igreja maranata – vidas ceifadas tiveram seus corpos jogados próximo ao porto de Vitória onde os peixes comem tudo……

Publicado: 16 de março de 2013 em Fatos obra maranata, Obra revelada
Tags:, , , , ,

Graça e Paz amadoss!!

os mortos (assassinatos?) não falam mais

os mortos (assassinatos?) não falam mais

Tem muita gente que fez muita coisa errada com dinheiro de dizimos na ICM que agora vive “escondido” e com despesas pagas, para que fiquem de “bico” calados!

Em Curitiba residiu por poucos meses o unico filho de um dos pastores da cúpula. Ele contou-me de próprios lábios as “falcatruas” do PES. E, para se manter calado, o próprio PES pagava o aluguel dele com todas as despesas inclusas, colégio do filho, combustível do carro e uma quantia mensal para mercado, roupas, calçados…

Foi nessa época que nossos olhos se abriram….
Foram dias de angústia e muito chorooo!!

Ele até comentou que vidas ceifadas tiveram seus corpos jogados próximo ao porto de Vitória onde os peixes comem tudo…….

Quase surtamossss, entramos em desespero total e aí iniciamos nossa avaliação no que ouvíamos, e entendemos o quanto éramos manipulados… tem muita coisa para sair de debaixo do tapete…..

Graça e PAZ
.
.
Clicélia,

Cartão sem lites?

Gastança para os ricos à custa da miséria dos pobres?

Minha irmã,
a respeito da denúncia em
http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/03/prisao-de-pastores-da-maranta/comment-page-3/#comment-51723
aguardamos resposta.

O clamor é notório e público
http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/03/o-clamor-publico/

O poço de iniquidades começou a ser destrancado… e o poço não tem fundo.
http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/02/poco-de-iniquidades/

CV.

fonte: http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2013/03/o-preco-da-seguranca/#comment-51841

 

 

Comentário:

O poço de iniquidades começou a ser destrancado… e o poço não tem fundo MESMO!

De São Paulo os irmãos estão pedindo em cooperação com o Ministério Público de São Paulo – tudo que está sendo “revelado” é somente a ponta do iceberg.

Do sul do país irmãos nos chamam para entrar em contato com o Ministério Público – porque gente “morreu” que tinha “conhecimentos” do esquema de contrabando.

O grito mais alto vem de Minas Gerais de Governador Valadares/Vale do Aço – que é controlada pelo Daniel Morreira. Policiais se “glorificando” que já mataram em nome da obra e a comando dos donos da obra!

Quero deixar o recado a estes irmãos:

Está na hora – dirigam-se ao Ministério Público e denunciem. Peçam proteção ou façam a denuncia anônima! Falem nomes, datas e endereços se conhecerem. Ou falem aqui!

O Ministério Público do Espírito Santo está trabalhando com forças que vieram de fora do estado! A infiltração dos membros “escolhidos” à mão pelo gedelpapa estavam usando os cargos para ABAFAR. Da forma que abafaram a denuncia do Hospital Gloria.

Provas foram entregas no ministério Público em 2002 que um familiar dos donos da obra estava transferindo pacientes dos hospitais publicos convencendo eles que nos hospitais do SUS corriam perigo de infeções e morte. Enviava os pacientes já com “recibo” em mãos para o hospital da maranata no bairro Glória – aonde estão esses recibos? Eles sumiram do antigo Ministério Público!

Nesse mesmo hospital também teve um caso de pedofilia de um médico da maranata que foi abafado. O silêncio dos policiais e familia da vítima comprado com o dízimo. Em 2002.

Em Vila Velha/St. Dumond o “pastor” coordenador junior adora atirar em serviço em “criminosos”. Ele também adora fazer viagens para Italia pagas com o dízimo e com malas “cheias” para entregar ao coordenador na Italia “Pastor” Gean – que está “podre” de rico com apartamentos de frente para o mar em Vila Velha!

Esse coordenador da area de St. Dumond, que também foi segurança do ex-governador do Espírito Santo com certeza sabe qual é a relação entre maranata e a morte do Policial Joelson Caetano que morreu com um carro sem freios vindo de uma reunião com a cupula da maranata – um carro que tinha poucas semanas que saiu da concessionária! Nessa reunião lhe foi “pedido” ou dado a ordem para um serviço sujo que ele não aceitou! Negou a ordem do PES e morreu!

A cada dia se torna mais necessário investigar certas mortes como as do Policial Joelson, do Julio César no Paraná e do Pastor Firme que morreu em um exame rotina em um hospital controlado pela cupula da maranata.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s