquanto não víamos quase ninguém, diferente do ninho, comparecendo?

Leia nosso artigo em http://diganaoaseita.wordpress.com/2012/10/25/pesquisa-data-fora-para-maria-vai-com-as-outras/

Outra pergunta: quantos permaneceram mesmo na Salvação em Cristo, decorrentes das grandes evangelizações, tanto do Mineirão quanto da praça do papa? Se fossem muitos, podem ter certeza que fariam questão de apontar, também com uma boa maquiagem, para turbinar a imagem!

Coisas de Esaurinha…

Paz e Graça,

Alandati.

fonte: http://diganaoaseita.wordpress.com/2013/03/25/a-obra-sempre-tentou-maquear-a-imagem-para-ficar-bem-na-foto/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s