testemunho de um obreiro da maranata

Publicado: 1 de março de 2012 em Testemunhos de obreiros, servos, pastores, diaconos
Tags:, ,

CV.
Depois de muito tempo acessando seu blog observando os comentários, resolvi escrever este texto que gostaria muito que fosse publicado. Concordo com quase tudo que as pessoas dizem, não acho que ofender as pessoas seja o melhor caminho mesmo que elas estejam enganadas ou enganando. Certo é que aqui na ICM eu já vi de tudo, e quando penso que acabou ocorre uma coisa ainda mais cabulosa, infelizmente tenho que lhe dizer que as coisas não mudaram um milímetro sequer, por quê? Porque esta instituição foi construída com requintes de esperteza. Depois de duas décadas, acho que tenho atributos para descrevê-la: é uma espécie de sociedade mecânica, com artifícios e dogmas em que um indivíduo ou um grupo se autodenomina mentor intelectual e os demais são suficientemente simples para acreditar e ponto final. A estratégia agora é dizer que Deus está limpando a vinha, e os membros estão acreditando piamente, aí de quem se opor a esta lógica. Até que eu poderia acreditar nesta lógica, mas eu fico a pensar: se os bons são os que vão ficar na ICM, então ela vai ser reduzida a uns 10%, se a limpeza da vinha está chegando ao final aí tá osso porque uma boa parcela dos que estão no comando tem caráter duvidoso. Tem caráter duvidoso sim, não me venha com esta conversa de que estou inventando para por pessoas em dificuldades, se eu for descrever minha convivência com pastores e diáconos mentirosos o espaço aqui não caberia, estes coitados é o tempo todo dedurando seus pares na esperança de serem pastores ou coordenadores alcançando o tão sonhado status de todo poderoso. A irmã do grupo de interseção chega dá dó são as fofoqueiras mor, não tem o mínimo de credibilidade e acham que tem a prerrogativa de conduzirem a vida particular dos irmãos, estas articulam e desarticulam casamentos, namoros, amizades, etc, com supostos dons, não obstante a isto bajulam os pastores com o fito de dominarem o ambiente demonstrando a força que elas tem. Sem mais delongas, quero informar aqueles obreiros e diáconos que desejam ser pastor saiba que se eles identificarem em você qualquer traço arredio que não lhes permita dominá-lo pela força do não pensamento, esquece você não faz o perfil deles e será relegado ao ostracismo que é o lugar reservado na ICM para os que têm caráter e personalidade, que não mente, não bajula, não persegue, não fofoca, lê a bíblia, etc. CV, gostaria que você publicasse todos os comentários contrários ao meu, principalmente dos alienados, vamos ver se tem consistência diante do que eu vou lhes falar.
Explicando, estou anônimo somente para resguardar minha família, eles são perseguidores implacáveis. Eu não tenho medo de niguém.

from http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2012/02/decididamente-nao-ficarei-no-ninho/

comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s